Nivestim 12 MU/ 0,2 ml solução injectável / paraperfusão

Nivestim 12 MU/ 0,2 ml solução injectável / paraperfusão
Substância(s) Filgrastim
Admissão União Europeia (Portugal)
Produtor Hospira UK Ltd.
Narcótica Não
Código ATC L03AA02
Grupo farmacológico Imunoestimulantes

Titular da autorização

Hospira UK Ltd.

Folheto

O que é e como se utiliza?

O que é o Nivestim

O Nivestim tem como substância activa o filgrastim. Este pertence a um grupo de proteínas chamado citocinas e é muito semelhante à proteína natural (factor de estimulação das colónias de granulócitos [G-CSF]) produzida pelo seu organismo.
O filgrastim funciona estimulando a medula óssea (o tecido onde as novas células sanguíneas são produzidas) a produzir mais células sanguíneas, especialmente certo tipo de glóbulos brancos. Os glóbulos brancos são importantes porque ajudam o organismo a combater as infecções.

Para que é utilizado o Nivestim

O seu médico receitou-lhe Nivestim para ajudar o seu organismo a produzir mais glóbulos brancos. O seu médico informá-lo-á porque está a ser tratado com Nivestim.
O Nivestim é útil em várias situações, tais como:

  • quimioterapia
  • transplante de medula óssea
  • neutropenia crónica grave (neutropenia é quando existe um número muito baixo de um tipo de glóbulosbrancos, chamados neutrófilos)
  • neutropenia em doentes com infecção por VIH
  • mobilização de células sanguíneas estaminais periféricas

Anúncio

O que se deve tomar em consideração antes de utilizá-lo?

Não utilize Nivestim
  • se tem alergia (hipersensibilidade) ao filgrastim ou a qualquer outro componente de Nivestim
Tome especial cuidado com Nivestim
  • se sofre de outras doenças (especialmente se pensa que sofre de uma infecção),
  • se sentir tosse, febre e dificuldade em respirar. Isto pode ser devido a um problema nos pulmões (ver secção “POSSÍVEIS EFEITOS SECUNDÁRIOS”),
  • se tem anemia falciforme (doença sanguínea à nascença que afecta os glóbulos vermelhos),
  • se sentir dor na parte superior esquerda do abdómen ou dor no ombro. Isto pode ser consequência de um problema no seu baço (ver secção “POSSÍVEIS EFEITOS SECUNDÁRIOS”).

Poderá ter necessidade de fazer análises sanguíneas regulares enquanto estiver a ser tratado com Nivestim, para verificar o número dos seus neutrófilos e outros glóbulos vermelhos no sangue. Estas análises indicam ao seu médico como o tratamento está a decorrer e se este necessita ser continuado.

Ao utilizar Nivestim com outros medicamentos
Não deve receber Nivestim nas 24 horas antes e nas 24 horas após ter recebido quimioterapia. Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

Gravidez e aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.
filgrastimO filgrastim não foi testado em mulheres grávidas. É importante informar o seu médico se estiver grávida ou suspeitar que está grávida ou se planear engravidar, para que o seu médico possa decidir se não deve utilizar este medicamennto.
O filgrastim pode afectar a sua capacidade para engravidar ou manter a gravidez.
Não se sabe se o filgrastim passa para o leite materno. Assim, o seu médico pode decidir que não deve utilizar este medicamento se está a amamentar.

Condução de veículos e utilização de máquinas
O filgrastim tem uma influência sem importância sobre a capacidade de conduzir e utilizar máquinas. Se o doente sentir fadiga, recomenda-se precaução ao conduzir ou na utilização de máquinas.

Informações importantes sobre alguns componentes de Nivestim
Este medicamento contém sorbitol (E420). Se foi informado pelo seu médico que que tem intolerância a alguns açúcares (frutose), contacte o seu médico antes de utilizar este medicamento. Este medicamento contém, também, sódio, que é menos de 1 mmol de sódio (23 mg) por dose, i.e., é essencialmente “livre de sódio”.

Anúncio

Como é utilizado?

