Norfloxacina Cinfa 400 mg Comprimidos

Código ATC
J01MA06
Norfloxacina Cinfa 400 mg Comprimidos

Cinfa Portugal, Lda.

Substância(s)
Norfloxacin
Narcótica
Não
Grupo farmacológico Antibacterianos de quinolona

Anúncio

Tudo para saber

Titular da autorização

Cinfa Portugal, Lda.

O que é e como se utiliza?

Esta infecção pode envolver a uretra, o colo do útero, o recto ou a garganta. Os sintomas de uma infecção na uretra podem incluir uma sensação de ardor durante o acto de urinar e/ou corrimento amarelo esverdeado. Os sintomas podem ser ligeiros a graves.

É muito importante que se trate este tipo de infecção, já que pode originar complicações graves, tais como infecção das trompas.

Anúncio

O que se deve tomar em consideração antes de utilizá-lo?

Não tome Norfloxacina Cinfa
-se tem alergia (hipersensibilidade) à norfloxacina ou a qualquer outro componente de Norfloxacina Cinfa ou a outros antibióticos do mesmo grupo (quinolonas).
-se tiver antecedentes de lesões tendinosas induzidas por quinolonas.

Tome especial cuidado com Norfloxacina Cinfa
Comunique ao seu médico quaisquer problemas de saúde de que sofra actualmente ou de que tenha sofrido, particularmente:
-se teve alergia a antibióticos.
-se sofre ou tem predisposição para convulsões.
-se tem problemas renais.
-se tem problemas hepáticos. Neste caso, a dose a tomar deverá ser ajustada pelo seu médico de acordo com o grau da disfunção hepática.
-se tem isquemia miocárdica aguda (falta de oxigénio no músculo cardíaco), pois existe risco de arritmia associado à utilização de quinolonas.

Antes de tomar Norfloxacina Cinfa
Problemas cardíacos
Deve ter precaução quando usa este tipo de medicamentos se nasceu com, ou tem na sua família, prolongamento do intervalo QT (perceptível no ECG, um registo eléctrico da actividade do coração), tem um desequilíbrio de sais minerais no sangue (especialmente níveis baixos de potássio ou magnésio), tem um ritmo cardíaco muito lento (chamado "bradicardia"), tem um coração fraco (insuficiência cardíaca), já teve algum ataque cardíaco (enfarte do miocárdio), é mulher ou idoso, ou se está a tomar outros medicamentos que

possam levar a alterações no ECG (ver secção "Ao tomar Norfloxacina Cinfa com outros medicamentos").

Utilização em crianças
A Norfloxacina Cinfa não deve ser tomada por crianças nem antes dos 18 anos de idade.

Durante o tratamento deverá evitar a exposição prolongada ou excessiva ao sol, uma vez que já se verificaram, em alguns casos, reacções cutâneas de fotossensibilidade, porque a pele se tornou mais sensível à luz solar.

Associadas à terapêutica com fluoroquinolonas ocorreram tendinites e rupturas de tendão (particularmente do tendão de Aquiles). Estas reacções foram particularmente notadas em doentes idosos e na terapêutica concomitante com corticosteróides. Aos primeiros sinais de dor ou inflamação o tratamento deve ser interrompido e o membro afectado mantido em repouso.
Se os sintomas envolverem o tendão de Aquiles devem ser tomadas medidas que assegurem que não ocorra ruptura de ambos os tendões (por exemplo, ambos devem suportados com um apoio ortopédico adequado).

Ao tomar Norfloxacina Cinfa com outros medicamentos
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica, particularmente os seguintes:
-probenecide.

  • nitrofurantoína.-teofilina (medicamento dilatador dos brônquios). -ciclosporina (supressor da imunidade). -varfarina ou seus derivados (medicamentos anticoagulantes). -antiácidos ou sucralfato: não tome estes medicamentos ao mesmo tempo, nem nas duas horas seguintes à administração de Norfloxacina Cinfa, pois podem diminuir a sua eficácia. -gliburide (sulfonilureia). -suplementos de ferro ou zinco e ou multivitamínicos que contenham estes sais: não tome estes medicamentos ao mesmo tempo que Norfloxacina Cinfa, pois podem diminuir a sua eficácia. -cafeína: o efeito da cafeína pode ser prolongado em presença da Norfloxacina Cinfa. -fenbufeno (medicamento anti-inflamatório não esteróide). -corticosteróides. -didanosida. -vacina viva para a febre tifóide: não tome Norfloxacina Cinfa nas 24 horas anteriores à administração da vacina, pois a norfloxacina pode interferir com a resposta imunológica ao tratamento. -A norfloxacina inibe o CYP 1A2 o que pode determinar o aumento das concentrações séricas de outras substâncias administradas concomitantemente e também metabolizadas por esta enzima (por exemplo, teofilina, clozapina, tacrina, ropinirol, tizanidina). Os doentes que tomam estas substâncias concomitantemente com a norfloxacina deverão ser cuidadosamente vigiados relativamente aos sinais clínicos de sobredosagem, podendo revelar-se necessária a monitorização sérica, especialmente no caso da teofilina.

