Código ATC: J05AJ01

Isentress 25 mg comprimidos para mastigar

Isentress 25 mg comprimidos para mastigar
Substância(s) Raltegravir
Admissão Portugal
Produtor Merck Sharp & Dohme B.V.
Narcótica Não
Data de aprovação 19.12.2007
Status de Dispensação Dispensa por uma farmácia (pública)
Status de prescrição Medicamentos para doseamento único com prescrição médica
Grupo farmacológico Antivirais de ação direta

Titular da autorização

Merck Sharp & Dohme B.V.

Folheto

O que é e como se utiliza?

O que é Isentress Isentress contém a substância ativa raltegravir. Isentress é um medicamento antirretrovírico que atua contra o vírus da imunodeficiência humana (VIH). Este é o vírus que causa a Síndrome de Imunodeficiência Adquirida (SIDA). Como atua Isentress O VIH produz uma enzima chamada integrase do VIH. Esta ajuda o vírus a multiplicar-se nas células do seu organismo. Isentress impede que esta enzima atue. Quando usado com outros medicamentos, Isentress pode reduzir a quantidade de VIH no seu sangue (isto chama-se "carga vírica") e aumentar o número de células CD4 (um tipo de glóbulos brancos que desempenha um importante papel na manutenção de um sistema imunológico saudável para ajudar a combater infeções). Reduzir a quantidade de VIH no sangue pode melhorar o funcionamento do seu sistema imunitário. Isto significa que o seu organismo pode combater melhor a infeção. Quando deve ser utilizado Isentress Isentress é utilizado para o tratamento de quem está infetado por VIH. O seu médico receitou Isentress para ajudar a controlar a sua infeção por VIH.

O que se deve tomar em consideração antes de utilizá-lo?

Não tome Isentress:

se tem alergia ao raltegravir ou a qualquer outro componente deste medicamento (indicados na secção 6).

Advertências e precauções Fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro antes de tomar Isentress. Lembre-se que Isentress não é uma cura para a infeção por VIH. Isto significa que pode continuar a contrair infeções ou outras doenças associadas com o VIH. Deve continuar a consultar o seu médico regularmente enquanto tomar este medicamento. Problemas de saúde mental Informe o seu médico caso tenha história de depressão ou doença psiquiátrica. Foi comunicada depressão, incluindo pensamentos e comportamentos suicidas, em alguns doentes a tomar este medicamento, particularmente em doentes com história prévia de depressão ou doença psiquiátrica. Problemas nos ossos Alguns doentes em terapêutica antirretrovírica combinada podem desenvolver uma doença óssea chamada osteonecrose (morte do tecido ósseo provocada por falta de afluxo de sangue ao osso). A duração da terapêutica antirretrovírica combinada, a utilização de corticosteroides, o consumo de álcool, a redução grave da atividade do sistema imunitário, um índice de massa corporal aumentado, entre outros, podem ser alguns dos inúmeros fatores de risco para o desenvolvimento desta doença. Os sinais de osteonecrose são rigidez, mal-estar e dores nas articulações (especialmente na anca, joelho e ombro) e dificuldade de movimentos. Por favor, informe o seu médico se notar qualquer um destes sintomas. Problemas de fígado Informe o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro se teve anteriormente problemas de fígado, incluindo hepatite B ou C. O seu médico avaliará a gravidade da sua doença de fígado antes de decidir se pode tomar este medicamento. Transmitir VIH a outros A infeção por VIH transmite-se através do contacto com sangue ou por contacto sexual com uma pessoa com VIH. Poderá continuar a transmitir o VIH enquanto toma este medicamento, apesar de se reduzir o risco com uma terapêutica antirretrovírica eficaz. Converse com o seu médico sobre as precauções necessárias para evitar que infete outras pessoas. Infeções Informe imediatamente o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro se notar quaisquer sintomas de infeção, tais como febre, e/ou sensação de mal-estar. Em alguns doentes com infeção por VIH avançada e história de infeção oportunista, podem ocorrer sinais e sintomas de inflamação de infeções anteriores logo após o início do tratamento anti-VIH. Acredita-se que estes sintomas se devem a um aumento da resposta imunológica do organismo, conferindo a este a capacidade de combater infeções que possam ter estado presentes sem sintomas óbvios. Adicionalmente às infeções oportunistas, as doenças autoimunes (uma condição que ocorre quando o sistema imunitário ataca tecidos corporais saudáveis) também podem ocorrer depois de começar a tomar os medicamentos para o tratamento da sua infeção por VIH. As doenças autoimunes podem ocorrer muitos meses após o início do tratamento. Se notar quaisquer sintomas de infeção ou outros sintomas como fraqueza muscular, fraqueza a começar nas mãos e nos pés e dirigindo-se em direção ao tronco, palpitações, tremores ou hiperatividade, informe o seu médico imediatamente para procurar o tratamento necessário.

