Atenolol Mylan

Código ATC
C07AB03
Atenolol Mylan

Mylan

Medicamentos padrão Humano
Substância(s)
Atenolol
Narcótica
Não
Data de aprovação 19.02.2001
Grupo farmacológico Agentes de bloqueio beta

Anúncio

Tudo para saber

Titular da autorização

Mylan

O que é e como se utiliza?

Atenolol Mylan contém um medicamento chamado atenolol. Este pertence a um grupo de medicamentos designados bloqueadores beta.

Atenolol Mylan é usado para:

  • tratar a pressão arterial elevada (hipertensão).
  • tratar os batimentos cardíacos irregulares (arritmias).
  • ajudar a prevenir a dor no peito (angina).
  • proteger o coração no tratamento precoce após um ataque cardíaco (enfarte do miocárdio).

Este medicamento atua fazendo com que o seu coração bata mais lentamente e com menos força.

Anúncio

O que se deve tomar em consideração antes de utilizá-lo?

  • se tem alergia ao atenolol ou a qualquer outro componente deste medicamento (indicados na secção 6);
  • se teve alguma vez algum dos seguintes problemas cardíacos:
  • insuficiência cardíaca não controlada (provoca geralmente falta de ar e inchaço dos tornozelos);
  • bloqueio cardíaco de segundo ou terceiro grau (uma situação que pode ser tratada com um pacemaker);
  • batimentos cardíacos muito lentos ou irregulares, pressão arterial muito baixa ou má circulação;
  • se tem um tumor chamado feocromocitoma que não está a ser tratado. Geralmente, este está localizado próximo do seu rim e pode provocar subida da pressão arterial. Se está a ser tratado para feocromocitoma, o seu médico irá indicar-lhe outro medicamento, chamado bloqueador-alfa, para que tome tal como o Atenolol Mylan;
  • se já lhe disseram que tem níveis de ácido no sangue acima do normal (acidose metabólica).

Não tome Atenolol Mylan se alguma das situações acima descritas se aplica a si. Caso tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico antes de tomar Atenolol Mylan.

Advertências e precauções

Fale com o seu médico ou farmacêutico antes de tomar Atenolol Mylan se:

- Tem asma, sibilos ou outros problemas respiratórios semelhantes, ou se tem reações alérgicas, por exemplo causadas por picadas de insetos. Se alguma vez já teve asma ou sibilos, não tome este medicamento sem primeiro falar com o seu médico.

- Tem um tipo de dor no peito (angina), chamada angina de Prinzmetal. - Tem má circulação sanguínea ou insuficiência cardíaca controlada.

- Tem bloqueio cardíaco de primeiro grau.

- Tem diabetes. O seu medicamento pode modificar a sua resposta a baixos níveis de açúcar no sangue. Poderá sentir o batimento cardíaco acelerado.

- Tem tirotoxicose (uma situação provocada por uma hiperatividade da glândula tiroide). O seu medicamento poderá esconder os sintomas de tirotoxicose.

- Tem problemas com os seus rins. Poderá ser necessário fazer alguns exames durante o seu tratamento.

Caso tenha dúvidas se alguma das situações acima descritas se aplica a si, fale com o seu médico ou farmacêutico antes de tomar Atenolol Mylan.

Outros medicamentos e Atenolol Mylan

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar, ou tiver tomado recentemente ou se vier a tomar outros medicamentos.

Em particular, informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar algum dos seguintes medicamentos:

- Clonidina (para pressão arterial elevada ou enxaquecas). Se estiver a tomar clonidina juntamente com Atenolol Mylan, não pare de tomar a clonidina exceto por recomendação do seu médico. Se tiver de parar de tomar clonidina, o seu médico dar-lhe-á instruções de como o fazer.

- Verapamil, diltiazem e nifedipina (para pressão arterial elevada ou dor no peito). - Disopiramida ou quinidina (para o batimento cardíaco irregular).

- Digoxina (para problemas cardíacos).

- Adrenalina, também conhecida como epinefrina (um medicamento que estimula o coração).

- Ibuprofeno ou indometacina (para a dor e inflamação). - Insulina ou medicamentos orais para a diabetes.

- Medicamentos para tratar a congestão nasal ou sinusal ou outros medicamentos para a constipação (incluindo os que pode comprar na farmácia).