Utilizar o Nivestim sempre de acordo com as indicações do seu médico.
Este medicamento é administrado como uma injecção, através de uma perfusão intravenosa (gota a gota) ou uma injecção subcutânea no tecido imediatamente por baixo da sua pele.
Se receber este medicamento por via subcutânea, o seu médico pode sugerir que aprenda como o administrar a si próprio. O seu médico ou enfermeiro dar-lhe-ão instruções sobre isto (ver no fim deste folheto a informação para auto-administração). Não tente auto-administrar-se sem treino. Alguma informação que necessite encontra-se no final deste folheto, mas o tratamento adequado à sua doença requer uma cooperação constante e eficaz com o seu médico. A quantidade de Nivestim que necessita dependerá da situação clínica para a qual está a utilizar o Nivestim, e do seu peso corporal.

Nivestim na neutropenia associada a quimioterapia
A dose usual para adultos e crianças é de 0,5 milhões de unidades (5 microgramas) por kg de peso corporal cada dia. Por exemplo, se pesar 60 kg a sua dose diária será de 30 milhões de unidades (300 microgramas). O seu tratamento durará habitualmente 14 dias. Em alguns tipos de doenças pode, no entanto, ser um tratamento mais longo até um mês.

Nivestim no transplante de medula óssea
A dose normal de inicio é de 1 milhão de unidades (10 microgramas) por kg de peso corporal cada dia, administrados como perfusão. Por exemplo, se pesa 60 kg, a sua dose diária será de 60 milhões de unidades (600 microgramas). Normalmente, recebe a sua primeira dose de Nivestim pelo menos nas 24 horas após a sua quimioterapia mas nas 24 horas após receber o transplante da medula óssea. O seu médico poderá fazer análises ao seu sangue para avaliar como o seu tratamento está a decorrer e por quanto tempo ele deve ser mantido.

Nivestim na neutropenia crónica grave
A dose normal é entre 0,5 (5 microgramas) e 1,2 milhões de unidades (1,2 microgramas) por kg de peso corporal cada dia, numa só dose ou em doses divididas. O seu médico pode fazer análises ao seu sangue para verificar como está a decorrer o tratamento e encontrar a dose mais adequada para si. É necessário um tratamento a longo prazo com Nivestim para a neutropenia.

Nivestim na neutropenia de doentes com infecção por VIH
A dose normal é entre 0,1 (1 micrograma) e 0,4 milhões de unidades (4 microgramas) por kg de peso corporal cada dia. O seu médico pode fazer análises regulares ao seu sangue para verificar como está a decorrer o tratamento e encontrar a dose mais adequada para si. Quando o número de glóbulos brancos no seu sangue tenha retornado ao normal poderá ser possível reduzir a frequência da dose para menos de uma vez por dia. Pode ser necessário um tratamento a longo prazo com Nivestim para manter normal o número de glóbulos brancos sanguíneos.

Nivestim e transplante de células sanguíneas estaminais sanguíneas periféricas
Se necessitar de doar células estaminais para si próprio, a dose habitual é de 0,5 milhões (5 microgramas) a 1 milhões de unidades (10 microgramas) por kg de peso corporal cada dia. O tratamento com Nivestim dura até 2 semanas. O seu médico fará análises ao seu sangue para avaliar qual a melhor altura para recolher as células sanguíneas estaminais.
Se for dador para outra pessoa, a dose habitual é de 1 milhão de unidades por kg de peso corporal cada dia. O tratamento com Nivestim durará 4 a 5 dias.

Se utilizar mais Nivestim do que deveria

Se utilizou mais Nivestim do que deveria, contacte o seu médico ou farmacêutico tão breve quanto possível.

Caso se tenha esquecido de utilizar Nivestim

Se se esqueceu de administrar uma dose fale com o seu médico ou farmacêutico de forma a definir quando deve administrar a próxima dose. Não deverá tomar uma dose a dobrar para compensar a injecção que se esqueceu.

Se terminar o tratamento com Nivestim

O seu médico irá informá-lo quando deve terminar o Nivestim. É normal que ocorram alguns ciclos de tratamento com o Nivestim.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Anúncio

Quais são os possíveis efeitos secundários?

Como todos os medicamentos, o Nivestim pode causar efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

Têm sido relatadas reacções do tipo alérgico ao filgrastim, tais como erupção cutânea (na pele), aparecimento de zonas da pele com comichão e anafilaxia (fraqueza, baixa da tensão arterial, dificuldade em respirar e inchaço na cara). Se pensa que tem uma reacção deste tipo interrompa o Nivestim e procure o seu médico imediatamente.