Problemas musculares Contacte o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro imediatamente se sentir dor, sensibilidade ou fraqueza musculares inexplicáveis enquanto está a tomar este medicamento. Problemas na pele Contacte o seu médico imediatamente se desenvolver uma erupção cutânea. Foram comunicadas em alguns doentes a tomar este medicamento reações cutâneas graves e que colocam a vida em risco, assim como reações alérgicas. Outros medicamentos e Isentress Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar, tiver tomado recentemente, ou se vier a tomar outros medicamentos com ou sem receita médica. Isentress pode interagir com outros medicamentos. Informe o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro se estiver a tomar, tiver tomado recentemente ou se vier a tomar:

  • antiácidos (um agente que contrapõe ou neutraliza o ácido do estômago para ajudar a digestão ou aliviar a azia). Não é recomendado que tome Isentress com determinados antiácidos (os que contêm alumínio e/ou magnésio). Fale com o seu médico sobre que outros antiácidos pode tomar.
  • sais de ferro (para tratar e prevenir deficiência em ferro ou anemia). Deve esperar pelo menos duas horas entre a toma dos sais de ferro e a toma de Isentress, uma vez que estes medicamentos podem diminuir a eficácia de Isentress.
  • rifampicina (um medicamento utilizado para tratar algumas infeções como a tuberculose), pois pode diminuir os seus níveis de Isentress. O seu médico pode considerar aumentar a sua dose de Isentress, caso esteja a tomar rifampicina.

Isentress com alimentos e bebidas Ver secção 3. Gravidez e amamentação Se está grávida ou a amamentar, se pensa estar grávida ou planeia engravidar, consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento.

  • Isentress comprimidos mastigáveis não é recomendado na gravidez porque não foi estudado em mulheres grávidas.
  • As mulheres com VIH não devem amamentar os seus bebés, uma vez que estes poderão ser infetados por VIH através do leite materno. Fale com o seu médico sobre a melhor forma de alimentar o seu bebé.

Caso esteja grávida ou a amamentar, consulte o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro antes de tomar qualquer medicamento. Condução de veículos e utilização de máquinas Não utilize quaisquer ferramentas ou máquinas, conduza nem ande de bicicleta se sentir tonturas após tomar este medicamento. Isentress 25 mg comprimidos para mastigar

Isentress 25 mg comprimidos para mastigar contém frutose Este medicamento contém até 0,54 mg de frutose em cada comprimido. A frutose pode danificar os dentes. Isentress 25 mg comprimidos para mastigar contém sorbitol Este medicamento contém até 1,5 mg de sorbitol (E 420) em cada comprimido. Isentress 25 mg comprimidos para mastigar contém sacarose Este medicamento contém até 3,5 mg de sacarose em cada comprimido para mastigar de 25 mg. A sacarose pode ser prejudicial para os dentes. Se foi informado pelo seu médico que tem intolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento. Isentress 25 mg comprimidos para mastigar contém aspartame Este medicamento contém até 0,47 mg de aspartame (E 951) em cada comprimido para mastigar de 25 mg, que é equivalente a fenilalanina até 0,05 mg. O aspartame é uma fonte de fenilalanina. Pode ser prejudicial se tiver fenilcetonúria (PKU), uma doença genética rara em que a fenilalanina se acumula porque o seu organismo não a consegue remover adequadamente. Isentress 25 mg comprimidos para mastigar contém sódio Este medicamento contém menos do que 1 mmol (23 mg) de sódio por comprimido ou seja, é praticamente “isento de sódio”.