Intervenções

Se for internado num hospital para fazer uma cirurgia, informe o anestesista ou equipa médica que está a tomar Atenolol Mylan. Isto porque poderá ter uma descida da pressão arterial (hipotensão) caso lhe sejam administrados alguns anestésicos enquanto está a tomar Atenolol Mylan.

Gravidez e amamentação

Se está grávida ou a amamentar, se pensa estar grávida ou planeia engravidar consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas

É improvável que o seu medicamento afete a sua capacidade de conduzir veículos ou de utilizar ferramentas ou máquinas. No entanto, é melhor esperar para ver como é que o seu medicamento o afeta, antes de realizar estas atividades. Caso sinta tonturas ou cansaço enquanto estiver a tomar este medicamento, não conduza nem utilize ferramentas ou máquinas.

Atenolol Mylan contém amido de trigo

Este medicamento contém apenas níveis muito baixos de glúten (proveniente do amido de trigo). É muito improvável que cause problemas se tiver doença celíaca. Um comprimido de Atenolol Mylan de 50 mg não contém mais do que 7,5 microgramas de glúten. Um comprimido de Atenolol Mylan de 100 mg não contém mais do que 15 microgramas de glúten. Se tem alergia ao trigo (diferente da doença celíaca) não deve tomar este medicamento.

Como é utilizado?

Tome este medicamento exatamente como indicado pelo seu médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

O seu médico indicar-lhe-á quantos comprimidos deve tomar por dia e quando os tomar. Leia o rótulo da embalagem para se lembrar o que o médico lhe disse.

Engula o seu comprimido de Atenolol Mylan com água.

Tente tomar o seu comprimido sempre à mesma hora cada dia.

Adultos

- Pressão arterial elevada (hipertensão): a dose recomendada é de 50 mg a 100 mg por dia.

- Dor no peito (angina): a dose habitual é de 100 mg por dia ou de 50 mg duas vezes por dia.

- Batimento cardíaco irregular: a dose habitual é de 50 mg a 100 mg por dia.

- Tratamento precoce após ataque cardíaco (enfarte do miocárdio): a dose habitual é de 50 mg a 100 mg por dia.

Idosos

Se é um idoso, o seu médico poderá decidir dar-lhe uma dose inferior, particularmente se tiver problemas com os seus rins.

Pessoas com problemas renais graves

Se tem problemas nos rins graves, o seu médico poderá decidir dar-lhe uma dose inferior.

Utilização em crianças

Este medicamento não deve ser administrado a crianças.

Se tomar mais Atenolol Mylan do que deveria

Se tomou mais Atenolol Mylan do que o que lhe foi receitado pelo seu médico, contacte um médico ou dirija-se ao hospital imediatamente. Leve a embalagem consigo para que os comprimidos possam ser identificados.

Caso se tenha esquecido de tomar Atenolol Mylan

Se se esquecer de tomar uma dose faça-o assim que se lembrar. No entanto, se já não faltar muito tempo para a próxima dose, ignore a dose esquecida. Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Se parar de tomar Atenolol Mylan

Não pare de tomar Atenolol Mylan sem falar com o seu médico. Em alguns casos poderá ter que parar o tratamento gradualmente.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento fale com o seu médico ou farmacêutico.

Quais são os possíveis efeitos secundários?

Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos indesejáveis, embora estes não se manifestem em todas as pessoas.

Reações alérgicas:

Se tiver uma reação alérgica, contacte um médico imediatamente. Os sinais podem incluir inchaços da pele (protuberâncias), ou inchaço da cara, lábios, boca, língua ou garganta.

Outros efeitos indesejáveis possíveis:

Frequentes (afetam menos de 1 em cada 10 pessoas)

  • Pode notar que a sua pulsação se torna mais lenta enquanto toma os comprimidos. Esta situação é normal, mas se ficar preocupado por favor fale com o seu médico.
  • Mãos e pés frios.
  • Diarreia.
  • Mal-estar geral (naúseas).
  • Sentir-se cansado.

Pouco frequentes (afetam menos de 1 em cada 100 pessoas) - Perturbações do sono.