Deve informar o seu médico se estiver a tomar qualquer outro medicamento que possa alterar

  • seu ritmo cardíaco: medicamentos da classe dos anti-arrítmicos (ex.: quinidina,

hidroquinidina, disopiramida, amiodarona, sotalol, dofetilida, ibutilida), antidepressivos tricíclicos, alguns agentes microbianos (pertencentes à classe dos macrólidos), alguns antipsicóticos.

Gravidez e aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Gravidez
A segurança de norfloxacina em grávidas não foi ainda estabelecida. Se engravidou ou planeia engravidar, avalie com o seu médico os possíveis riscos e benefícios deste tratamento durante a gravidez.

Amamentação
Uma vez que muitos medicamentos passam para o leite materno, deverá consultar o seu médico no caso de estar a amamentar ou pretender amamentar.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Dado que Norfloxacina Cinfa pode provocar tonturas em alguns doentes, deverá verificar primeiro até que ponto tolera o medicamento, antes de conduzir ou trabalhar com máquinas, ou antes de iniciar outras actividades que exijam atenção especial ou coordenação motora.

Informações importantes sobre alguns componentes de Norfloxacina Cinfa
Lactose: Este medicamento contém lactose mono-hidratada. Se foi informado pelo seu médico que tem intolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento. Óleo de rícino: Este medicamento contém óleo de rícino hidrogenado como excipiente, podendo causar distúrbios no estômago e diarreia.

Como é utilizado?

Tomar Norfloxacina Cinfa sempre de acordo com as indicações do médico. O seu médico decidirá qual a dose apropriada para si, consoante a sua doença e os medicamentos que estiver a tomar na altura. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

Cumpra rigorosamente as recomendações do seu médico sobre a dosagem e duração do tratamento.

A Norfloxacina Cinfa pode ser tomada com um copo de água 1 hora antes ou 2 horas depois de uma refeição ou ingestão de leite.

A Norfloxacina Cinfa não deve ser tomada com suplementos de ferro ou com multivitamínicos que contenham sucralfato.

Estes medicamentos só deverão ser tomados 2 horas depois de ter tomado Norfloxacina Cinfa.

Infecções urinárias
A dose habitual para tratamento de infecções urinárias não complicadas (por exemplo, cistites) e provocadas por alguns microrganismos (Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae e Proteus mirabilis) é de 1 comprimido de 400 mg, duas vezes por dia, durante três dias. Se a infecção urinária reaparecer, o seu médico poderá receitar-lhe Norfloxacina Cinfa para um

tratamento que poderá durar até doze semanas. No caso de infecções urinárias provocadas por outros agentes, a dose recomendada é de 400 mg, 2 vezes por dia, durante 7 a 10 dias.

Em infecções urinárias complicadas, a dose recomendada é de 400 mg, 2 vezes por dia, durante 10 a 21 dias.

No caso da prostatite crónica, a duração de tratamento recomendada é de quatro semanas.

É muito importante que siga as instruções do seu médico, principalmente no que se refere à duração do tratamento, para eliminar completamente a sua infecção. Não altere a posologia nem interrompa o tratamento, mesmo que comece a sentir-se melhor após as primeiras doses.

A dose de norfloxacina máxima diária recomendada é de 800 mg/dia, sendo necessário efectuar análises de controlo à urina para pesquisa da presença de cristais em doentes a fazer posologia com doses superiores à recomendada.

Gastroenterite
A dose habitual para tratamento de uma gastroenterite (inflamação do estômago e intestinos) é de 1 comprimido, duas vezes por dia, durante cinco dias.

Gonorreia
A dose habitualmente recomendada é de 2 comprimidos, tomados de uma só vez.

Febre Tifóide
A dose habitual é de 1 comprimido, três vezes por dia, durante catorze dias.

Prevenção de infecções em doentes com baixo número de glóbulos brancos A dosagem e duração do tratamento serão determinadas pelo seu médico, conforme o seu caso.

Prevenção de gastroenterite
Para prevenir infecções bacterianas do estômago ou dos intestinos, no caso de viajar para locais onde há forte possibilidade de ocorrer infecção do estômago (gastroenterite), recomenda-se normalmente 1 comprimido de Norfloxacina Cinfa por dia. O tratamento preventivo deverá começar 24 horas antes de chegar ao local e continuar até 48 horas após saída das áreas onde essa infecção bacteriana é possível.