Isentress 100 mg comprimidos para mastigar Isentress 100 mg comprimidos para mastigar contém frutose Este medicamento contém até 1,07 mg de frutose em cada comprimido. A frutose pode danificar os dentes. Isentress 100 mg comprimidos para mastigar contém sorbitol Este medicamento contém até 2,9 mg de sorbitol (E 420) em cada comprimido. Isentress 100 mg comprimidos para mastigar contém sacarose Este medicamento contém até 7 mg de sacarose em cada comprimido para mastigar de 100 mg. A sacarose pode ser prejudicial para os dentes. Se foi informado pelo seu médico que tem intolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento. Isentress 100 mg comprimidos para mastigar contém aspartame Este medicamento contém até 0,93 mg de aspartame (E 951) em cada comprimido para mastigar de 100 mg, que é equivalente a fenilalanina até 0,10 mg. O aspartame é uma fonte de fenilalanina. Pode ser prejudicial se tiver fenilcetonúria (PKU), uma doença genética rara em que a fenilalanina se acumula porque o seu organismo não a consegue remover adequadamente. Isentress 100 mg comprimidos para mastigar contém sódio Este medicamento contém menos do que 1 mmol (23 mg) de sódio por comprimido ou seja, é praticamente “isento de sódio”.

Como é utilizado?

Tome sempre este medicamento exatamente como indicado pelo seu médico, farmacêutico ou enfermeiro. Fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro se tiver dúvidas. Isentress tem de ser utilizado em associação com outros medicamentos para o VIH.

O comprimido para mastigar de 100 mg pode ser dividido em partes iguais. Contudo, deve evitar-se partir os comprimidos sempre que possível.. Qual a quantidade a tomar Dose para crianças com idade compreendida entre os 2 e 11 anos O médico irá determinar a dose correta de comprimidos para mastigar com base na idade e peso da criança. A dose não pode exceder os 300 mg duas vezes por dia. O médico irá informá-lo sobre a quantidade de comprimidos para mastigar que a criança deve tomar. Isentress está também disponível em comprimidos de 400 mg, comprimidos de 600 mg e granulado para suspensão oral. Não alterne entre o comprimido para mastigar, granulado para suspensão oral, comprimido de 600 mg ou comprimido de 400 mg sem falar primeiro com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro. As crianças devem manter consultas médicas regulares dado que a sua dose de Isentress deve ser ajustada à medida que vão ficando mais velhas, crescem e aumentam de peso. O seu médico pode também querer prescrever o comprimido de 400 mg quando for capaz de engolir o comprimido. Pode tomar este medicamento com ou sem alimentos ou bebidas. Se tomar mais Isentress do que deveria Não tome mais comprimidos do que os recomendados pelo seu médico. Se tomar comprimidos a mais, contacte o seu médico. Caso se tenha esquecido de tomar Isentress

  • Se se esquecer de tomar uma dose, tome-a logo que se lembre.
  • No entanto, se já é altura da próxima toma, não tome a dose que se esqueceu de tomar e volte ao esquema habitual.
  • Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Se parar de tomar Isentress É importante que tome Isentress exatamente da forma que o seu médico recomendou. Não altere a dose ou pare de tomar este medicamento sem primeiro falar com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro. Não pare de o tomar porque:

  • É muito importante que tome todos os medicamentos para o VIH tal como receitados e nos horários corretos. Isto pode fazer com que os medicamentos atuem melhor. Isto também diminui a probabilidade dos seus medicamentos deixarem de ser eficazes no combate ao VIH (também chamada "resistência ao medicamento").
  • Quando já tiver pouca quantidade de Isentress, obtenha mais junto do seu médico ou da farmácia. É muito importante que não fique sem medicamento, mesmo por um curto período de tempo. A quantidade de vírus do seu sangue pode aumentar durante uma pequena interrupção da toma do medicamento. Isto pode levar o VIH a desenvolver resistência ao Isentress e tornar- se mais difícil de tratar.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro.

Quais são os possíveis efeitos secundários?

Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos indesejáveis, embora estes não se manifestem em todas as pessoas. Efeitos indesejáveis graves – pouco frequentes (podem afetar até 1 em 100 pessoas)

Consulte o médico imediatamente se notar qualquer um dos seguintes:

  • infeção por herpes incluindo zona
  • anemia, incluindo anemia devida a valores baixos de ferro
  • sinais e sintomas de infeção ou inflamação
  • distúrbio mental
  • ideia ou tentativa de suicídio
  • inflamação do estômago
  • inflamação do fígado
  • falência do fígado
  • erupção cutânea de origem alérgica
  • certos tipos de problemas dos rins
  • ingestão do medicamento em quantidades superiores às recomendadas

