Nimed

Código ATC
M01AX17
Nimed

Laboratórios Azevedos - Indústria Farmacêutica

Medicamentos padrão Humano
Substância(s)
Nimesulid
Narcótica
Não
Data de aprovação 15.10.1985
Grupo farmacológico Produtos antiinflamatórios e anti-reumáticos, não esteróides

Anúncio

Tudo para saber

Titular da autorização

Laboratórios Azevedos - Indústria Farmacêutica

O que é e como se utiliza?

Nimed é um anti-inflamatório não esteroide (AINEs), com propriedades analgésicas. Nimed é usado para tratamento da dor aguda e para tratamento das dores menstruais.

Antes de prescrever Nimed, o seu médico irá avaliar os benefícios que o medicamento lhe pode trazer em comparação com os riscos que corre de desenvolver efeitos secundários.

Anúncio

O que se deve tomar em consideração antes de utilizá-lo?

Não tome Nimed se:

  • tem alergia à nimesulida ou a qualquer outro componente deste medicamento (indicados na secção 6)
  • já teve algum dos seguintes sintomas após tomar aspirina ou outros AINEs:
  • respiração ofegante, aperto no peito, falta de ar (asma)
  • bloqueio nasal devido a inchaços no revestimento do nariz (pólipos nasais)
  • erupção na pele / erupção da pele com comichão (urticária)
  • inchaço súbito da pele ou mucosa, tal como inchaço em redor dos olhos, rosto, lábios, boca ou garganta, possivelmente com dificuldade em respirar (edema angioneurótico);
  • após terapêutica anterior com AINEs e história de:
  • hemorragia estomacal ou intestinal,
  • orifícios (perfurações) no estômago ou intestinos;
  • história atual ou recente de úlcera ou hemorragia estomacal ou intestinal (ulceração ou

hemorragia que tenha ocorrido pelo menos duas vezes);

  • hemorragia cerebral (AVC);
  • qualquer outro problema hemorrágico ou devido ao seu sangue não coagular;
  • função hepática comprometida;
  • está a tomar outros medicamentos conhecidos por afetarem o fígado, por ex., paracetamol ou outros analgésicos ou AINEs,
  • é toxicodependente, ou desenvolveu hábitos que o tornam dependente de medicamentos ou outras substâncias;
  • consome regularmente bastante álcool;
  • teve no passado uma reação hepática à nimesulida;
  • insuficiência renal grave, sem diálise;
  • insuficiência cardíaca grave;
  • tem febre ou gripe (sente-se dorido, indisposto, com arrepios ou tremores ou tem febre);
  • está no terceiro trimestre da gravidez;
  • está a amamentar.

CriançasNimed não deve ser administrado a crianças com idade inferior a 12 anos.

Advertências e precauções

Fale com o seu médico ou farmacêutico antes de tomar Nimed.

Os medicamentos, como o Nimed podem estar associados a um pequeno aumento do risco de ataque cardíaco (enfarte do miocárdio) ou Acidente Vascular Cerebral (AVC). O risco é mais provável com doses elevadas e tratamento prolongado. Não deve ser excedida a dose recomendada nem o tempo de duração do tratamento. Se tem problemas cardíacos, sofreu um AVC ou pensa que pode estar em risco de vir a sofrer destas situações (por exemplo, se tem pressão sanguínea elevada, diabetes, elevados níveis de colesterol ou se é fumador) deverá aconselhar-se sobre o tratamento com o seu médico ou farmacêutico.

Se desenvolver reações alérgicas graves, deve interromper o tratamento com Nimed na primeira ocorrência de erupção cutânea, lesões dos tecidos moles (lesões da mucosa), ou qualquer outro sintoma de alergia, e contactar o seu médico.

Interrompa imediatamente o tratamento com Nimed logo que se aperceba de sinais de hemorragia (que causa fezes escuras) ou ulceração do trato digestivo (que causa dor abdominal).

Tome especial cuidado com Nimed:

Se durante o tratamento com nimesulida desenvolver sintomas que sugiram problemas hepáticos, deve interromper a toma de nimesulida e informar imediatamente o seu médico. Os sintomas que sugerem problemas hepáticos incluem perda de apetite, náusea, vómitos, dor abdominal, cansaço persistente ou urina escura.

