Anidulafungina Mylan

Código ATC
J02AX06
Anidulafungina Mylan

Mylan

Medicamentos padrão Humano
Substância(s)
Anidulafungin
Narcótica
Não
Data de aprovação 13.02.2020
Grupo farmacológico Antimicóticos para uso sistémico

Anúncio

Tudo para saber

Titular da autorização

Mylan

O que se deve tomar em consideração antes de utilizá-lo?

Não utilize Anidulafungina Mylan:

– se tem alergia à anidulafungina, outras equinocandinas (por exemplo, acetato de caspofungina) ou a qualquer outro componente deste medicamento (indicados na secção 6).

Advertências e precauções

Fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro antes de utilizar anidulafungina. O seu médico pode decidir monitorizá-lo:

  • quanto à função hepática mais atentamente se desenvolveu problemas no fígado durante o seu tratamento.
  • se lhe foram administrados anestésicos durante o seu tratamento com anidulafungina
  • quanto a sinais de reação alérgica, tais como comichão, pieira, pele manchada.
  • quanto a sinais de uma reação relacionada com a perfusão que podem incluir erupção na pele, urticária, comichão, vermelhidão.
  • quanto à falta de ar/dificuldades ao respirar, tonturas ou sensação de desmaio.

Crianças e adolescentes

A anidulafungina não deve ser administrada a crianças com idade inferior a 1 mês.

Outros medicamentos e Anidulafungina Mylan

Informe o seu médico ou farmacêutico se você ou o seu filho estiver a tomar, tiver tomado recentemente, ou se vier a tomar outros medicamentos.

Gravidez e amamentação

A anidulafungina não é recomendada durante a gravidez, uma vez que se desconhece o efeito da mesma em mulheres grávidas. Deve-se utilizar um método contracetivo eficaz nas mulheres em idade fértil. Contacte o seu médico imediatamente caso fique grávida enquanto está a tomar Anidulafungina Mylan.

Desconhece-se o efeito da anidulafungina em mulheres a amamentar. Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar Anidulafungina Mylan enquanto amamenta.

Se está grávida ou a amamentar, se pensa estar grávida ou planeia engravidar, consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento.

Anidulafungina Mylan contém frutose

Este medicamento contém 102,5 mg de frutose por cada frasco.

Se você ou o seu filho tiver intolerância hereditária à frutose (IHF), uma doença genética rara, você (ou o seu filho) não pode receber este medicamento. Os doentes com IHF não conseguem digerir este medicamento, o que pode provocar efeitos indesejáveis graves.

Se você ou o seu filho tiver IHF, deve informar o seu médico antes de receber este medicamento ou se o seu filho deixou de poder ingerir alimentos ou bebidas doces, porque se sente enjoado, com vómitos ou se fica com efeitos desagradáveis como inchaço, dor de estômago ou diarreia.

Anidulafungina Mylan contém sódio

Este medicamento contém menos de 1 mmol de sódio (23 mg) por frasco para injetáveis, ou seja, é praticamente "isento de sódio".

3. Como utilizar Anidulafungina Mylan

Anidulafungina Mylan vai ser sempre preparada e administrada a si ou ao seu filho por um médico ou profissional de saúde (existe informação mais detalhada sobre o método de preparação no final do folheto informativo, na secção destinada apenas aos médicos e aos profissionais de saúde).

Para utilização em adultos, o tratamento inicia-se com 200 mg no primeiro dia (dose de carga). Segue-se uma dose diária de 100 mg (dose de manutenção).

Para utilização em crianças e adolescentes (entre 1 mês e menos de 18 anos de idade), o tratamento inicia-se com 3,0 mg/kg (não exceder 200 mg) no primeiro dia (dose de carga). Segue- se uma dose diária de 1,5 mg/kg (não exceder 100 mg) (dose de manutenção). A dose administrada depende do peso do doente.

A anidulafungina deve-lhe ser administrada uma vez por dia, por perfusão lenta (gota a gota), na sua veia. Para os adultos, esta administração irá demorar pelo menos 1,5 horas para a dose de manutenção e 3 horas para a dose de carga. Para as crianças e adolescentes, a perfusão poderá demorar menos tempo, dependendo do peso do doente.