Consulte um médico imediatamente, se notar qualquer dos efeitos indesejáveis acima mencionados. Frequentes: podem afetar até 1 em 10 pessoas

  • apetite reduzido
  • dificuldade em dormir; sonhos anormais; pesadelos; comportamento anormal; sentimentos de tristeza profunda e desvalorização pessoal
  • sentir-se tonto; dores de cabeça
  • sensação de andar à roda
  • inchaço; dor abdominal; diarreia; gases excessivos no estômago ou no intestino; mal-estar; vómitos; indigestão; arrotos
  • alguns tipos de erupção cutânea (mais frequente quando utilizado em associação com darunavir);
  • cansaço, cansaço ou fraqueza pouco habituais, febre
  • aumento dos valores relacionados com a função do fígado nas análises ao sangue; glóbulos brancos anormais; aumento dos valores de gordura no sangue; aumento dos valores de enzimas das glândulas salivares ou pâncreas

Pouco frequentes: podem afetar até 1 em 100 pessoas

  • infeção das raízes do cabelo; gripe; infeção da pele causada por vírus; vómitos ou diarreia devido a agente infecioso; infeção do trato respiratório superior; abcesso dos nódulos linfáticos
  • verrugas
  • dor nos nódulos linfáticos; contagem baixa dos glóbulos brancos que combatem a infeção; glândulas inchadas no pescoço, axilas e virilhas
  • reação alérgica
  • aumento do apetite; diabetes; aumento do colesterol e dos lípidos no sangue; aumento dos níveis de açúcar no sangue, sede excessiva; redução de peso acentuada; valores de gordura elevados (como colesterol e triglicéridos) no sangue; distúrbio na gordura corporal
  • sensação de ansiedade; sensação de confusão; humor depressivo; alterações do humor; ataques de pânico
  • perda de memória; dor na mão devido a compressão dos nervos; distúrbios na atenção; tonturas causadas por alterações rápidas da postura; paladar alterado; aumento da sonolência; falta de energia; esquecimento; enxaqueca; dor de cabeça; perda de sensibilidade; dormência ou fraqueza nos braços e/ou pernas; formigueiro; sonolência; dor de cabeça devida a tensão; tremores; sono de má qualidade
  • distúrbios visuais
  • zumbidos, sibilos, assobios, zunidos ou outros sons persistentes nos ouvidos
  • palpitações; batimentos cardíacos lentos; batimentos cardíacos rápidos ou irregulares
  • rubor acompanhado por calor; tensão arterial elevada
  • voz áspera, estridente ou tensa; hemorragia nasal; congestão nasal
  • dor no abdómen superior; desconforto retal; prisão de ventre; boca seca; azia; dor ao engolir; inflamação do pâncreas; úlcera ou inflamação no estômago ou na parte superior do intestino;

hemorragia no ânus; desconforto no estômago; inflamação das gengivas; inchaço, vermelhidão e dor na língua

  • acumulação de gordura no fígado
  • acne; perda de cabelo ou enfraquecimento do cabelo fora do habitual; vermelhidão na pele; distribuição pouco habitual da gordura no corpo, o que pode incluir perda de gordura das pernas, braços e face, e aumento da gordura abdominal; suores excessivos; suores noturnos; espessamento e comichão da pele causada pelo ato repetido de arranhar; lesão da pele; pele seca
  • dor nas articulações; doença das articulações dolorosa; dor nas costas; dor nos ossos/músculos; rigidez ou fraqueza nos músculos; dor no pescoço; dor nos braços ou nas pernas; inflamação dos tendões; diminuição da quantidade de minerais no osso
  • pedra nos rins; micção noturna; quistos nos rins
  • disfunção erétil; aumento do peito nos homens; sintomas de menopausa
  • desconforto no peito; arrepios; inchaço da face; sensação de agitação; sensação de mal-estar geral; massa no pescoço; inchaço das mãos, tornozelos ou pés; dor
  • diminuição do número de glóbulos brancos no sangue; diminuição do número de plaquetas no sangue (um tipo de células que ajuda a coagulação do sangue); análises ao sangue demonstrativas da diminuição da função dos rins; valores elevados de açúcar no sangue; valor aumentado de enzimas musculares no sangue; presença de açúcar na urina; presença de glóbulos vermelhos na urina; aumento de peso; aumento do tamanho da cintura; diminuição da proteína do sangue (albumina); aumento do tempo de coagulação do sangue

Efeitos indsejáveis adicionais em crianças e adolescentes

hiperatividade

Comunicação de efeitos indesejáveis Se tiver quaisquer efeitos indesejáveis, incluindo possíveis efeitos indesejáveis não indicados neste folheto, fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro. Também poderá comunicar efeitos indesejáveis diretamente através do sistema nacional de notificação mencionado no Apêndice V. Ao comunicar efeitos indesejáveis, estará a ajudar a fornecer mais informações sobre a segurança deste medicamento.

