Amloratio

Código ATC
C08CA01
Amloratio

Ratiopharm - Comércio e Indústria de Produtos Farmacêuticos, Lda.

Substância(s)
Amlodipina
Narcótica
Não
Grupo farmacológico Bloqueadores seletivos dos canais de cálcio com efeitos principalmente vasculares

Anúncio

Tudo para saber

Titular da autorização

Ratiopharm - Comércio e Indústria de Produtos Farmacêuticos, Lda.

O que é e como se utiliza?

A substância activa do Amloratio, 10 mg, comprimidos é a amlodipina, uma substância indicada para o tratamento da pressão arterial elevada e a dor no peito provocada por défice de oxigénio no músculo cardíaco (angina de peito). A amlodipina é um antagonista do cálcio que inibe o seu acesso a certas células do músculo cardíaco e dos tecidos musculares vasculares lisos. Este mecanismo reduz a tensão das células musculares e, em consequência, melhora a circulação nas artérias e reduz a pressão arterial. O efeito redutor da pressão arterial prolonga-se por 24 horas após a administração do comprimido. O Amloratio, 10 mg, comprimidos, pode ser usada isoladamente ou em associação com outros fármacos redutores da pressão arterial. O Amloratio, 10 mg, comprimidos provoca uma dilatação das artérias cardíacas e de outras partes do corpo. Este efeito reduz a quantidade de esforço cardíaco e melhora o fornecimento de oxigénio. O Amloratio, 10 mg, comprimidos pode ser usada isoladamente ou em associação com outros fármacos usados no tratamento da angina de peito.

Anúncio

O que se deve tomar em consideração antes de utilizá-lo?

Não tome Amloratio, 10 mg, comprimidos:

  • Se for hipersensível (alérgico) à amlodipina, qualquer outra di-hidropiridina (e.g. nifedipina ou felodipina) ou a qualquer dos componentes da preparação.
  • Se sofrer de hipotensão grave e choque
  • Se sofrer de insuficiência cardíaca após enfarte agudo do miocárdio (durante os primeiros 28 dias)
  • Se sofrer de obstrução infundibular ventricular esquerda
  • Se sofrer de angina de peito instável

Deve ter especial precaução na toma de Amloratio, 10 mg, comprimidos:

  • Se sofrer de insuficiência hepática
  • Se tiver insuficiência cardíaca
  • Se tiver insuficiência hepática
  • Se for idoso

Gravidez e aleitamento

O medicamento não deve ser usado durante a gravidez ou a aleitação, salvo quando prescrito pelo médico. No caso de engravidar durante o tratamento com Amloratio, 10 mg, comprimidos contacte imediatamente o seu médico assistente.

Condução e uso de máquinas:

Os efeitos indesejáveis provocados pela amlodipina (tonturas, cefaleias, fadiga e náusea) podem afectar negativamente a capacidade de condução e utilização de máquinas.

Interacção com outros medicamentos:

Muitas substâncias activas podem afectar a eficácia da amlodipina. Consequentemente, deverá informar o seu médico sobre quaisquer medicamentos que esteja a tomar, ou tenha tomado recentemente, mesmo que não tenham sido prescritos.

A amlodipina foi utilizada com eficácia como monoterapia e em combinação com outros medicamentos; no entanto, pode potenciar a actividade de outros agentes anti-hipertensores (tais como beta bloqueantes, inibidores da ECA e diuréticos).

Deve usar-se de precaução na combinação de amlodipina e inibidores ou indutores da enzima CYP3A4.

Como é utilizado?

Quando tomar Amloratio, 10 mg, comprimidos siga exactamente as instruções do seu médico. A dose inicial e tratamento habituais são 5 mg uma vez ao dia, podendo aumentar-se a dose até ao máximo de 10 mg diárias de uma só vez. No caso de estar a tomar ao mesmo tempo determinados medicamentos, ou se sofrer de insuficiência hepática, o seu médico poderá prescrever uma dose mais baixa que a normal.

Tomar Amloratio, 10 mg, comprimidos com líquidos:

Os comprimidos devem ser tomados com um copo de água fora das refeições.