Foram também relatados casos de aumento do tamanho do baço, e casos muito raros de rupturas do baço. Alguns casos de ruptura foram fatais.
É importante que contacte o seu médico imediatamente se sentir dor na parte superior esquerda do seu abdómen ou dor no seu ombro esquerdo, já que isto pode estar relaccionado com um problema com o seu baço.

É também muito importante que contacte o seu médico se pensa que tem uma infecção. Existem várias formas das infecções se manifestarem em si. Deve controlar se a sua temperatura é de 37,8ºC ou mais, se tem arrepios ou outros sinais de infecção, tais como erupção cutânea, inflamação da garganta, diarreia, dor de ouvidos, dificuldade ou dor ao respirar ou problemas como tosse ou sibilos. Estes sintomas podem ser sinal de efeitos secundários graves a nível pulmonar, tais como pneumonia, e síndroma de falha respiratória nos adultos, que podem ser fatais. Se sentir febre ou qualquer destes sintomas, contacte o seu médico imediatamente e vá ao seu hospital.
Se tem anemia falciforme assegure-se que informou o seu médico antes de iniciar o tratamento com Nivestimfilgrastim. Uma crise de anemia falciforme pode ocorrer em doentes com esta doença se tratados com filgrastim.

A frequência dos efeitos indesejáveis possíveis baseia-se na seguinte convenção:
muito frequentes: afectam mais de 1 utilizador em cada 10
frequentes: afectam 1 a 10 utilizadores em cada 100
pouco frequentes: afectam 1 a 10 utilizadores em cada 1.000
raros: afectam 1 a 10 utilizadores em cada 10.000
muito raros: afectam menos de 1 utilizador em cada 10.000

Efeitos secundários muito frequentes
  • sentir-se ou estar doente
  • dores musculares (nos músculos) ou ósseas (nos ossos)
  • hemorragias (sangramentos) nasais
  • diminuição dos níveis de glucose no sangue
  • aumento do nível de algumas enzimas hepáticas ou alteração dos valores bioquímicos sanguíneos. O seu médico fará análises sanguíneas para isto
  • aumento do nível de ácido úrico o qual se pode manifestar como gota
Efeitos secundários frequentes
  • fadiga
  • fraqueza generalizada
  • dor de cabeça
  • prisão de ventre ou diarreia
  • perda de apetite
  • inflamação e ulceração (ferida) da boca e inchaço intestinal
  • dor no peito
  • tosse
  • inflamação da garganta
  • perda de cabelo
  • erupção cutânea
  • aumento do fígado
  • fraqueza dos ossos
  • dor no local de injecção
  • inflamação dos vasos sanguíneos
  • redução das plaquetas (células envolvidas na coagulação sanguínea), o que aumenta o risco de hemorragia ou hematomas
Efeitos secundários pouco frequentes
  • dor inespecífica
  • sangue ou proteínas na urina
Efeitos secundários raros
  • problemas com os seus vasos sanguíneos
Efeitos secundários que podem ser sentidos por si se for dador de células sanguíneas estaminais para outra pessoa
Efeitos secundários muito frequentes
  • Dor de cabeça
  • Dor muscular ou óssea
  • Alterações nos seus glóbulos brancos ou plaquetas sanguíneas (o seu médico monitoriza isto através de análises sanguíneas)
Efeitos secundários frequentes
  • Aumento dos níveis de alguns enzimas hepaticos (o seu médico monitoriza isto)
Efeitos secundários pouco frequentes
  • Reacção alérgica grave
  • Problemas com o seu baço
  • Aumento dos níveis de ácido úrico que se pode manifestar como gota
  • Agravamento da artrite reumatóide existente

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Anúncio

Como deve ser guardado?

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não utilize filgrastim após o prazo de validade impresso no rótulo da seringa pré-cheia e da embalagem exterior depois de Val. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Conservar e transportar em condições refrigeradas (2ºC – 8ºC). Não congelar. Manter as seringas pré-cheias nas embalagens de origem para proteger da luz.
A seringa pode ser retirada do frigorífico e deixada à temperatura ambiente por um único período, no máximo, de 7 dias (mas não acima de 25ºC).