Como deve ser guardado?

  • Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.
  • Não utilize este medicamento após o prazo de validade impresso no frasco, após EXP. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.
  • Manter o frasco bem fechado, com o exsicante (agente secante) para proteger da humidade. Não engolir o exsicante.
  • O medicamento não necessita de quaisquer precauções especiais de conservação antes da quebra do selo de segurança.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.

Mais informações

Qual a composição de Isentress A substância ativa é o raltegravir. Comprimidos para mastigar de 25 mg: Cada comprimido para mastigar contém 25 mg de raltegravir (como potássio). Os outros componentes são: hidroxipropilcelulose, sucralose, sacarina sódica, citrato de sódio di- hidratado, manitol (E 421), óxido de ferro amarelo, glicirrizinato de monoamónio, sorbitol (E 420), frutose, aromas naturais e artificiais (laranja, banana e aroma para mascarar o sabor), aspartame (E 951), sacarose, crospovidona Tipo A, estearato de magnésio, fumarato sódico de estearilo, etilcelulose 20cP, hidróxido de amónia, triglicéridos de cadeia média, ácido oleico, hipromelose 2910/6cP, e macrogol/PEG 400. Comprimidos para mastigar de 100 mg: Cada comprimido para mastigar contém 100 mg de raltegravir (como potássio). Os outros componentes são: hidroxipropilcelulose, sucralose, sacarina sódica, citrato de sódio di- hidratado, manitol (E 421), óxido de ferro vermelho, óxido de ferro amarelo, glicirrizinato de monoamónio, sorbitol (E 420), frutose, aromas naturais e artificiais (laranja, banana e aroma para mascarar o sabor), aspartame (E 951), sacarose, crospovidona Tipo A, estearato de magnésio, fumarato sódico de estearilo, etilcelulose 20cP, hidróxido de amónia, triglicéridos de cadeia média, ácido oleico, hipromelose 2910/6cP, e macrogol/PEG 400. Qual o aspeto de Isentress e conteúdo da embalagem Comprimidos para mastigar de 25 mg: O comprimido para mastigar com aroma de laranja-banana é redondo e amarelo pálido, com o logótipo corporativo da MSD gravado numa face e “473” gravado na face oposta.

Está disponível uma apresentação: 1 frasco com 60 comprimidos. O frasco contém exsicante. Comprimidos para mastigar de 100 mg: O comprimido para mastigar com aroma de laranja-banana tem forma oval, é cor-de-laranja claro, com ranhura em ambas as faces e com o logótipo corporativo da MSD e "477" gravados numa das faces e sem gravação na face oposta. Está disponível uma apresentação: 1 frasco com 60 comprimidos. O frasco contém exsicante. Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante Merck Sharp & Dohme B.V. Waarderweg 39 2031 BN Haarlem Países Baixos Para quaisquer informações sobre este medicamento, queira contactar o representante local do Titular da Autorização de Introdução no Mercado:

België/Belgique/BelgienLietuva
MSD BelgiumUAB Merk Sharp & Dohme
Tél/Tel: +32(0)27766211Tel.: +370 5 278 02 47
dpoc_belux@merck.commsd_lietuva@merck.com

България

Мерк Шарп и Доум България ЕООД

Тел.: +359 2 819 3737 info-msdbg@merck.com

Česká republika

Merck Sharp & Dohme s.r.o. Tel.: +420 233 010 111 dpoc_czechslovak@merck.com Danmark MSD Danmark ApS Tlf: +45 4482 4000 dkmail@merck.com Deutschland MSD Sharp & Dohme GmbH Tel: 0800 673 673 673 (+49 (0) 89 4561 0) e-mail@msd.de Eesti Merck Sharp & Dohme OÜ Tel.: +372 6144 200 msdeesti@merck.com Ελλάδα

MSD Α.Φ.Β.Ε.Ε.