Raros (afetam menos de 1 em cada 1.000 pessoas)

  • Bloqueio cardíaco (o que pode causar tonturas, batimento anormal do coração, cansaço ou desmaio).
  • Dormência e espasmos dos seus dedos seguidos por calor e dor (Doença de Raynaud).
  • Alterações do humor.
  • Pesadelos.
  • Sentir-se confuso.
  • Alterações de personalidade (psicoses) ou alucinações.
  • Dor de cabeça.
  • Tonturas (principalmente quando está de pé).
  • Tremor das mãos.
  • Incapacidade de ter uma ereção (impotência).
  • Boca seca.
  • Olhos secos.
  • Alterações da visão.
  • Enfraquecimento do cabelo.
  • Erupção cutânea.
  • Número reduzido de plaquetas no sangue (o que pode causar-lhe nódoas negras com maior facilidade).
  • Manchas na pele de cor púrpura.
  • Icterícia (o que provoca uma coloração amarela da sua pele e do branco dos seus olhos).

Muito raros (afetam menos de 1 em cada 10.000 pessoas)

- Alterações de algumas células ou componentes do sangue. Ocasionalmente, o seu médico pode pedir-lhe que faça análises ao sangue para avaliar se Atenolol Mylan teve algum efeito no seu sangue.

Situações que se podem agravar

Se tiver alguma das seguintes situações, estas podem agravar-se quando começar a tomar o seu medicamento. Ocorrem raramente e afetam menos de 1 em cada 1.000 pessoas.

Desconhecido (não pode ser calculado a partir dos dados disponíveis)

- Síndrome do tipo Lupus (uma doença na qual o sistema imunitário produz anticorpos que atacam principalmente a pele e articulações.

Não fique preocupado com esta lista de efeitos indesejáveis possíveis. Poderá não experimentar nenhum deles.

Comunicação de efeitos indesejáveis

Se tiver quaisquer efeitos indesejáveis, incluindo possíveis efeitos indesejáveis não indicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico. Também poderá comunicar efeitos indesejáveis diretamente ao INFARMED, I.F. através dos contactos abaixo. Ao comunicar efeitos indesejáveis, estará a ajudar a fornecer mais informações sobre a segurança deste medicamento.

Sítio da internet: http://www.infarmed.pt/web/infarmed/submissaoram (preferencialmente)

ou através dos seguintes contactos:

Direção de Gestão do Risco de Medicamentos Parque da Saúde de Lisboa, Av. Brasil 53 1749-004 Lisboa

Tel: +351 21 798 73 73

E-mail: farmacovigilancia@infarmed.pt

Como deve ser guardado?

Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças. Conservar a temperatura inferior a 30ºC.

Conservar na embalagem de origem para proteger da luz e da humidade.

Não utilize este medicamento após o prazo de validade impresso na embalagem exterior, após EXP. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.

Mais informações

  • A substância ativa é o atenolol.
  • Os outros componentes são amido de milho pré-gelificado, crospovidona, carbonato de magnésio leve, amido de trigo, carmelose cálcica, celulose microcristalina, fosfato cálcico dibásico, talco, estearato de magnésio, ácido esteárico, carbonato de magnésio pesado.

Qual o aspeto de Atenolol Mylan e contéudo da embalagem

Comprimidos brancos, ranhurados, para administração oral, em embalagens de 10, 30, 60 e 100 unidades.

É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações. Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante Titular da Autorização de Introdução no Mercado

Mylan, Lda.

Avenida D. João II, Edifício Atlantis, N.º 44C - 7.3 e 7.4 1990-095 Lisboa

Fabricante

Laboratorios Alter, S.A. Mateo Inurria 30 Madrid

28036 Espanha

Este folheto foi revisto pela última vez em

Última actualização: 06.07.2022

Fonte: Atenolol Mylan - Inserção da embalagem

O seu assistente pessoal de medicamentos

Medicamentos

Pesquise aqui a nossa extensa base de dados de medicamentos de A-Z, com efeitos e ingredientes.

Substâncias

Todas as substâncias activas com a sua aplicação, composição química e medicamentos em que estão contidas.

Doenças

Causas, sintomas e opções de tratamento para doenças e lesões comuns.

O conteúdo apresentado não substitui a bula original do medicamento, especialmente no que diz respeito à dosagem e efeito dos produtos individuais. Não podemos assumir qualquer responsabilidade pela exactidão dos dados, uma vez que os dados foram parcialmente convertidos automaticamente. Um médico deve ser sempre consultado para diagnósticos e outras questões de saúde. Mais informações sobre este tópico podem ser encontradas aqui.

This website is certified by Health On the Net Foundation. Click to verify.