Ipramol

Código ATC
R03AL02
Ipramol

Produtor: Teva Pharma - Produtos Farmacêuticos

Admissão: Portugal

Medicamentos padrão Humano
Narcótica
Não
Data de aprovação 22.11.2007
Grupo farmacológico Adrenérgicos, inalantes

Anúncio

Tudo para saber

Titular da autorização

Teva Pharma - Produtos Farmacêuticos

O que é e como se utiliza?

O seu medicamento chama-se Ipramol. As substâncias activas são brometo de ipratrópio e salbutamol. Brometo de ipratrópio e salbutamol pertencem ambos ao grupo de medicamentos designados por broncodilatadores que melhoram a sua respiração abrindo a vias respiratórias. Esta situação é conseguida prevenindo a contracção do músculo liso em redor das vias respiratórias, permitindo que estas permaneçam abertas. O brometo de ipratrópio bloqueia o sinal nervoso que vai para os músculos que rodeiam as vias respiratórias, e o salbutamol estimula os receptores beta 2 dos músculos.

Ipramol é utilizado no tratamento de problemas respiratórios em pessoas com problemas respiratórios prolongados provocados pelo bloqueio das vias respiratórias (tais como bronquite crónica, enfisema e asma). Ipramol alivia a respiração ofegante, respiração curta e aperto no peito.

2. ANTES DE UTILIZAR Ipramol Não utilize Ipramol

  • se sofre de ritmo cardíaco anormal, incluindo ritmos rápido e palpitações; se tem conhecimento que possui um coração grande ou uma condição conhecida como cardiomiopatia obstrutiva hipertrófica;
  • se tem alergia (hipersensibilidade) ao salbutamol, brometo de ipratrópio ou atropina (incluindo fármacos similares à atropina) ou a qualquer outro componente de Ipramol.

Tome especial cuidado com Ipramol

APROVADO EM 01-09-2009 INFARMED

  • se sofre ou pensa sofrer de uma condição ocular designada por glaucoma (aumento da pressão ocular) ou se sofre de qualquer outra doença dos olhos. O seu médico pode aconselhá-lo para proteger os seus olhos quando utiliza Ipramol;
  • se é homem e tem conhecimento que tem a próstata aumentada ou se tem problemas em urinar;
  • se teve recentemente um ataque cardíaco (enfarte do miocárdio); se tem problemas com as suas artérias ou tem dores nas pernas quando caminha;
  • se tem história de doença cardíaca, ritmo cardíaco irregular ou angina (por favor informe o seu médico antes de tomar este medicamento).
  • se tem diabetes;
  • se tem hiperactividade da glândula tiróide;
  • se sofre de fibrose quística;
  • se foi informado que tem um tumor da glândula supra-renal.

Antes de começar o tratamento com Ipramol informe o seu médico se apresenta alguma das situações acima mencionadas.

Ao utilizar Ipramol com outros medicamentos

Certos medicamentos podem interagir com Ipramol e podem agravar os seus possíveis efeitos secundários ou reduzir o efeito de Ipramol.

Deve sempre informar o seu médico se estiver a tomar algum dos seguintes medicamentos:

  • outros medicamentos para a asma, incluindo inaladores e comprimidos para a asma e incluindo tratamentos para aliviar como salbutamol ou para prevenir como dipropionato de beclometasona, podem aumentar o efeito de Ipramol e aumentar a gravidade dos efeitos secundários;
  • bloqueadores beta (i.e. medicamentos que são normalmente utilizados para tratar doenças cardíacas como dor no peito que ocorre após exercício (designada por angina de peito), batimento cardíaco irregular ou arritmias, e pressão arterial elevada (designada por hipertensão). Incluem fármacos como propranolol, que podem causar diminuição dos níveis sanguíneos de potássio quando administrados em simultâneo com o Ipramol;
  • certos medicamentos utilizados no tratamento da depressão (tais antidepressivos são fármacos prescritos para doentes que sofrem de depressão e ansiedade). Esta classe de fármacos inclui medicamentos como inibidores da monoaminoxidase (por ex. fenelzina) ou antidepressivos triciclicos (por ex. amitriptilina);
  • digoxina (para problemas cardíacos) pode provocar problemas no ritmo cardíaco quando administrada com Ipramol;
  • diuréticos podem potenciar o bloqueio das vias urinárias;
  • esteróides em comprimidos (estes medicamentos são utilizados para reduzir os processos inflamatórios no organismo e incluem fármacos como a prednisolona) que podem aumentar o bloqueio das vias respiratórias;
  • agentes anestésicos podem aumentar a susceptibilidade dos efeitos do salbutamol no coração – deve ser monitorizado cuidadosamente ou o seu médico pode decidir interromper o Ipramol se for operado.
    Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.
    Se for realizar uma anestesia geral num hospital, informe o anestesista de quais os medicamentos que toma.

