Flomin

Código ATC
G04BD
Flomin

Astellas Farma, Lda.

Narcótica
Não
Grupo farmacológico Urologicais

Anúncio

Tudo para saber

Titular da autorização

Astellas Farma, Lda.

O que é e como se utiliza?

A substância activa do Flomin pertence ao grupo dos anticolinérgicos. Estes medicamentos são utilizados para reduzir a actividade da bexiga hiperactiva. Isto permite-lhe esperar mais tempo antes de ir à casa de banho e aumenta a quantidade de urina que pode aguentar na sua bexiga.

O Flomin é utilizado para tratar os sintomas de uma condição chamada de bexiga hiperactiva. Estes sintomas incluem: ter uma forte e súbita vontade de urinar sem um aviso prévio, ter de urinar frequentemente ou ficar molhada porque não chegou à casa de banho a tempo.

Anúncio

O que se deve tomar em consideração antes de utilizá-lo?

Não tome Flomin:

  • se tiver dificuldade em urinar ou em esvaziar completamente a sua bexiga (retençãourinária)
  • se tem uma condição grave no estômago ou intestino (incluindo megacólon tóxico,uma complicação associada a colite ulcerosa)
  • se sofre de doença muscular chamada miastenia grave, que pode causar uma grandefraqueza em alguns músculos
  • se sofre de aumento de pressão nos olhos, com a perda gradual da visão (glaucoma) se é alérgico (hipersensível) à solifenacina ou a qualquer outro ingrediente do Flomin; se está sujeito a diálise renal; se sofre de doença grave do fígado;
  • se sofre de uma doença renal grave ou de uma doença moderada do fígado. E ao mesmo tempo está a ser tratado com medicamentos que possam diminuir a remoção do Flomin do seu corpo (por exemplo, o cetoconazol). O seu médico ou farmacêutico tê-lo-á informado se for o caso.

Informe o seu médico se tem ou alguma vez teve os problemas mencionados anteriormente antes de iniciar o tratamento com o Flomin.

Tome especial cuidado com Flomin:
se tem dificuldade em esvaziar a sua bexiga (= obstrução da bexiga) ou se tem dificuldade em urinar (por exemplo, um fluxo de urina fraco). O risco de acumulação de urina na bexiga (retenção urinária) será muito mais elevado.
Se tem alguma obstrução no aparelho digestivo (prisão de ventre).
Se estiver em risco do seu aparelho digestivo abrandar (movimentos do estômago e intestino). O seu médico tê-lo-á informado se for o caso.
Se sofre de uma doença renal grave.
Se tem uma doença moderada do fígado.
Se sofre de problemas do estômago (hérnia do hiato) ou azia.
Se tem problemas no sistema nervoso (neuropatia autonómica).

O Flomin não deve ser administrado em crianças e adolescentes com idade inferior a 18 anos.

Informe o seu médico se tem ou alguma vez teve os problemas mencionados anteriormente antes de iniciar o tratamento com o Flomin.

Antes de iniciar o tratamento com o Flomin, o seu médico irá avaliar se existem outras causas para a sua necessidade de urinar com frequência (por exemplo, insuficiência cardíaca (insuficiente bombeamento do coração) ou doença renal). Se tem uma infecção no tracto urinário, o seu médico prescrever-lhe-á um antibiótico (um tratamento específico contra as infecções bacterianas).

Ao tomar Flomin com outros medicamentos
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

É muito importante informar o seu médico se está a tomar:

  • outros medicamentos anticolinérgicos, os efeitos e efeitos secundários de ambos osmedicamentos podem ser aumentados.
  • Colinérgicos pois podem reduzir o efeito do Flomin.
  • Medicamentos, como a metoclopramida e o cisapride, que fazem o sistema digestivo trabalhar mais rapidamente. O Flomin pode reduzir os seus efeitos.
  • Medicamentos, como o cetoconazol, o ritonavir, o itraconazol, o verapamil e o diltiazem, que diminuem a taxa com que o Flomin é transformado no corpo.
  • Medicamentos como a rifampicina, a fenitoína e a carbamazepina, que podem aumentar a taxa com que o Flomin é transformado no corpo.
  • Medicamentos como os bisfosfonatos, que podem causar ou agravar uma inflamação no esófago (esofagite).

Ao tomar Flomin com alimentos e bebidas:
O Flomin pode ser tomado com ou sem alimentos, de acordo com a sua preferência.

Gravidez e aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento. Não tome o Flomin se está grávida, a não ser que seja estritamente necessário. Não tome o Flomin se estiver a amamentar porque a solifenacina pode ser excretada no leite materno.

Condução de veículos e utilização de máquinas
O Flomin pode provocar visão turva e por vezes sonolência ou fadiga. Se sentir um desses efeitos secundários, não conduza ou manipule máquinas.

Informações importantes sobre alguns ingredientes do Flomin:
Flomin contém lactose. Se o seu médico lhe disse que tem um problema hereditário raro de intolerância à galactose, deficiência de lactase de Lapp ou malabsorção de glucose-galactose não deve tomar este medicamento.

Como é utilizado?

Instruções para uma utilização adequada
Tomar Flomin sempre de acordo com as indicações do médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

Deve engolir o comprimido inteiro com algum líquido. Pode ser ingerido com ou sem alimentos, de acordo com a sua preferência. Não esmague o comprimido.