Se já sofreu de úlcera péptica, hemorragia estomacal ou intestinal, ou de condições inflamatórias dos intestinos como colite ulcerosa ou doença de Crohn, deve informar o seu médico antes de tomar Nimed.

Se durante o tratamento com Nimed, desenvolver febre e/ou sintomas tipo gripe (dores no corpo inteiro, indisposição e arrepios ou tremores), deve interromper o tratamento e informar o seu médico.

Se sofre de doença cardíaca ligeira, pressão sanguínea elevada, problemas circulatórios ou renais, informe o seu médico antes de tomar Nimed.

No caso de doentes idosos, o médico poderá querer consultá-los a intervalos regulares para garantir que Nimed não está a causar problemas estomacais, renais, cardíacos ou hepáticos.

Se está a planear uma gravidez, deve informar o seu médico, porque Nimed pode diminuir a fertilidade.

Se tem intolerância a alguns açúcares, deve informar o seu médico antes de tomar este medicamento.

Outros medicamentos e Nimed

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar, ou tiver tomado recentemente, ou se vier a tomar outros medicamentos.

  • corticosteroides (medicamentos usados no tratamento de condições inflamatórias),
  • medicamentos para fluidificar o sangue (anticoagulantes como varfarina, agentes antiplaquetários, ácido salicílico ou outros salicilatos),
  • antihipertensores ou diuréticos (medicamentos para controlar a pressão sanguínea ou problemas cardíacos),
  • lítio, usado para tratar depressões e condições similares,
  • inibidores seletivos da recaptação da serotonina (medicamentos para tratar a depressão).
  • metotrexato (medicamento usado para o tratamento da artrite reumatoide e cancro),
  • ciclosporina (medicamento usado após transplantes ou para o tratamento de distúrbios do

sistema imunitário),

certifique-se de que o seu médico ou farmacêutico sabe que está a tomar estes medicamentos antes de começar a tomar Nimed.

Gravidez, amamentação e fertilidade

Aconselhe-se com o seu médico ou farmacêutico antes de iniciar o tratamento com Nimed ou com qualquer outro medicamento.

  • Nimed não deve ser utilizado durante os últimos 3 meses de gravidez. pode causar problemas ao bebé e ao desenvolvimento do trabalho de parto.
  • Se está a planear engravidar deve informar o seu médico porque Nimed pode diminuir a fertilidade.
  • Se se encontra no primeiro ou segundo trimestres de gestação, não exceda a dose nem a duração do tratamento que lhe foram prescritos pelo seu médico.

Nimed não deve ser utilizado durante o período de amamentação.

Condução de veículos e utilização de máquinas

Doentes que tenham tonturas ou sonolência, após tomarem Nimed, não devem conduzir ou utilizar máquinas.

Nimed contém lactose

Se foi informado pelo seu médico que tem intolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.

Nimed contém sódio (sob a forma de carboximetilamido sódico e docusato sódico).

Este medicamento contém menos do que 1 mmol (23 mg) de sódio por comprimido ou seja, é praticamente “isento de sódio”.

Como é utilizado?

Tome este medicamento exatamente como indicado pelo seu médico ou farmacêutico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

Os efeitos secundários podem ser reduzidos se usar a dose mínima eficaz durante o menor período de tempo possível para controlar os sintomas.

A dose recomendada é de 1 comprimido de Nimed (100mg), duas vezes por dia, após as refeições.

Tome Nimed durante o menor período de tempo possível e durante não mais de 15 dias em qualquer regime de tratamento individual.

Se tomar mais Nimed do que deveria

Se tomar, ou pensar que pode ter tomado mais Nimed do que deveria (sobredosagem) contacte o seu médico ou dirija-se ao Serviço de Urgência mais próximo. Leve a restante medicação consigo. Em caso de sobredosagem provavelmente desenvolverá um dos seguintes sintomas: sonolência, náuseas, dor no estômago, hemorragia gástrica ou dificuldades respiratórias.

Caso se tenha esquecido de tomar Nimed

Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Quais são os possíveis efeitos secundários?

Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos secundários, embora estes não se manifestem em todas as pessoas.