Não utilize filgrastim se verificar opalescência (ficar opaco) ou observar partículas na solução.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita. Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

Anúncio

Mais informações

Qual a composição de Nivestim
  • A substância activa é o filgrastim. Cada ml contém 60 milhões de unidades (MU) (600 microgramas) ou 96 milhões de unidades (MU) (960 microgramas) de filgrastim.
  • O filgrastim 12 MU/0,2 ml solução injectável/para perfusão, cada seringa pré-cheia contém 12 milhões de unidades (MU), 120 microgramas de filgrastim em 0,2 ml (correspondente a 0,6 mg/ml)
  • O filgrastim 30 MU/0,5 ml solução injectável/para perfusão, cada seringa pré-cheia contém 30 milhões de unidades (MU), 300 microgramas de filgrastim em 0,5 ml (correspondente a 0,6 mg/ml)
  • O filgrastim 48 MU/0,5 ml solução injectável/para perfusão, cada seringa pré-cheia contém 48 milhões de unidades (MU), 480 microgramas de filgrastim em 0,5 ml (correspondente a 0,96 mg/ml)
  • Os outros componentes são ácido acético (glacial), hidróxido de sódio, sorbitol (E420), polissorbato 80 e água para preparações injectáveis
Qual o aspecto de Nivestim e conteúdo da embalagem

O Nivestim é uma solução injectável/para perfusão, incolor em seringas pré-cheias de vidro, com uma agulha (de aço inoxidável) e tampa de segurança.. As embalagens podem ser de 1, 5 ou 10 seringas.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Hospira UK Limited
Queensway
Royal Leamington Spa
Warwickshire CV31 3RW
Reino UnidoTel: +44 (0)1926 820 820
Fax: +44 (0) 1926 821 041

Fabricante:

PLIVA Kraków, S.A.
ul. Mogilska 80; 31-546 Kraków
Polónia

Para quaisquer informações sobre este medicamento, queira contactar o representante local do Titular da Autorização de Introdução no Mercado:

BelgiëBelgiqueBelgien Hospira Benelux BVBA TélTel 32 2 332 03 15 LuxembourgLuxemburg Hospira Benelux BVBA TélTel 32 2 332 03 15

Hospira UK Limited Te. 44 0 1926 820820 Magyarország Pharmacenter Hungary Kft. Tel. 36-1-209-5927

eská republika Movianto eská republika s.r.o Tel 420 548 134 400 Malta Hospira UK Limited Tel 44 0 1926 820820

Danmark Hospira Nordic AB Tlf 46 08 672 85 00 Nederland Hospira Benelux BVBA Tel 32 2 332 03 15

Deutschland Hospira Deutschland GmbH Tel 49 0 89 43 77 77 0 Norge Hospira Nordic AB Tlf 46 08 672 85 00

Eesti Berren Medical, co Axellus OÜ Tel 372 662 3573 Österreich Astro-Pharma Vertrieb und Handel von pharmazeutischen Produkten GmbH Tel 43 01 961 93 13

Aenorasis S.A. 30 210 6136332 Polska Zaklady Farmaceutyczne S.A. Tel. 481 26178048

Portugal Hospira Portugal Lda España Hospira Productos Farmacéuticos y Hospitalarios S.L. Tel 34 914847100 Tel 351 214857434

France Hospira France Tél 33 0 826 30 03 02 România Hospira UK Limited Tel 44 0 1926 820820

Ireland Hospira Ireland Limited Tel 353 0 1 2962102 Slovenija Valentis Pharmaceuticals d.o.0 Tel 386 1 2000603

Ísland Hospira Nordic AB Sími 46 08 672 85 00 Slovenská republika Hospira UK Limited Tel 44 0 1926 820820

Italia Hospira Italia Srl Tel 39 0812405912 SuomiFinland Hospira Nordic AB PuhTel 46 08 672 85 00

Hospira UK Limited 44 0 1926 820820 Sverige Hospira Nordic AB Tel 46 08 672 85 00

Latvija Berren Medical, co Axellus SIA Tel 371 721 1629 United Kingdom Hospira UK Limited Tel 44 0 1926 820820

Lietuva
Berren Medical, c/o Axellus UAB
Tel: + 370 5 231 0654

Este folheto foi aprovado pela última vez em { MM/AAAA }

Informação pormenorizada sobre este medicamento está disponível na Internet no site da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) http://www.ema.europa.eu

<----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- > Informação de como auto-administrar
Esta secção contém informação de como pode administrar o Nivestim a si próprio. É importante que não tente administrar a solução injectável a si excepto se tiver recebido treino do seu médico ou enfermeiro nesse sentido. É também importante que tenha um contentor de seringas não perfurável. Se não estiver seguro de como se auto-administrar ou se tiver questões, por favor contacte o seu médico ou enfermeira.