Τηλ: + 30 210 98 97 300

dpoc_greece@merck.com España Merck Sharp & Dohme de España, S.A. Tel: +34 91 321 06 00 msd_info@merck.com France MSD France Tél: + 33 (0) 1 80 46 40 40 Hrvatska Merck Sharp & Dohme d.o.o. Tel: + 385 1 6611 333 croatia_info@merck.com Ireland Merck Sharp & Dohme Ireland (Human Health) Limited Tel: +353 (0)1 2998700 medinfo_ireland@merck.com Ísland Vistor hf. Sími: +354 535 7000

Luxembourg/Luxemburg MSD Belgium Tél/Tel: +32(0)27766211 dpoc_belux@merck.com Magyarország MSD Pharma Hungary Kft. Tel.: +36 1 888 53 00 hungary_msd@merck.com Malta Merck Sharp & Dohme Cyprus Limited Tel: 8007 4433 (+356 99917558) malta_info@merck.com Nederland Merck Sharp & Dohme B.V. Tel: 0800 9999000 (+ 31 23 5153153) medicalinfo.nl@merck.com Norge MSD (Norge) AS Tlf: +47 32 20 73 00 msdnorge@msd.no Österreich Merck Sharp & Dohme Ges.m.b.H Tel: +43 (0) 1 26 044 msd-medizin@merck.com Polska MSD Polska Sp.z o.o. Tel.: +48 22 549 51 00 msdpolska@merck.com Portugal Merck Sharp & Dohme, Lda Tel: +351 21 4465700 inform_pt@merck.com România Merck Sharp & Dohme Romania S.R.L. Tel: + 40 21 529 29 00 msdromania@merck.com Slovenija Merck Sharp & Dohme, inovativna zdravila d.o.o. Tel: + 386 1 5204201 msd_slovenia@merck.com Slovenská republika Merck Sharp & Dohme, s. r. o. Tel.: +421 2 58282010 dpoc_czechslovak@merck.com

Italia MSD Italia S.r.l. Tel: +39 06 361911 medicalinformation.it@merck.com Κύπρος

Merck Sharp & Dohme Cyprus Limited Τηλ: 800 00 673 (+357 22866700) cyprus_info@merck.com

Latvija SIA Merck Sharp & Dohme Latvija Tel: +371 67364 224 msd_lv@merck.com

Suomi/Finland MSD Finland Oy Puh/Tel: +358 (0) 9 804 650 info@msd.fi Sverige Merck Sharp & Dohme (Sweden) AB Tel: + 46 77 5700488 medicinskinfo@merck.com United Kingdom (Northern Ireland) Merck Sharp & Dohme Ireland (Human Health) Limited Tel: +353 (0)1 2998700 medinfoNI@msd.com

Este folheto foi revisto pela última vez em <{MM/AAAA}><{mês de AAAA}.> Está disponível informação pormenorizada sobre este medicamento no sítio da internet da Agência Europeia de Medicamentos: http://www.ema.europa.eu.

Substância(s) Raltegravir
Admissão Portugal
Produtor Merck Sharp & Dohme B.V.
Narcótica Não
Data de aprovação 19.12.2007
Status de Dispensação Dispensa por uma farmácia (pública)
Status de prescrição Medicamentos para doseamento único com prescrição médica
Grupo farmacológico Antivirais de ação direta

Partilhar

O seu assistente pessoal de medicamentos

afgis-Qualitätslogo mit Ablauf Jahr/Monat: Mit einem Klick auf das Logo öffnet sich ein neues Bildschirmfenster mit Informationen über Medikamio GmbH & Co KG und sein/ihr Internet-Angebot: medikamio.com/ This website is certified by Health On the Net Foundation. Click to verify.
Medicamentos

Pesquise aqui a nossa extensa base de dados de medicamentos de A-Z, com efeitos e ingredientes.

Substâncias

Todas as substâncias activas com a sua aplicação, composição química e medicamentos em que estão contidas.

Doenças

Causas, sintomas e opções de tratamento para doenças e lesões comuns.

O conteúdo apresentado não substitui a bula original do medicamento, especialmente no que diz respeito à dosagem e efeito dos produtos individuais. Não podemos assumir qualquer responsabilidade pela exactidão dos dados, uma vez que os dados foram parcialmente convertidos automaticamente. Um médico deve ser sempre consultado para diagnósticos e outras questões de saúde. Mais informações sobre este tópico podem ser encontradas aqui.