Caso tenha problemas hepáticos, a dose a tomar deverá ser ajustada pelo seu médico de acordo com o grau da disfunção.

Se tomar mais Norfloxacina Cinfa do que deveria
No caso de tomar uma dose excessiva, deve consultar imediatamente o seu médico.

Caso se tenha esquecido de tomar Norfloxacina Cinfa
Tente tomar Norfloxacina Cinfa 400 mg Comprimidos conforme receitado pelo seu médico, ou assim que se lembrar. No entanto, se estiver quase na hora de tomar a próxima dose, não o faça. Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar. Volte a tomar os comprimidos dentro do horário previsto.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Quais são os possíveis efeitos secundários?

Como todos os medicamentos, Norfloxacina Cinfa pode ter efeitos indesejáveis ou não intencionais, são chamados efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

A norfloxacina é geralmente bem tolerada. Os efeitos mais frequentes incluem náuseas, azia, secura de boca, dores de cabeça, tonturas, erupção cutânea, dores abdominais, cólicas, diarreia e cristais na urina. Foram também relatados tendinites e rupturas de tendão.

Raramente podem ocorrer outros efeitos secundários, alguns dos quais poderão ser graves, tais como, anorexia, irritabilidade, euforia, desorientação, alucinações, zumbidos, lacrimejo, diminuição dos glóbulos brancos e plaquetas e anemia em pacientes com deficiência de glucose-6-fosfato-desidrogenase, candidíase vaginal e toxicidade renal.

Sistema cardiovascular
Frequência desconhecida: ritmo cardíaco acelerado, ritmo cardíaco irregular potencialmente fatal, alterações no ritmo cardíaco (denominadas "prolongamento do intervalo QT", perceptível no ECG, um registo eléctrico da actividade do coração).

Pare o tratamento com Norfloxacina Cinfa e contacte o seu médico imediatamente, nos seguintes casos:
-se tiver reacções alérgicas, tais como inchaço da cara, língua, lábios e/ou garganta (com dificuldade em respirar ou engolir) ou se tiver urticária.
-se tiver reacções alérgicas ao nível da pele, incluindo reacção grave à exposição solar, tais como erupções, inchaços ou vesículas.
-se tiver dores nos tendões (tendinites e rupturas de tendão).
-se tiver agravamento dos sintomas da miastenia grave.
-se tiver quaisquer sinais de distúrbios mentais.

Peça ao seu médico ou ao seu farmacêutico informação mais detalhada sobre os efeitos secundários.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Como deve ser guardado?

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não são necessárias precauções especiais de conservação.
Não utilize Norfloxacina Cinfa após o prazo de validade impresso na embalagem exterior, após ?VAL.?. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita. Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

Medicamento sujeito a receita médica.

Mais informações

Qual a composição de Norfloxacina Cinfa
-A substância activa é a norfloxacina. Cada comprimido contém 400 mg de norfloxacina. -Os outros componentes são: Núcleo: lactose mono-hidratada, estearato de magnésio, óleo de rícino hidrogenado, hidroxipropilcelulose, crospovidona, carboximetilamido de sódio e Prosolv SMCC 90 (celulose microcristalina e sílica coloidal anidra). Revestimento: Opadry OY-L-28900 (lactose mono-hidratada, hipromelose, dióxido de titânio (E-171) e macrogol 400).

Qual o aspecto de Norfloxacina Cinfa e conteúdo da embalagem
A Norfloxacina Cinfa apresenta-se em embalagens de 2, 7, 14, 16, 20, 56 e 60 comprimidos revestidos.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado

Cinfa Portugal, Lda.
Av. Tomás Ribeiro, n.º43, Bloco 1 ? 4.ºB
Edifício Neopark
2790-221 Carnaxide

Fabricante:
Laboratorios Cinfa, S.A.
Olaz-Chipi, 10 ? Polígono Industrial Areta
31620 Huarte - Pamplona
Navarra - Espanha

Este folheto foi aprovado pela última vez em:

O seu assistente pessoal de medicamentos

Medicamentos

Pesquise aqui a nossa extensa base de dados de medicamentos de A-Z, com efeitos e ingredientes.

Substâncias

Todas as substâncias activas com a sua aplicação, composição química e medicamentos em que estão contidas.

Doenças

Causas, sintomas e opções de tratamento para doenças e lesões comuns.

O conteúdo apresentado não substitui a bula original do medicamento, especialmente no que diz respeito à dosagem e efeito dos produtos individuais. Não podemos assumir qualquer responsabilidade pela exactidão dos dados, uma vez que os dados foram parcialmente convertidos automaticamente. Um médico deve ser sempre consultado para diagnósticos e outras questões de saúde. Mais informações sobre este tópico podem ser encontradas aqui.

This website is certified by Health On the Net Foundation. Click to verify.