Como administro Nivestim a mim?
O Nivestim é habitualmente injectado uma vez ao dia, habitualmente no tecido por baixo da sua pele. Esta é a administração subcutânea.
Ao aprender a administrar a injecção a si próprio significa que não terá que esperar por um enfermeiro, nem dirigir-se a um hospital ou clínica para receber as suas injecções.
Poderá necessitar de receber as suas injecções mais ou menos à mesmo hora cada dia. Os locais mais adequados para as injecções são:

  • a parte da frente das coxas
  • o abdómen, excepto na área do umbigo

É aconselhável alterar o local da injecção cada dia para evitar riscos de inchaço num só local.

Equipamento necessário para a administração:
Para administar a si próprio a injecção subcutânea necessita do seguinte:

  • uma seringa pré-cheia de Nivestim nova
  • um contentor para as agulhas (à prova de perfuração) para deitar fora as agulhas de forma segura
  • solução anti-séptica (se recomendado pelo seu médico ou enfermeiro)
Como posso administrar a mim próprio a solução injectável de Nivestim?

1. tente auto-injectar-se aproximadamente à mesma hora cada dia

2. retirar o Nivestim do frigorífico e deixar que atinja a temperatura ambiente (aproximadamente 25ºC). Isto demora 15 – 30 minutos. Verifique a data impressa na embalagem para garantir que o medicamento ainda se encontra dentro da validade. Assegure-se que tem o contentor de seringas por perto

3. encontre um local confortável para se injectar e confirme a dose que lhe foi receitada

4. lave as suas mãos com água e sabão

5. retire a seringa do blister e verifique se a solução está incolor, límpida e praticamente sem partículas em suspensão. Não utilizar se o Nivestim tiver partículas a flutuar ou se houver líquido a verter pela seringa

6. segure a seringa com a agulha virada para cima. Remova a capa protectora da agulha e retire o ar entre a seringa e a agulha, pressionando gentilmente o êmbolo. A seringa está agora pronta a ser utilizada.

7. decida onde injectar o Nivestim – encontre um local na parte da frente do seu abdómen ou na frente das suas coxas. Escolha um local diferente cada vez que se injectar. Não escolha uma área dura, vermelha, dorida ou irritada. Se o seu médico ou enfermeira recomendaram, limpe a área com uma solução anti-séptica

8. Segure uma área larga da sua pele, tendo o cuidado de não tocar na área desinfectada

9. com a sua outra mão, insera a agulha num ângulo de aproximadamente 45º

10. Puxe para trás ligeiramente o êmbolo para verificar que entra sangue na seringa. Se não houver entrada de sangue, remova a agulha e re-insira-a num local diferente. Empurre lentamente o êmbolo até que todo o conteúdo da seringa tenha sido esvaziado.

11. após injectar a solução retirar a agulha da pele

12. Assegure-se que a protecção da agulha cobre a seringa de acordo com as instruções para uma protecção activa da seringa ou protecção passiva da seringa em baixo.

13. colocar a seringa no recipiente para as agulhas. Não tente remover a capa de protecção.

Lembre-se

A maioria das pessoas pode aprender a administrar o medicamento a si próprias, mas se sentir muitas dificuldades, por favor não hesite em pedir ajuda e conselho ao seu médico ou enfermeira.

Uso da capa de protecção activa da agulha para o Nivestim 12 UM/0,2 ml solução injectável/para perfusão
As seringas pré-cheias têm acoplada uma capa protectora da agulha, a UltraSafe, de forma a proteger de acidentes com a agulha. Quando manusear a seringa mantenha as suas mãos por trás da agulha.

1. Injecte-se tal como explicado anteriormente

2. Quando tiver terminado a injecção, rode a tampa da agulha até que esta fique completamente coberta (até ao “clic”)

Utilização da protecção passiva da seringa paraNivestim 30 UM/0,5 ml solução injectável/para perfusão e Nivestim 48 UM/0,5 ml solução injectável/para perfusão

A seringa pré-cheia tem uma protecção da agulha acoplada UltraSafe de forma a proteger contra algum acidente com a seringa. Quando manusear a seringa pré-cheia mantenha as suas mãos atrás da agulha.

