Broncho-Vaxom Infantil

Código ATC
J07AX
Medikamio Hero Image

OM Pharma, S.A.

Narcótica Psicotrópica
Não Não
Grupo farmacológico Vacinas bacterianas

Anúncio

Tudo para saber

Autor

OM Pharma, S.A.

O que é e como se utiliza?

Broncho-Vaxom é um lisado polibacteriano liofilizado.

Broncho-Vaxom está indicado:
Na prevenção da recorrência de infecções das vias respiratórias superiores e inferiores em adultos e crianças.
Na diminuição dos episódios agudos nas exacerbações da bronquite crónica e Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC) moderada nos adultos.

Anúncio

O que se deve tomar em consideração antes de utilizá-lo?

Não tome Broncho-Vaxom se tem:

  • Alergia (hipersensibilidade) à substância activa ou a qualquer outro componente deBroncho-Vaxom.
  • Doenças auto-imunes.
  • Infecções gastrointestinais agudas.
  • Idade inferior a 1 ano.

Tome especial cuidado com Broncho-Vaxom
O tratamento deve ser interrompido em caso de febre alta (acima de 39ºC, isolada) especialmente no início do tratamento. Os cuidadores devem ser informados sobre este possível efeito indesejável, o qual deve ser distinguido da febre de infecções respiratórias superiores.
Em doentes com predisposição para a asma podem ocorrer ataques de asma durante a administração de Broncho-Vaxom. Nestes casos, o medicamento não deve voltar a ser administrado.

Ao tomar Broncho-Vaxom com outros medicamentos
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica. Recomenda-se um intervalo de 4 semanas entre o fim da administração do Broncho-Vaxom e a administração de vacinas. O tratamento com imunossupressores pode influenciar o efeito do Broncho-Vaxom.

Ao tomar Broncho-Vaxom com alimentos e bebidas
Nenhuma interacção conhecida até ao momento.
Broncho-Vaxom pode ser misturado com uma bebida, tal como água, chá, sumo de fruta ou leite.

Gravidez e aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento. Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver grávida, ou se pensar que pode estar grávida, ou se estiver a amamentar, antes de iniciar o tratamento com este medicamento. Broncho-Vaxom não deve ser administrado na gravidez.e as mulheres que tomam Broncho-Vaxom não devem amamentar, apesar de os estudos realizados em animais não terem demonstrado efeitos no desenvolvimento do embrião ou feto.

Como é utilizado?

Tomar Broncho-Vaxom sempre de acordo com as indicações do médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas. Broncho-Vaxom é tomado por via oral e deve ser tomado de manhã em jejum com algum líquido (água, chá, sumo de fruta, leite, etc.). Se existir dificuldade na deglutição das cápsulas, estas podem ser abertas e o seu conteúdo pode ser tomado com um líquido.

Se for necessário tomar antibiótico, é aconselhável que o mesmo seja iniciado no começo do tratamento.

A dose usual é a seguinte:

Adultos:
Prevenção da recorrência de infecções das vias respiratórias superiores e inferiores: 1 cápsula (7mg) por dia durante 10 dias consecutivos por mês, com intervalos de 20 dias

de interrupção, durante 3 meses consecutivos.

Episódios agudos nas exacerbações da bronquite crónica e DPOC moderada: 1 mês de tratamento: 1 cápsula (7mg) por dia, 30 dias consecutivos.
O tratamento pode ser reforçado coma prevenção, como acima descrito, após um mês de intervalo.

Crianças (com mais de 12 meses):
Prevenção da recorrência de infecções das vias respiratórias superiores e inferiores: 1 cápsula (3,5mg) ou 1 saqueta (3,5mg) por dia, durante 10 dias consecutivos por mês, com intervalos de 20 dias de interrupção, durante 3 meses consecutivos.

Se tomar mais Broncho-Vaxom do que deveria
Se tomar mais Broncho-Vaxom do que deveria, informe imediatamente o seu médico ou farmacêutico.