Ao utilizar Ipramol com alimentos e bebidas

Os alimentos e bebidas não têm influência no Ipramol.

APROVADO EM 01-09-2009 INFARMED

Gravidez e aleitamento

Informe o seu médico ou farmacêutico se está grávida, pensa que está grávida ou pretende engravidar ou se está a amamentar.

Ipramol não deve ser utilizado durante a gravidez ou aleitamento excepto se o seu médico decidir que o benefício para a mãe é superior ao risco para o bebé.

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas

O medicamento não tem ou é desprezível a sua influência sobre a capacidade e utilizar máquinas.

3. COMO UTILIZAR Ipramol

Ipramol destina-se a utilização por via inalatória. A solução, após nebulização destina-se a inalação oral.

Utilize Ipramol sempre de acordo com as instruções do médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

A dose habitual para adultos e crianças com mais de 12 anos é o conteúdo de uma ampola 3 ou 4 vezes por dia.

Os doentes idosos devem utilizar a dose habitual do adulto.

Ipramol não está recomendado para crianças com idade inferior a 12 anos. O rótulo indica quanto tomar e com que frequência o deve fazer.

Nunca utilize mais produto do que o recomendado pelo seu médico. Informe o seu médico se os seus problema respiratórios se agravarem ou se o medicamento não lhe alivia os problemas respiratórios ou se está a utilizar o inalador de acção curta mais vezes que o habitual.

Instruções de utilização

- Prepare o nebulizador seguindo as instruções do fabricante e de acordo com o conselho do seu médico.

- Separe cuidadosamente uma nova ampola da fita torcendo e puxando. Nunca use uma ampola que já tenha sido aberta ou se a solução está descolorada

- Abra a ampola rodando a extremidade, tendo sempre o cuidado de manter a ampola na posição vertical

APROVADO EM 01-09-2009 INFARMED

  • Transfira todo o conteúdo da ampola para o interior da câmara de nebulização
  • Prepare o nebulizador e utilize de acordo com as instruções do seu médico e do fabricante do nebulizador.
  • Após utilizar o nebulizador, rejeite a solução que ficou no reservatório do nebulizador. Qualquer solução não utilizada na ampola aberta deverá ser rejeitada.
  • Após a nebulização limpe o nebulizador de acordo com as instruções do fabricante. É importante que mantenha o nebulizador limpo
    Não dilua a solução ou misture com outros medicamentos excepto se por indicação do seu médico.
    As ampolas de Ipramol não contêm conservantes sendo importante que o seu conteúdo seja utilizado logo após a abertura. Uma nova ampola de Ipramol deve ser sempre usada em cada nebulização.
    Ampolas usadas parcialmente, abertas ou danificadas devem ser eliminadas. Nunca deve usar uma ampola que já tenha sido aberta.
    É importante que siga as estas instruções para evitar qualquer contaminação da solução de nebulização nas ampolas.
    Não engula a solução nem utiliza como injectável.
    Não deixe que a solução ou a mistura entre nos seus olhos.

Se utilizar mais Ipramol do que deveria

Se tomar uma dose superior à recomendada, pode sentir um aumento dos batimentos cardíacos (palpitações) ou tremores. Outros sintomas podem incluir dor no peito, alterações na pressão sanguínea, rubor, agitação e tonturas. Estes efeitos desaparecem normalmente após algumas horas. O nível de potássio no sangue pode descer e o seu médico pode querer controlar esse valor com frequência através de análises de sangue. Informe o seu médico se está preocupado com algum destes sintomas ou se eles persistem.