Amloratio 10 mg comprimidos

Segurar o comprimido com ambos os polegares de cada lado da ranhura. Aplicar uma ligeira pressão para partir o comprimido em duas metades.

Se o efeito de Amloratio, 10 mg, comprimidos , lhe parecer demasiado forte ou demasiado fraco informe

  • seu médico ou farmacêutico.

O Amloratio, 10 mg, comprimidos não está recomendado em crianças (menos de 12 anos de idade).

No caso de tomar mais compridos de Amloratio, 10 mg, comprimidos do que devia:No caso de ter tomado mais comprimidos do que devia informe o seu médico.
No caso de sobredosagem pode ocorrer hipotensão sistémica.
A hipotensão clinicamente significativa devida a sobredosagem de amlodipina requer monitorização das funções cardíaca e respiratória, elevação das extremidades, devendo também prestar-se atenção ao volume de fluido circulante e ao débito urinário.
A administração de um vasocompressor ou de gluconato de cálcio pode ser benéfica.
Em alguns casos a lavagem gástrica ou o uso de carvão activado podem ser úteis.

Se se esqueceu de tomar o Amloratio, 10 mg, comprimidos:

Nunca tome uma dose dupla de comprimidos para compensar a dose que se esqueceu de tomar.

Quais são os possíveis efeitos secundários?

Como acontece com outros medicamentos, o Amloratio, 10 mg, comprimidos pode ter efeitos secundários.
O edema do tornozelo é um efeito secundário muito frequente.
Os efeitos indesejáveis frequentes da amlodipina são cefaleias, fadiga, tonturas, astenia; palpitações; náusea, dispepsia, dor abdominal; rubor facial .

Outros efeitos indesejáveis pouco frequentes incluem: Ginecomastia, mal-estar, boca seca, tremor, parestesia, aumento da sudação, distúrbios da visão, distúrbios do sono, irritabilidade, depressão, síncope, taquicardia e dor no peito, hipotensão, dispneia, rinite, vómitos, diarreia, obstipação, hiperplasia gengival, exantema, prurido, urticária, alopécia, descoloração cutâneas, cãibras musculares, dor nas costas, mialgia e artralgia, aumento da frequência urinária, impotência, aumento ou redução de peso.

Os efeitos indesejáveis raros são: confusão, mudanças de humor, ansiedade, elevação das enzimas hepáticas, icterícia, hepatite.

Os efeitos muito raros são: Leucocitopenia, trombocitopenia, Hiperglicemia, Neuropatia periférica, Vasculite, Tosse, Gastrite, Pancreatite, angioedema, reacções alérgicas, prurido, exantema, angioedema e eritema exsudativo multiforme, dermatite esfoliativa, síndroma de Stevens-Johnson e edema de Quincke.

Caso ocorram outros efeitos indesejáveis não mencionados neste folheto, contacte o seu médico ou farmacêutico.

Como deve ser guardado?

Conservar na embalagem de origem.

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não utilize Amloratio, 10 mg, comprimidos após expirar o prazo de validade indicado no blister e na embalagem exterior.

Mais informações

Para quaisquer outras informações sobre este medicamento contacte o Titular da Autorização de Introdução no Mercado.

Este folheto foi elaborado em

O seu assistente pessoal de medicamentos

Medicamentos

Pesquise aqui a nossa extensa base de dados de medicamentos de A-Z, com efeitos e ingredientes.

Substâncias

Todas as substâncias activas com a sua aplicação, composição química e medicamentos em que estão contidas.

Doenças

Causas, sintomas e opções de tratamento para doenças e lesões comuns.

O conteúdo apresentado não substitui a bula original do medicamento, especialmente no que diz respeito à dosagem e efeito dos produtos individuais. Não podemos assumir qualquer responsabilidade pela exactidão dos dados, uma vez que os dados foram parcialmente convertidos automaticamente. Um médico deve ser sempre consultado para diagnósticos e outras questões de saúde. Mais informações sobre este tópico podem ser encontradas aqui.

This website is certified by Health On the Net Foundation. Click to verify.