Metamizol Cinfa

Código ATC
N02BB02
Metamizol Cinfa

Cinfa Portugal, Lda.

Substância(s)
Metamizol sódico
Narcótica
Não
Grupo farmacológico Outros analgésicos e antipiréticos

Anúncio

Tudo para saber

Titular da autorização

Cinfa Portugal, Lda.

O que é e como se utiliza?

Grupo farmacoterapêutico: 2.10 - Analgésicos e antipiréticos.
Código ATC: N02BB ? PIRAZOLONAS.

O metamizol magnésico, a substância activa do Metamizol CINFA 575 mg Cápsulas, é um derivado pirazolónico não narcótico que possui acção analgésica, antipirética e espasmolítica. O seu mecanismo de acção não está completamente esclarecido. Alguns dados indicam que o metamizol e o seu metabolito principal (4-N-metilamino-antipirina) poderão ter um mecanismo de acção combinado a nível central e periférico. Em doses supraterapêuticas verifica-se um efeito antiflogístico que poderá resultar da inibição da síntese das prostaglandinas.

Metamizol CINFA 575 mg Cápsulas está indicado no tratamento de:
Dor aguda no período pós-operatório ou pós-traumático.
Dores espasmódicas.
Febre alta que não responde a outras terapêuticas antipiréticas.
Dor tumoral.

Anúncio

O que se deve tomar em consideração antes de utilizá-lo?

Não tome Metamizol CINFA 575 mg Cápsulas:

Metamizol CINFA não deve ser administrado a doentes com reconhecida hipersensibilidade à substância activa, o metamizol magnésico, ou a qualquer dos excipientes da formulação.

Metamizol CINFA 575 mg Cápsulas não deve ser administrado a doentes com história de reacções de hipersensibilidade, nomeadamente anafilaxia ou agranulocitose, em associação com

  • metamizol ou outros derivados da pirazolona (isopropilaminofenazona, propifenazona,fenazona ou fenilbutazona).

Com vista a possível sensibilidade cruzada, o Metamizol CINFA 575 mg Cápsulas está contra-indicado em doentes que já tenham experimentado sintomas de: asma, rinite ou urticária, depois da administração de ácido acetilsalicílico, paracetamol e anti-inflamatórios não esteróides (AINE's).

Metamizol CINFA 575 mg Cápsulas não deve ser administrado em casos de porfiria intermitente aguda ou deficiência congénita da glucose-6-fosfato-desidrogenase.

Tome especial cuidado com Metamizol CINFA 575 mg Cápsulas:
Doentes que possuam perturbações pré-existentes da hematopoiese (ex: tratamento com citostáticos) só devem utilizar o Metamizol CINFA 575 mg Cápsulas sob supervisão médica.

São necessários cuidados especiais em doentes com valores de pressão sistólica inferiores a 100 mm Hg e em doentes com circulação instável (ex: após enfarte do miocárdio, lesões múltiplas e choque inicial).

O tratamento deve ser imediatamente interrompido se surgirem sinais ou sintomas sugestivos de:
Anafilaxia: respiratórios: tumefação das mucosas, rouquidão, estridor, sibilo; cardiovasculares: taquicárdia, hipotensão; cutâneos: prurido, urticária, angioedema;
Agranulocitose: sinais e/ou sintomas sugestivos ou consistentes com infecção.

Os doentes deverão ser informados sobre este facto e avisados para interromperem imediatamente o tratamento com metamizol e consultarem de imediato o seu médico se desenvolverem os sintomas descritos.

  • Face aos riscos associados à utilização de metamizol, os beneficios que podem ser esperados deverão ser equacionados contra os potenciais riscos, tendo em vista as alternativas terapêuticas.
  • Os doentes que sofreram uma reacção de hipersensibilidade com o metamizol não devem ser reexpostos a este fármaco.

Gravidez e aleitamento:
Metamizol CINFA 575 mg Cápsulas não deve ser administrado durante o primeiro e último trimestre da gravidez. No segundo trimestre, só deverá ser administrado após avaliação cuidadosa do binómio risco/beneficio.

Os metabolitos do metamizol são excretados no leite materno. O aleitamento nas primeiras 48 h após a administração do Metamizol CINFA 575 mg Cápsulas deve ser evitado.

Condução de veículos e utilização de máquinas:
Não está descrito qualquer efeito deste medicamento sobre a capacidade de condução e utilização de máquinas.

Tomar Metamizol CINFA 575 mg Cápsulas com outros medicamentos
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.