Caso se tenha esquecido de tomar Broncho-Vaxom
Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Se parar de tomar Broncho-Vaxom
Consulte o seu médico ou farmacêutico.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Quais são os possíveis efeitos secundários?

Como todos os medicamentos, Broncho-Vaxom pode causar efeitos secundários; no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

Os efeitos secundários conhecidos são:
Muito frequentes: distúrbios gástricos;
Frequentes: náuseas, vómitos, diarreia, dor abdominal, reacções da pele (rash e vermelhidão), dores de cabeça, dormência (parestesia), nevralgia e febre; Pouco frequentes, angioedema, urticária, dificuldade em respirar (dispneia), tosse, asma e cansaço;
Raros: agravamento da febre (superior a 39ºC), reacções alérgicas.

A maioria destes sintomas são passageiros; se persistirem, deve interromper o tratamento e consultar o seu médico.

Broncho-Vaxom pode causar reacções cutâneas raras mas graves. No caso do aparecimento de uma reacção cutânea, pare o tratamento e consulte o seu médico.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários

não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou o seu farmacêutico.

Como deve ser guardado?

Conservar a temperatura inferior a 25°C.
Conservar na embalagem de origem para proteger da humidade.

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não usar Broncho-Vaxom após o prazo de validade impresso na embalagem após VAL. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita. Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

Mais informações

Qual a composição de Broncho-Vaxom

A substância activa é um lisado bacteriano de Haemophilus influenzae, Streptococcus (Diplococcus) pneumoniae, Klebsiella pneumoniae, Klebsiella ozaenae, Staphylococcus aureus, Streptococcus pyogenes, Streptococcus viridans, Neisseria catarrhalis.

Os outros componentes são
Cápsulas: galhato de propilo (E 310), glutamato de sódio, manitol, amido de milho pré-gelificado, estearato de magnésio e os componentes da cápsula (gelatina, dióxido de titânio (E 171), indigotina (E 132)).
Granulado: galhato de propilo (E 310), glutamato de sódio, manitol, amido de milho pré-gelificado, trissilicato de magnésio, estearato de magnésio.

Qual o aspecto de Broncho-Vaxom e conteúdo da embalagem

Broncho-Vaxom Adulto 7mg cápsula:
Cápsula n.º3. Cabeça e corpo azul opaco, contendo pó ligeiramente bege.

Broncho-Vaxom Infantil 3,5mg cápsula:
Cápsula n.º3. Cabeça azul opaco e corpo branco opaco, contendo pó ligeiramente bege

Broncho-Vaxom 3,5mg granulado:
Granulado ligeiramente bege.

Broncho-Vaxom Adulto cápsulas: Caixas de cartolina contendo 30 ou 60 cápsulas, em blisters de 10 cápsulas.

Broncho-Vaxom Infantil cápsulas: Caixas de cartolina contendo 30 cápsulas, em blisters de 10 cápsulas.

Broncho-Vaxom granulado: Caixas de cartolina contendo 30 saquetas.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

OM Pharma S.A.
R. da Indústria, 2 ? Quinta Grande
2610-088 Amadora ? Lisboa - Portugal
Tel.: +351 21 470 85 00
Fax.: +351 21 470 85 06
e-mail: mailbox@ompharma.pt

Este folheto foi aprovado pela última vez em

O seu assistente pessoal de medicamentos

Medicamentos

Pesquise aqui a nossa extensa base de dados de medicamentos de A-Z, com efeitos e ingredientes.

Substâncias

Todas as substâncias activas com a sua aplicação, composição química e medicamentos em que estão contidas.

O conteúdo apresentado não substitui a bula original do medicamento, especialmente no que diz respeito à dosagem e efeito dos produtos individuais. Não podemos assumir qualquer responsabilidade pela exactidão dos dados, uma vez que os dados foram parcialmente convertidos automaticamente. Um médico deve ser sempre consultado para diagnósticos e outras questões de saúde. Mais informações sobre este tópico podem ser encontradas aqui.

This website is certified by Health On the Net Foundation. Click to verify.