Se tomou mais medicamento do que deveria, deve informar o sei médico imediatamente ou dirigir-se ao hospital mais próximo. Se necessitar de consultar o seu médico ou dirigir-se a um hospital, deve levar consigo os seus medicamentos nas suas embalagens originais, se possível. Leve consigo este folheto informativo para mostrar ao seu médico.

Caso se tenha esquecido de utilizar Ipramol

APROVADO EM 01-09-2009 INFARMED

Se se esqueceu de tomar uma dose, tome assim que se lembrar. Não tome duas doses em simultâneo.

Se parar de utilizar Ipramol

Não deve deixar de tomar Ipramol sem consultar anteriormente seu médico.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS

Como todos os medicamentos, Ipramol pode causar efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas. Alguns destes efeitos secundários podem ser graves necessitar de intervenção médica.

Efeitos Secundários Graves

Se a sua asma ou respiração ofegante piorar, imediatamente após a inalação de Ipramol solução para inalação por nebulização, ou se tiver maior dificuldade em respirar ou começar a ter respirações mais curtas não tome mais Ipramol e utilize o seu inalador de acção curta imediatamente.

Deve descontinuar Ipramol e contactar o seu médico imediatamente. O seu médico pode prescrever um tratamento alternativo para o seu estado.

Se sentir dor ou desconforto ocular, visão turva ou olhos vermelhos, ou se vir círculos ou pontos coloridos, deve contactar o seu médico imediatamente, uma vez que necessita de tratamento para estes sintomas.

Se pensa que pode ser alérgico ao Ipramol Solução para inalação por nebulização ou se pensa que está a ter uma reacção alérgica à solução, deve interromper imediatamente Ipramol e contactar o seu médico.

Uma redução do nível de potássio no sangue (hipocaliemia) pode ocorrer devido ao componente salbutamol presente no Ipramol, podendo provocar fraqueza muscular, contracção muscular e ritmo cardíaco anormal. Esta situação pode ocorrer com mais frequência se está a tomar Ipramol com outros medicamentos para tratamento da asma, com esteróides inalados ou em comprimidos ou com diuréticos. O seu médico pode necessitar de efectuar análises de sangue para medir o nível de potássio com alguma frequência.

Frequência de ocorrência dos efeitos secundários

Efeitos secundários frequentes (afectam mais de 1 em cada 10 doentes) incluem dores de cabeça, palpitações ou batimento cardíaco rápido, boca seca, náuseas (sensação de mal estar), tosse, dificuldades em falar, e problemas de visão turva.

Efeitos secundários pouco frequentes (afectam menos de 1 em cada 100 doentes) incluem tonturas, aumento da pressão sanguínea, batimento cardíaco muito rápido ou anormal, sensação de nervosismo, vómitos, tremores e dificuldade em urinar.

Efeitos secundários raros (afectam menos de 1 em cada 1000 doentes) incluindo reacções anafilácticas (alérgicas) incluindo inchaço (que pode afectar a língua, lábios e face), dificuldades em respirar e respiração curta, sudação, rubor, redução da pressão arterial, irritação da boca e garganta, distúrbios no estômago e intestinos, prurido, erupção cutânea, dores e fraqueza muscular e cãibras, agitação, distúrbios de memória, ansiedade, depressão, hiperactividade em crianças e dor nos olhos e outros problemas oculares incluindo visão turva, midríase (dilatação excessiva da pupila) e glaucoma (aumento da pressão ocular).

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

APROVADO EM 01-09-2009 INFARMED

Anúncio

Como deve ser guardado?

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não utilize Ipramol após o prazo de validade impresso na embalagem exterior. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Manter o Ipramol na embalagem original para proteger da luz. Não congelar.

Não utilize Ipramol se verificar que a solução está descolorada ou turva.

Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita. Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.