O seu médico irá estabelecer a duração do seu tratamento e a quantidade de Anidulafungina Mylan que irá receber diariamente e vai monitorizar a sua condição e resposta.

Em geral, o seu tratamento deverá continuar durante pelo menos 14 dias após o último dia em que se detetou a presença de Candida no seu sangue.

Se receber mais Anidulafungina Mylan do que deveria

Se pensa que lhe administraram uma dose excessiva de Anidulafungina Mylan, deverá informar o seu médico ou outro profissional de saúde imediatamente.

Caso se tenha esquecido de utilizar Anidulafungina Mylan

Uma vez que este medicamento lhe será administrado sob cuidadosa supervisão médica, é pouco provável que não lhe tenha sido administrada uma dose. No entanto, deverá informar o seu médico ou farmacêutico se pensar que não lhe foi administrada uma dose. Não lhe deve ser administrada uma dose a dobrar pelo seu médico para compensar uma dose esquecida.

Se parar de utilizar Anidulafungina Mylan

Não deverá sentir quaisquer efeitos de Anidulafungina Mylan quando o seu médico parar o tratamento com Anidulafungina Mylan.

O seu médico poderá prescrever outro medicamento após o tratamento com Anidulafungina Mylan, para continuar a tratar a sua infeção fúngica ou prevenir o seu regresso.

Deverá informar o seu médico ou outro profissional de saúde imediatamente caso os seus sintomas iniciais regressem. Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro.

Quais são os possíveis efeitos secundários?

Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos indesejáveis, embora estes não se manifestem em todas as pessoas. Alguns deste efeitos indesejáveis serão observados pelo seu médico enquanto monitoriza a sua resposta e situação.

Foram raramente notificadas reações alérgicas com risco de vida que podem incluir dificuldade em respirar com respiração ruidosa ou agravamento de erupção cutânea já existente, durante a administração de anidulafungina.

Efeitos indesejáveis graves – informe o seu médico ou outro profissional de saúde imediatamente se ocorrer alguma das seguintes situações:

Efeitos indesejáveis frequentes (podem afetar até 1 em 10 pessoas):

  • Convulsão (ataque)
  • Contração repentina dos músculos ao redor das vias aéreas, resultando em respiração ruidosa ou tosse
  • Dificuldade em respirar

Desconhecido (a frequência não pode ser calculada a partir dos dados disponíveis):

– Reações alérgicas com risco de vida

Outros efeitos indesejáveis

Efeitos indesejáveis muito frequentes (podem afetar mais de 1 em 10 pessoas):

  • Potássio sérico baixo (hipocaliemia)
  • Diarreia
  • Náusea

Efeitos indesejáveis frequentes (podem afetar até 1 em 10 pessoas):

  • Dor de cabeça
  • Vómito
  • Alterações nos testes de função do fígado
  • Erupção na pele, prurido (comichão)
  • Alterações nos testes sanguíneos de função do rim
  • Fluxo anómalo da bílis da vesícula para o intestino (colestase)
  • Açúcar no sangue elevado
  • Pressão arterial elevada
  • Pressão arterial baixa

Efeitos indesejáveis pouco frequentes (podem afetar até 1 em 100 pessoas):

  • Perturbação do sistema de coagulação
  • Vermelhidão
  • Rubor com calor
  • Dor de estômago
  • Urticária
  • Dor no local de injeção

Comunicação de efeitos indesejáveis

Se tiver quaisquer efeitos indesejáveis, incluindo possíveis efeitos indesejáveis não indicados neste folheto, fale com o seu médico. Também poderá comunicar efeitos indesejáveis diretamente ao INFARMED, I.F. através dos contactos abaixo. Ao comunicar efeitos indesejáveis, estará a ajudar a fornecer mais informações sobre a segurança deste medicamento.

