Ibustrin

Código ATC
B01AC10
Ibustrin

Laboratórios Pfizer

Medicamentos padrão Humano
Substância(s)
Indobufen
Narcótica
Não
Data de aprovação 29.01.1986
Grupo farmacológico Agentes antitrombóticos

Anúncio

Tudo para saber

Titular da autorização

Laboratórios Pfizer

O que é e como se utiliza?

Se não se sentir melhor ou se piorar, tem de consultar um médico.

Ibustrin é um fármaco inibidor da agregação plaquetária que está indicado no tratamento antiagregante das situações em que a hiperatividade ou a ativação plaquetária podem ter um papel determinante na formação do trombo, como por exemplo nas doenças dos vasos que afetam a circulação do coração ou cérebro (vasculopatias isquémicas cardíacas e cerebrais), nas doenças das artérias do tipo ateroscleróticas (arteriopatias periféricas sobre base aterosclerótica) e nas tromboses venosas.

Anúncio

O que se deve tomar em consideração antes de utilizá-lo?

Não utilize Ibustrin

  • se tem alergia (hipersensibilidade) à substância ativa ou a qualquer outro componente deste medicamento (indicados na secção 6).
  • se tem ou teve úlcera péptica com ou sem hemorragia digestiva

-se tem ou teve gastrite hemorrágica se tem ou teve insuficiência renal e/ou hepática grave

  • se tem facilmente hemorragias espontâneas (diátese hemorrágica)
  • se medicamentos como o ácido acetilsalicílico ou outros anti-inflamatórios não esteroides lhe provocam sintomas asmáticos, rinite ou urticária. Estes sintomas

podem surgir devido à sensibilidade cruzada que pode ocorrer entre estes medicamentos e o indobufeno.

Advertências e precauções

Fale com o seu médico ou farmacêutico antes de utilizar Ibustrin

- se tem ou já teve lesão gastrointestinal e toma outros medicamentos antiagregantes e anti-inflamatórios não esteroides. Se ocorrer dispepsia, isto é, dor na zona superior do abdominal ou azia (pirose), a dosagem deve ser reduzida ou o tratamento temporariamente interrompido.

  • se tem insuficiência renal. Neste caso a dosagem deve ser reduzida de acordo com o grau de insuficiência.
  • se ocorrerem reações alérgicas, tais como urticária, o tratamento deve ser suspenso.

Outros medicamentos e Ibustrin

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente, ou se vier a tomar outros medicamentos.

Devido ao elevado grau de ligação do indobufeno às proteínas plasmáticas há a possibilidade de provocar o deslocamento de outros fármacos ligados às proteínas. Por este motivo, nos doentes diabéticos em tratamento com hipoglicemiantes orais devem ser feitos controlos periódicos dos valores da glicemia.

Pelo mesmo motivo os efeitos dos anticoagulantes orais (derivados cumarínicos) e/ou da heparina podem ser intensificados.

O tempo de protrombina e outros testes de coagulação devem ser avaliados regularmente quando o indobufeno é administrado simultaneamente com estes fármacos.

Gravidez, amamentação e fertilidade

Se está grávida ou a amamentar, se pensa estar grávida ou planeia engravidar, consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento. Embora não tenham sido observadas lesões fetais nos estudos realizados em animais, não se recomenda o uso do fármaco em casos de gravidez suspeita ou confirmada e durante o aleitamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas

Os efeitos de Ibustrin sobre a capacidade de conduzir ou utilizar máquinas são nulos ou desprezíveis.

Informações importantes sobre alguns componentes de Ibustrin

Ibustrin contém lactose

Se foi informado pelo seu médico que tem intolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.

Ibustrin contém sódio

Este medicamento contém menos do que 1 mmol (23 mg) de sódio por comprimido, ou seja, é praticamente “isento de sódio”.

3. Como utilizar Ibustrin

Utilize este medicamento exatamente como indicado pelo seu médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

A dose diária habitual está compreendida entre 200 e 400 mg, por via oral. Deve tomar Ibustrin com um intervalo de 12 horas, uma vez após o pequeno-almoço e outra após o jantar.

Uma vez que o indobufeno é eliminado principalmente através dos rins, a dose deve ser reduzida em casos de insuficiência renal. Particularmente em doentes com mais de 65 anos a dose deve ser ajustada de acordo com o nível da função renal, tendo em consideração que esta diminui progressivamente com a idade. Sugere-se o seguinte esquema:

Depuração da creatinina (ml/min):>80200 mg 2 vezes ao dia30 80100 mg 2 vezes ao dia<30100 mg ao dia

A ranhura do comprimido apenas se destina à sua divisão em duas metades iguais para facilitar a respetiva deglutição, devendo, assim, as duas metades do comprimido ser administradas na mesma toma.