Se o Metamizol CINFA 575 mg Cápsulas for administrado simultaneamente com a ciclosporina, os níveis sanguíneos desta podem ser reduzidos devendo por isso proceder-se à sua monitorização.

Os efeitos do álcool e do Metamizol CINFA 575 mg Cápsulas podem interferir entre si quando administrados em simultâneo.

Em caso de dúvida, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Como é utilizado?

Tome Metamizol CINFA 575 mg Cápsulas sempre de acordo com as instruções do seu médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

Posologia e modo de administração
1 cápsula, 3 ou 4 vezes por dia.

Se tomar mais Metamizol CINFA 575 mg Cápsulas do que o deveria:

Sintomas

Informação detalhada sobre sinais/sintomas associados a doses excessivas de metamizol não está disponível. Foram referidos vómitos, hipotensão e sonolência.

Tratamento

Não se conhece nenhum antídoto específico. Em caso de sobredosagem após administração oral são possíveis as seguintes medidas: lavagem gástrica e vómito forçado. Acelerar a excreção por meio de diurese forçada ou dialise poderá ser considerado (o metamizol é dialisável). Vigilância cuidadosa das funções vitais é recomendável e medidas gerais devem ser tomadas de acordo com o necessário.

Quais são os possíveis efeitos secundários?

Como os demais medicamentos, Metamizol CINFA 575 mg Cápsulas pode ter efeitos secundários.
Os doentes em tratamento com metamizol encontram-se em risco aumentado de desenvolver reacções anafiláticas e agranulocitose. O aparecimento destas reacções pode ocorrer a qualquer momento e não parece depender da dose.

Casos raros de reacções de hipersensibilidade incluindo choque anafilático foram notificados. Tais reacções podem ocorrer imediatamente ou durante a primeira hora após a administração do metamizol. Neste caso, o tratamento apropriado deverá ser iniciado assim que os sinais/sintomas de anafilaxia aparecerem.

Em casos raros, o metamizol pode induzir agranulocitose. Se ocorrerem durante o tratamento sintomas de agranulocitose tais como, febre alta, arrepios, dores de garganta, dificuldades de deglutição, inflamação da boca, nariz e garganta, ou, inflamação da região genital ou anal, este deve ser interrompido imediatamente e o médico deve ser consultado.

Ocorreram casos raros de trombocitopénia.

Podem ocorrer reacções de hipersensibilidade da pele e das membranas mucosas. Muito raramente, foram descritas reacções cutâneas graves ou inclusivamente fatais, geralmente implicando as membranas mucosas (Síndrome de Stevens-Johnson, síndrome de Lyell), relacionadas com a administração de medicamentos contendo metamizol. Se tais reacções ocorrerem, deve-se descontinuar imediatamente a administração de Metamizol CINFA 575 mg Cápsulas e consultar um médico.

Têm sido ocasionalmente referidas alterações renais com oligúria ou anúria, proteinúria e nefrite intersticial, especialmente em doentes desidratados, doentes com antecedentes de perturbações renais ou em caso de sobredosagem.

Após administração de doses elevadas de Metamizol CINFA 575 mg Cápsulas, a excreção do ácido rubazónico, metabolito inofensivo do metamizol, pode provocar uma coloração avermelhada da urina, que desaparece com a suspensão do tratamento.

Caso ocorram efeitos secundários não descritos neste folheto, comunique-os ao seu médico ou farmacêutico.

Como deve ser guardado?

Não utilize Metamizol CINFA 575 mg Cápsulas após expirar o prazo de validade indicado na embalagem.

MANTER FORA DO ALCANCE E DA VISTA DAS CRIANÇAS
MEDICAMENTO SUJEITO A RECEITA MÉDICA

Texto revisto em

O seu assistente pessoal de medicamentos

Medicamentos

Pesquise aqui a nossa extensa base de dados de medicamentos de A-Z, com efeitos e ingredientes.

Substâncias

Todas as substâncias activas com a sua aplicação, composição química e medicamentos em que estão contidas.

Doenças

Causas, sintomas e opções de tratamento para doenças e lesões comuns.

O conteúdo apresentado não substitui a bula original do medicamento, especialmente no que diz respeito à dosagem e efeito dos produtos individuais. Não podemos assumir qualquer responsabilidade pela exactidão dos dados, uma vez que os dados foram parcialmente convertidos automaticamente. Um médico deve ser sempre consultado para diagnósticos e outras questões de saúde. Mais informações sobre este tópico podem ser encontradas aqui.

This website is certified by Health On the Net Foundation. Click to verify.