Sítio da internet: http://www.infarmed.pt/web/infarmed/submissaoram (preferencialmente) ou através dos seguintes contactos:

Direção de Gestão do Risco de Medicamentos Parque da Saúde de Lisboa, Av. Brasil 53

1749-004 Lisboa

Tel: +351 21 798 73 73

Linha do Medicamento: 800222444 (gratuita) E-mail: farmacovigilancia@infarmed.pt

Como deve ser guardado?

Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Não utilize este medicamento após o prazo de validade impresso na etiqueta e na embalagem exterior. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Conservar no frigorífico (2 °C – 8 °C).

Solução reconstituída

Demonstrou-se a estabilidade química e física da solução reconstituída durante 24 horas a 25°C.

Solução para perfusão

A solução de perfusão pode ser conservada até 25°C durante 48 horas. Demonstrou-se a estabilidade química e física da solução para perfusão durante 48 horas a 25°C e 72 horas congelada.

Do ponto de vista microbiológico, uma vez reconstituído ou diluído, o produto deve ser utilizado imediatamente. Se não for utilizado imediatamente, os tempos e as condições de conservação em uso antes da utilização são da responsabilidade do utilizador e não devem, normalmente, ultrapassar as 24 horas entre 2 °C e 8 °C (no frigorífico), a menos que a reconstituição e diluição tenham sido realizadas sob condições assépticas controladas e validadas.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

Mais informações

Qual a composição de Anidulafungina Mylan

  • A substância ativa é anidulafungina. Cada frasco para injetáveis de pó contém 100 mg de anidulafungina.
  • Os outros componentes são: frutose (ver secção 2 "Anidulafungina Mylan contém frutose"), manitol, polissorbato 80, ácido tartárico, hidróxido de sódio (para ajuste de pH) (ver secção 2 "Anidulafungina Mylan contém sódio"), ácido clorídrico concentrado (para ajuste de pH).

Qual o aspeto de Anidulafungina Mylan e conteúdo da embalagem

Anidulafungina Mylan é fornecida numa embalagem contendo um frasco para injetáveis com 100 mg de pó para concentrado para solução para perfusão.

O pó é branco a esbranquiçado.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado Mylan, Lda.

Av. D. João II, Edifício Atlantis, N.º 44C - 7.3 e 7.4 1990-095 Lisboa

Portugal

Fabricante(s)

Laboratori FUNDACIO DAU C/ De la letra C, 12-14

Polígono Industrial de la Zona Franca 08040 Barcelona

Espanha

Mylan Germany GmbH

Zweigniederlassung Bad Homburg v. d. Höhe, Benzstrasse 1

Bad Homburg v. d. Hohe

Hessen, 61352,

Alemanha

Este medicamento encontra-se autorizado nos Estados Membros do Espaço Económico Europeu (EEE) com os seguintes nomes:

Alemanha Anidulafungin Mylan 100 mg Pulver für ein Konzentrat zur Herstellung einer Infusionslösung

Áustria Anidulafungin Mylan 100 mg Pulver für ein Konzentrat zur Herstellung einer Infusionslösung

Bélgica Anidulafungin Mylan 100 mg poeder voor concentraat voor oplossing voor infusie

Dinamarca Anidulafungin Mylan Eslováquia Anidulafungin Mylan 100 mg

Espanha Anidulafungina Mylan 100 mg polvo para concentrado para solución para perfusión EFG

Finlândia Anidulafungin Mylan 100 mg kuiva-aine välikonsentraatiksi infuusionestettä varten, liuos

Itália Anidulafungina Mylan Pharma

Irlanda Anidulafungin 100 mg powder for concentrate for solution for infusion

Noruega Anidulafungin Mylan Polónia Anidulafungin Mylan Portugal Anidulafungina Mylan

Reino Unido (Irlanda do Norte) Anidulafungin 100mg powder for concentrate for solution for infusion

Républica Checa Anidulafungin Mylan

Roménia Anidulafungină Mylan 100 mg pulbere pentru concentrat pentru soluie perfuzabilă

Suécia Anidulafungin Mylan

Este folheto foi aprovado pela última vez em maio de 2021.