6. OUTRAS INFORMAÇÕES

Qual a composição de Ipramol

Cada ampola Ipramol com 2,5 ml contém:

  • As substâncias activas são 0,5 mg de brometo de ipratrópio e 2,5 mg de salbutamol (como sulfato)
  • Os outros componente são cloreto de sódio, água para preparações injectáveis, ácido clorídrico diluído.
    Qual o aspecto de Ipramol e conteúdo da embalagem
    Ipramol consiste em ampolas de plástico contendo uma solução límpida. Tiras de 5 ampolas são embaladas em folhas de alumínio que por sua vez estão acondicionadas em caixas de cartão contendo 20 ou 60 ampolas.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado

Teva Pharma – Produtos Farmacêuticos, Lda.

Lagoas Park, Edifício 1, Piso 3

2740-264 Porto Salvo

Fabricante

IVAX Pharmaceuticals UK, Preston Brook, Runcorn, Cheshire, WA7 3FA, UK

Este medicamento encontra-se autorizado nos Estados Membros do Espaço Económico Europeu (EEE) sob as seguintes denominações:

ÁustriaIpramol Steri-Neb 0.5mg / 2.5mg per 2.5ml Lösung für einen VerneblerBélgica AlemanhaNebu-Iprasal 0,5 mg/2,5 mg verneveloplossing Ipramol TEVA 0,5 mg + 2,5 mg /2,5 ml Steri-Neb Lösung für einen VerneblerDinamarcaIpramol Steri-Neb 0.5mg / 2.5mg per 2.5ml Nebuliser SolutionGréciaIpramol Steri-Neb 0.5mg / 2.5mg per 2.5ml Nebuliser SolutionHúngriaIpramol Steri-Neb 0.5 mg/2,5 mg per 2.5 ml oldat porlasztasraItáliaIpramol 0.5mg / 2.5mg per 2.5ml Soluzione da nebulizzareLuxemburgoNebu-Iprasal 0,5 mg/2,5 mg solution pour inhalation par nébuliseurLetónia PolóniaIpramol Steri-Neb 0.5mg / 2.5mg per 2.5ml Nebuliser Solution Ipramol Steri-Neb
ÁustriaIpramol Steri-Neb 0.5mg / 2.5mg per 2.5ml Lösung für einen VerneblerBélgica AlemanhaNebu-Iprasal 0,5 mg/2,5 mg verneveloplossing Ipramol TEVA 0,5 mg + 2,5 mg /2,5 ml Steri-Neb Lösung für einen VerneblerDinamarcaIpramol Steri-Neb 0.5mg / 2.5mg per 2.5ml Nebuliser SolutionGréciaIpramol Steri-Neb 0.5mg / 2.5mg per 2.5ml Nebuliser SolutionHúngriaIpramol Steri-Neb 0.5 mg/2,5 mg per 2.5 ml oldat porlasztasraItáliaIpramol 0.5mg / 2.5mg per 2.5ml Soluzione da nebulizzareLuxemburgoNebu-Iprasal 0,5 mg/2,5 mg solution pour inhalation par nébuliseurLetónia PolóniaIpramol Steri-Neb 0.5mg / 2.5mg per 2.5ml Nebuliser Solution Ipramol Steri-Neb

Este folheto foi revisto pela última vez em

Última actualização: 18.08.2022

Fonte: Ipramol - Inserção da embalagem

O seu assistente pessoal de medicamentos

Medicamentos

Pesquise aqui a nossa extensa base de dados de medicamentos de A-Z, com efeitos e ingredientes.

Substâncias

Todas as substâncias activas com a sua aplicação, composição química e medicamentos em que estão contidas.

Doenças

Causas, sintomas e opções de tratamento para doenças e lesões comuns.

O conteúdo apresentado não substitui a bula original do medicamento, especialmente no que diz respeito à dosagem e efeito dos produtos individuais. Não podemos assumir qualquer responsabilidade pela exactidão dos dados, uma vez que os dados foram parcialmente convertidos automaticamente. Um médico deve ser sempre consultado para diagnósticos e outras questões de saúde. Mais informações sobre este tópico podem ser encontradas aqui.

This website is certified by Health On the Net Foundation. Click to verify.