A dose recomendada é 5 mg por dia, a não ser que o seu médico o tenha instruído a tomar 10 mg por dia.

Se tomar mais Flomin do que deveria:
Se tomou demasiado Flomin ou se, por acidente, uma criança tomou acidentalmente Flomin, contacte imediatamente o seu médico ou farmacêutico.

Os sintomas da sobredosagem podem ser: dor de cabeça, boca seca, tonturas, sonolência e visão turva, ver coisas que não existem (alucinações), excitação pronunciada, ataques (convulsões), dificuldade em respirar, elevado ritmo cardíaco (taquicardia), acumulação de urina na bexiga (retenção urinária) e dilatação das pupilas (midríase).

Caso se tenha esquecido de tomar Flomin:
Se se esqueceu de tomar a dose à hora habitual, tome assim que se lembrar, a não ser que seja hora de tomar a próxima dose. Não tome mais do que uma dose por dia. Em caso de dúvida, consulte sempre o seu médico ou farmacêutico.

Se parar de tomar o Flomin
Se parou de tomar o Flomin, os seus sintomas de bexiga hiperactiva podem voltar ou piorar. Consulte sempre o seu médico, se considera parar o tratamento.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Quais são os possíveis efeitos secundários?

Como todos os medicamentos, o Flomin pode causar efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

O Flomin pode causar os seguintes:
Efeitos secundários muito frequentes (podendo afectar mais de 1 em 10 doentes):

  • boca seca

Efeitos secundários frequentes (podendo afectar mais de 1 em 100 e menos de 1 em 10 doentes)

  • visão turva
  • prisão de ventre, náusea, indigestão com sintomas como a sensação de enfartamentoabdominal, dor abdominal, arroto (eructação), náusea e azia (dispepsia), desconforto no estômago.

Efeitos secundários pouco frequentes (podendo afectar mais de 1 em 1 000 e menos de 1 em 100 doentes)

  • infecção do tracto urinário, infecção na bexiga
  • sonolência
  • diminuição de sensação do paladar (disgeusia)
  • olhos secos (irritados)
  • fossas nasais secas
  • doença de refluxo (refluxo gastro-esofágico)
  • garganta seca
  • pele seca
  • dificuldades a urinar
  • cansaço
  • acumulação de líquidos na parte inferior das pernas (edema)

Efeitos secundários raros (podendo afectar mais de 1 em 10 000 e menos de 1 em 1 000 doentes)

  • acumulação de uma grande quantidade de fezes endurecidas no intestino grosso (oclusão fecal)
  • acumulação de urina na bexiga devido à incapacidade de esvaziar a bexiga (retenção urinária).

Efeitos secundários muito raros (podendo afectar menos de 1 em 10 000 doentes )

  • alucinações, confusão
  • tonturas, dores de cabeça
  • alterações na actividade eléctrica do coração (ECG), batimentos cardíacos irregulares (Torsade de Pointes)
  • vómitos
  • comichão, erupção cutânea, urticária

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Como deve ser guardado?

O medicamento não necessita de quaisquer precauções especiais de conservação.

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não utilize o Flomin após expirar o prazo de validade indicado na embalagem depois de VAL. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Mais informações

Qual a composição de Flomin

  • a substância activa é succinato de solifenacina, 5 mg ou 10 mg.
  • os outros componentes são: amido de milho, lactose, hipromelose (E464), estearato demagnésio, macrogol, talco, dióxido de titânio (E171) e óxido de ferro (E172).

Qual o aspecto de Flomin e conteúdo da embalagem
Os comprimidos de Flomin 5 mg são redondos, amarelos claro e marcados com o logótipo da companhia e o código ?150? na mesma face.

Os comprimidos Flomin 10 mg são redondos, cor-de-rosa claro e marcados com o logótipo da companhia e o código ?151? na mesma face.
Os comprimidos Flomin são fornecidos em blisters de 3, 5, 10, 20, 30, 50, 60, 90 ou 100 comprimidos.

É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Astellas Farma, Lda.
Rua José Fontana, nº 1, 1º andar
2770-101 Paço de Arcos
Portugal

Fabricante

Astellas Pharma Europe BV
Elisabethhof 19
2353 EW Leiderdorp
Países Baixos

Este medicamento encontra-se autorizado nos Estados Membros do Espaço Económico Europeu (EEE) sob as seguintes denominações:

Países Baixos e Portugal: Flomin
Itália: Astrif

Este folheto foi aprovado pela última vez em

O seu assistente pessoal de medicamentos

Medicamentos

Pesquise aqui a nossa extensa base de dados de medicamentos de A-Z, com efeitos e ingredientes.

Substâncias

Todas as substâncias activas com a sua aplicação, composição química e medicamentos em que estão contidas.

Doenças

Causas, sintomas e opções de tratamento para doenças e lesões comuns.

O conteúdo apresentado não substitui a bula original do medicamento, especialmente no que diz respeito à dosagem e efeito dos produtos individuais. Não podemos assumir qualquer responsabilidade pela exactidão dos dados, uma vez que os dados foram parcialmente convertidos automaticamente. Um médico deve ser sempre consultado para diagnósticos e outras questões de saúde. Mais informações sobre este tópico podem ser encontradas aqui.

This website is certified by Health On the Net Foundation. Click to verify.