Se utilizar mais Ibustrin do que deveria

Não foram referidos casos de sobredosagem, nem intencional nem acidental. Como não se conhece antídoto para a sobredosagem com o indobufeno, o tratamento deve ser sintomático e adequado à situação.

A diurese forçada é eficaz para aumentar a velocidade de eliminação. A hemodiálise não é eficaz na remoção do indobufeno da circulação. As possíveis alterações gastrointestinais podem ser tratadas com antiácidos e antagonistas H2.

Caso se tenha esquecido de utilizar Ibustrin

Não tome uma dose a dobrar para compensar a dose que se esqueceu de tomar. Se se esqueceu de tomar uma ou mais vezes, ignore e continue o tratamento de acordo com o esquema estabelecido.

Se parar de utilizar Ibustrin

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Quais são os possíveis efeitos secundários?

Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos indesejáveis, embora estes não se manifestem em todas as pessoas.

Os efeitos indesejáveis mais comuns envolvem o trato gastrointestinal e são: dispepsia, dor epigástrica (dor no abdominal superior), dor abdominal e náuseas.

Os efeitos indesejáveis pouco frequentes incluem: dor de cabeça, hemorragia nasal, gastrite hemorrágica, vómitos com sangue (hematémese), sangue nas fezes (melenas), hemorragia rectal, úlcera péptica, prisão de ventre, diarreias, vómitos, hemorragia nas gengivas e lábios, hemorragia da bexiga e aumento das transaminases.

Muito raramente foram descritos os seguintes efeitos: trombocitopenia púrpura (diminuição do número de plaquetas no sangue, com aparecimento de nódoas negras) e expetoração com sangue associada a tosse.

Foram ainda descritos os efeitos seguintes, com frequência desconhecida: gastrite erosiva, distensão da barriga, reação alérgica, comichão, aumento da ureia no sangue, diminuição da eliminação renal da creatinina.

Comunicação de efeitos indesejáveis

Se tiver quaisquer efeitos indesejáveis, incluindo possíveis efeitos indesejáveis não indicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico. Também poderá comunicar efeitos indesejáveis diretamente ao INFARMED, I.F. através dos contactos abaixo. Ao comunicar efeitos indesejáveis, estará a ajudar a fornecer mais informações sobre a segurança deste medicamento.

Sítio da internet: http://www.infarmed.pt/web/infarmed/submissaoram (preferencialmente)

ou através dos seguintes contactos:

Direção de Gestão do Risco de Medicamentos Parque da Saúde de Lisboa, Av. Brasil 53 1749-004 Lisboa

Tel: +351 21 798 73 73

Linha do Medicamento: 800222444 (gratuita) E-mail: farmacovigilancia@infarmed.pt

Ao comunicar efeitos indesejáveis, estará a ajudar a fornecer mais informações sobre a segurança deste medicamento.

- F/H/XXXX/WS/34

Como deve ser guardado?

O medicamento não necessita de quaisquer precauções especiais de conservação Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Não utilize este medicamento após o prazo de validade impresso na embalagem exterior, após VAL. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.

Mais informações

Qual a composição de Ibustrin

A substância ativa é o indobufeno.

Os outros componentes são lactose, carboximetilamido sódico, celulose microcristalina, laurilsulfato de magnésio, estearato de magnésio.

Qual o aspecto de Ibustrin e conteúdo da embalagem

Os comprimidos de Ibustrin são brancos, redondos, convexos, com 12 mm de diâmetro, com ranhura numa das faces e com a gravação “I” na outra face. Cada comprimido de Ibustrin contém 200 mg de indobufeno.

O Ibustrin está acondicionado em embalagens de 20 e 60 comprimidos.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Titular da Autorização de Introdução no Mercado:

Laboratórios Pfizer, Lda.

Lagoas Park, Edifício 10

2740-271 Porto Salvo

Fabricante:

Pfizer Italia S.r.l.

Localitá Marino del Tronto 63100 Ascoli Piceno (AP) Itália

Este folheto foi revisto pela última vez em

Última actualização: 29.06.2022

Fonte: Ibustrin - Inserção da embalagem

O seu assistente pessoal de medicamentos

Medicamentos

Pesquise aqui a nossa extensa base de dados de medicamentos de A-Z, com efeitos e ingredientes.

Substâncias

Todas as substâncias activas com a sua aplicação, composição química e medicamentos em que estão contidas.

Doenças

Causas, sintomas e opções de tratamento para doenças e lesões comuns.

O conteúdo apresentado não substitui a bula original do medicamento, especialmente no que diz respeito à dosagem e efeito dos produtos individuais. Não podemos assumir qualquer responsabilidade pela exactidão dos dados, uma vez que os dados foram parcialmente convertidos automaticamente. Um médico deve ser sempre consultado para diagnósticos e outras questões de saúde. Mais informações sobre este tópico podem ser encontradas aqui.

This website is certified by Health On the Net Foundation. Click to verify.