Outras fontes de informação

Está disponível informação pormenorizada sobre este medicamento no sítio da internet do: INFARMED, I.F.

<--------------------------------------------------------------------------------------------------->

A informação que se segue destina-se apenas aos profissionais de saúde e aplica-se apenas para a apresentação de frasco único de Anidulafungina Mylan 100 mg pó para concentrado para solução para perfusão:

O conteúdo do frasco deve ser reconstituído com água para preparações injetáveis e de seguida diluído APENAS com solução para perfusão de cloreto de sódio de 9 mg/ml (0,9%) ou glucose para perfusão a 50 mg/ml (5%). Não foi estabelecida a compatibilidade de Anidulafungina Mylan reconstituída com substâncias intravenosas, aditivos ou medicamentos, para além de cloreto de sódio para perfusão a 9 mg/ml (0,9%) ou glucose para perfusão a 50 mg/ml (5%).

Reconstituição

Reconstituir em ambiente assético cada frasco para injetáveis com 30 ml de água para preparações injetáveis, de modo a obter uma concentração de 3,33 mg/ml. O tempo de reconstituição poderá ser de até 2 minutos. O respetivo aspeto após a reconstituição é uma solução límpida e incolor a amarelo-clara. Os medicamentos destinados a serem administrados por via parentérica devem ser inspecionados visualmente para a deteção de partículas ou descoloração, antes da administração, sempre que a solução ou o recipiente o permitam. A solução deve ser rejeitada caso se detetem partículas ou descoloração.

A solução reconstituída pode ser conservada até 25°C durante 24 horas, antes da diluição.

Diluição e perfusão

Transferir em ambiente assético o conteúdo do(s) frasco(s) reconstituído(s) para um saco (ou frasco) intravenoso contendo cloreto de sódio para perfusão a 9 mg/ml (0,9%) ou glucose para perfusão a 50 mg/ml (5%), de forma a obter uma concentração de anidulafungina na solução para perfusão final de 0,77 mg/ml. Para as crianças e adolescentes, o volume da solução para perfusão necessário para administrar a dose irá variar, dependendo do peso do doente. A tabela seguinte apresenta os volumes necessários para cada dose.

Requisitos de diluição para a administração de Anidulafungina Mylan

Posologia Número de frascos para injetáveis de pó Volume total reconstituído Volume de perfusãoA Volume total de perfusãoB Taxa de perfusão Duração mínima da perfusão                 100 mg 1 30 ml 100 ml 130 ml 1,4 ml/min 90 min     200 mg 2 60 ml 200 ml 260 ml 1,4 ml/min 180 min    

A Solução para perfusão de cloreto de sódio de 9 mg/ml (0,9%) ou glucose para perfusão de 50 mg/ml (5%)

B A concentração da solução de perfusão é de 0,77 mg/ml

A taxa de perfusão não deve exceder 1,1 mg/min (equivalente a 1,4 mg/min quando reconstituído e diluído de acordo com as indicações).

Apenas para administração única. Qualquer medicamento não utilizado ou resíduos devem ser eliminados de acordo com as exigências locais.

Última actualização: 27.06.2022

Fonte: Anidulafungina Mylan - Inserção da embalagem

O seu assistente pessoal de medicamentos

Medicamentos

Pesquise aqui a nossa extensa base de dados de medicamentos de A-Z, com efeitos e ingredientes.

Substâncias

Todas as substâncias activas com a sua aplicação, composição química e medicamentos em que estão contidas.

Doenças

Causas, sintomas e opções de tratamento para doenças e lesões comuns.

O conteúdo apresentado não substitui a bula original do medicamento, especialmente no que diz respeito à dosagem e efeito dos produtos individuais. Não podemos assumir qualquer responsabilidade pela exactidão dos dados, uma vez que os dados foram parcialmente convertidos automaticamente. Um médico deve ser sempre consultado para diagnósticos e outras questões de saúde. Mais informações sobre este tópico podem ser encontradas aqui.

This website is certified by Health On the Net Foundation. Click to verify.