Otite média em bebés e crianças

Otite média em bebés e crianças

Noções básicas

Descrição

Em crianças e bebés, uma infecção do ouvido médio ocorre frequentemente juntamente com uma constipação, gripe ou sarampo. Os vírus ou mesmo as bactérias entram no ouvido médio directamente através da trompa de Eustáquio (liga o ouvido e a garganta).

Aí podem multiplicar-se sem obstáculos e causar uma inflamação dolorosa da mucosa com derrame (derrame timpânico). Como a trompa de Eustáquio ainda é muito estreita nas crianças, ela incha rapidamente. O líquido inflamatório e o pus já não podem ser drenados.

As infecções do ouvido médio são encontradas principalmente em bebés até 1 ano e crianças dos 4-6 anos de idade.

Causas

Uma causa comum de infecção do ouvido médio é uma infecção cruzada da nasofaringe (NRR). Isto acontece através da trompa de Eustáquio. Este é um canal de ar que liga a cavidade do ouvido médio com o NRR e assegura a sua ventilação.

Em crianças, uma infecção respiratória ou amígdalas inflamadas são geralmente suficientes para causar otite média. As infecções crónicas das vias respiratórias superiores também podem ser a causa.

No caso de uma infecção viral, os agentes patogénicos são muitas vezes trazidos para o ouvido médio através do sangue.

Sintomas

Dor no ouvido é a característica mais característica. Os seguintes sintomas também podem estar presentes:

  • deficiência auditiva
  • Mau estado geral
  • Febre, calafrios
  • Diarreia
  • vómitos
  • Dizziness

Em bebés:

  • Puxar a orelha
  • gritante
  • consumo reduzido de líquidos
  • Febre

Muitas vezes há também uma ruptura do tímpano. A secreção sangrenta e o pus fluem para fora do ouvido, a dor subitamente diminui. A lesão no tímpano normalmente cicatriza nas 2 semanas seguintes.

Diagnóstico

O médico examina o ouvido doloroso com um otoscópio (funil de ouvido com luz). Se houver uma protuberância no tímpano, isso geralmente indica que o líquido se acumulou e que há um aumento da pressão no ouvido.

O médico também vai perguntar sobre as infecções das vias respiratórias superiores e a frequência das infecções dos ouvidos.

Se for uma infecção recorrente do ouvido médio, a audição da criança será testada. A mobilidade do tímpano também pode ser testada (timpanometria) para detectar um possível derrame timpânico.

Terapia

Terapia com medicamentos

O inchaço das mucosas deve ser primeiro tratado para que possa voltar ar suficiente para o ouvido médio. As gotas nasais podem ser usadas para este fim.

Os antibióticos são usados nos 2 primeiros LY, doença recorrente ou complicações. Nas crianças mais velhas, a decisão é do pediatra que trata dos doentes.

No caso de inflamação particularmente grave e recorrente ou derrame timpânico, um tubo é inserido no tímpano. O ouvido médio pode então ser ventilado novamente e o líquido pode drenar para fora.

A remoção das amígdalas faríngeas também pode ser útil.

Remédio caseiro

Deixe a criança dormir de lado à noite, com a orelha inflamada virada para cima.

Cataplasma de cebola: pode reduzir a inflamação, aliviar a dor e estimular a circulação sanguínea; cortar a cebola em pequenos pedaços, escaldar e drenar numa folha seca; colocar sobre a orelha afectada durante 1-2 horas.

Marcações de controle

Marque uma consulta com o seu pediatra para um check-up. O primeiro após 2 dias e outro após 2 semanas. Isto é para ter a certeza que a inflamação sarou.

Previsão

A acumulação de líquido numa infecção do ouvido médio pode afectar a audição.

Se a trompa de Eustáquio permanecer bloqueada por muito tempo, novas bactérias podem assentar e causar uma nova infecção.

A infecção pode também alastrar aos ossos adjacentes (mastoidite) com orelhas salientes, ou áreas avermelhadas atrás delas. Menos comuns são complicações como a meningite (meningite) ou a paralisia facial.

Se o ouvido médio for afectado por uma inflamação recorrente, o desenvolvimento da fala da criança pode ser retardado.

Prevenção

Se as gotas nasais forem usadas rapidamente durante um resfriado, a ventilação do ouvido médio melhora. Isto pode muitas vezes prevenir ou pelo menos reduzir a inflamação. No entanto, consulte um médico o mais cedo possível e mande examinar o seu filho a intervalos regulares.

Entretanto, há também a possibilidade de uma vacinação pneumocócica. O Streptococcus pneumoniae é frequentemente a causa de otite média purulenta.

Se já houver danos em uma orelha, o cuidado especial com a segunda orelha é de particular importância.

Mais conselhos:

  • Certifique-se de que o seu filho não põe nada no ouvido.
  • Limpe a orelha apenas na área externa, sem cotonetes! Ter tampas de cera mais profundas removidas por um pediatra.
  • Evite tomar banho se o seu filho estiver constipado.
  • Não deixe uma criança com frio entrar em correntes de ar com o cabelo molhado.
Medicamentos

Pesquise aqui a nossa extensa base de dados de medicamentos de A-Z, com efeitos e ingredientes.

Substâncias

Todas as substâncias activas com a sua aplicação, composição química e medicamentos em que estão contidas.

Doenças

Causas, sintomas e opções de tratamento para doenças e lesões comuns.

O conteúdo apresentado não substitui a bula original do medicamento, especialmente no que diz respeito à dosagem e efeito dos produtos individuais. Não podemos assumir qualquer responsabilidade pela exactidão dos dados, uma vez que os dados foram parcialmente convertidos automaticamente. Um médico deve ser sempre consultado para diagnósticos e outras questões de saúde. Mais informações sobre este tópico podem ser encontradas aqui.