1. Efectue a injecção seguindo a técnica descrita anteriormente.

2. Pressiona o êmbolo enquanto colocar a falange até ser que toda a dose seja administrada. A activação da protecção da agulha, não será dada até que TODA a dose seja administrada.

3. Retire a agulha da sua pele, depois largue o êmbolo e permita que toda a seringa possa mover-se para cima até que a agulha esteja guardada e bem fechada.

  • Mantenha as seringas utilizadas fora do alcance e da vista das crianças
  • NUNCA ponha as seringas usadas no seu lixo doméstico.<----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- > A INFORMAÇÃO QUE SE SEGUE DESTINA-SE APENAS AOS MÉDICOS E AOS PROFISSIONAIS DESAÚDE:

O Nivestim não contém qualquer conservante. Assim, como existe o risco possível de contaminação microbiológica, as seringas de Nivestim são apenas para utilização única.

Exposição acidental, até 24 horas, a temperaturas de congelação não afectam negativamente a estabilidade do Nivestim. As seringas pré-cheias congeladas podem ser descongeladas e refrigeradas para uso futuro. Se a congelação foi superior a 24 horas, ou congeladas mais do que uma vez, então o Nivestim NÃO deve ser utilizado.

O Nivestim não deve ser diluído com solução de cloreto de sódio. Este medicamento não deve ser misturado com outros medicamentos, excepto os referidos em baixo. A solução diluída de filgrastim pode ser adsorvida pelo materiais de vidro ou plástico, excepto se diluída conforme descrito de seguida.

Se necessário, o Nivestim pode ser diluído em solução para perfusão de glucose a 50 mg/ml (5 %). Não se recomenda, em nenhuma situação, uma diluição para uma concentração final menor que 0,2 MU (2 microgramas) por ml. Antes da administração, a solução deve ser visualmente inspeccionada. Apenas soluções transparentes e sem partículas devem ser usadas. Para doentes tratados com filgrastim diluído numa concentração inferior a 1,5 MU (15 microgramas) por ml, deve ser adicionada albumina sérica humana para uma concentração final de 2 mg/ml.
Exemplo: Num volume final de injecção de 20 ml, as doses totais de filgrastim inferiores a 30 MU (300 microgramas) devem ser administradas com 0,2 ml de solução de albumina humana a 200 mg/ml (20%). Quando diluído numa solução para perfusão de glucose a 50 mg/ml (5 %), o filgrastim é compatível com vidro e vários plásticos, incluindo PVC, poliolefina (um co-polímero de polipropileno e polietileno) e polipropileno.

Após diluição: do ponto de vista físico-químico ficou demonstrado a estabilidade durante o uso da solução para perfusão diluída durante 24 horas, quando conservada a temperaturas entre 2 e 8ºC. Do ponto de vista microbiológico, o produto deve ser utilizado imediatamente. Se não for utilizado imediatamente os tempos de conservação durante o uso e as condições de conservação antes do uso são, da responsabilidade do utilizador, e não devem exceder as 24 horas a temperatura entre 2 e 8 ºC, excepto se a diluição tenha sido efectuada em condições controladas e validadas do ponto de vista asséptico.

Anúncio

Substância(s) Filgrastim
Admissão União Europeia (Portugal)
Produtor Hospira UK Ltd.
Narcótica Não
Código ATC L03AA02
Grupo farmacológico Imunoestimulantes

Partilhar

Anúncio

O seu assistente pessoal de medicamentos

afgis-Qualitätslogo mit Ablauf Jahr/Monat: Mit einem Klick auf das Logo öffnet sich ein neues Bildschirmfenster mit Informationen über medikamio GmbH & Co KG und sein/ihr Internet-Angebot: medikamio.com/ This website is certified by Health On the Net Foundation. Click to verify.
Medicamentos

Pesquise aqui a nossa extensa base de dados de medicamentos de A-Z, com efeitos e ingredientes.

Substâncias

Todas as substâncias activas com a sua aplicação, composição química e medicamentos em que estão contidas.

Doenças

Causas, sintomas e opções de tratamento para doenças e lesões comuns.

O conteúdo apresentado não substitui a bula original do medicamento, especialmente no que diz respeito à dosagem e efeito dos produtos individuais. Não podemos assumir qualquer responsabilidade pela exactidão dos dados, uma vez que os dados foram parcialmente convertidos automaticamente. Um médico deve ser sempre consultado para diagnósticos e outras questões de saúde. Mais informações sobre este tópico podem ser encontradas aqui.