Se ocorrer algum dos sintomas mencionados a seguir, interrompa a toma do medicamento e informe imediatamente o seu médico, pois estes podem indicar efeitos secundários graves raros que requerem tratamento médico urgente:

  • desconforto gástrico ou dor, perda de apetite, náuseas (indisposição), vómitos ou hemorragia gástrica ou abdominal ou fezes escuras
  • problemas na pele como erupção cutânea ou vermelhidão
  • respiração ofegante ou falta de ar
  • amarelecimento da pele ou do branco do olho (icterícia)
  • alteração imprevista da quantidade ou cor da urina
  • inchaço do rosto, pés ou pernas
  • cansaço persistente

Efeitos secundários de caráter geral causados por medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs):

O uso de alguns medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) pode estar associado a um pequeno aumento do risco de oclusão dos vasos arteriais (eventos

trombóticos arteriais), por ex., ataque cardíaco (enfarte do miocárdio) ou AVC (apoplexia), particularmente com doses elevadas e durante tratamentos prolongados.

A retenção de líquidos (edema), pressão sanguínea elevada (hipertensão) e insuficiência cardíaca foram notificadas em associação com o tratamento com AINEs.

Os efeitos secundários observados com mais frequência afetam o trato digestivo (eventos gastrointestinais):

  • úlceras do estômago e secção superior do intestino delgado (úlceras pépticas/gastroduodenais)
  • orifício na parede dos intestinos (perfuração) ou hemorragia do trato digestivo (por vezes fatal, particularmente nos idosos).

Os efeitos secundários que podem ocorrer com Nimed, são:

  • Frequentes (podem afetar mais do que 1 pessoa em 100): diarreia, mal-estar, vómitos, alterações menores nas análises laboratoriais da função hepática.
  • Pouco frequentes (podem afetar até 1 pessoa em 100): falta de ar, tonturas, aumento da pressão arterial, prisão de ventre (obstipação), gases, inflamação do estômago (gastrite),

comichão, erupção cutânea, suores, inchaço (edema), hemorragia gástrica ou intestinal, úlceras duodenais ou gástricas e úlceras perfuradas.

- Raros (podem afetar menos que 1 pessoa em 1000): anemia, diminuição de glóbulos brancos no sangue, aumento de um tipo de glóbulos vermelhos (eosinofilia) no sangue, alterações da pressão arterial, hemorragia, dificuldade ou dor ao urinar ou retenção urinária, sangue na urina, aumento de potássio no sangue, ansiedade ou nervosismo, pesadelos, visão turva, aumento da pulsação, vermelhidão da pele, eritema, dermatite, mal-estar e fraqueza. - Muito raros (podem afetar até 1 pessoa em 10000): reações graves da pele (conhecidas como eritema multiforme, síndrome de Stevens-Johnson, necrólise epidérmica tóxica) que podem causar bolhas e grande desconforto; insuficiência renal ou inflamação do rim (nefrite), perturbação das funções cerebrais (encefalopatia), diminuição do número de plaquetas no sangue provocando hemorragias subcutâneas ou em outros locais do corpo; fezes escuras devido a hemorragia, inflamação do fígado (hepatite) por vezes muito grave provocando icterícia e retenção biliar; alergias incluindo reações alérgicas graves com colapso e falta de ar, asma, diminuição da temperatura corporal, vertigens, dores de cabeça, sonolência; dores de estômago, indigestão; inflamação da boca; erupção da pele com comichão (urticária); inchaço da face e regiões circundantes; perturbações da visão.

Os medicamentos tais como Nimed podem estar associados a um pequeno aumento do risco de ataque cardíaco (enfarte do miocárdio) ou AVC.

Comunicação de efeitos secundários

Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não indicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico. Também poderá comunicar efeitos secundários diretamente ao INFARMED, I.F. através dos contactos abaixo. Ao comunicar efeitos secundários, estará a ajudar a fornecer mais informações sobre a segurança deste medicamento.

INFARMED, I.F.

Direção de Gestão do Risco de Medicamentos Parque da Saúde de Lisboa, Av. Brasil 53 1749-004 Lisboa

Tel: +351 21 798 7373

Linha do Medicamento: 800222444 (gratuita) Fax: +351 21 798 73 97

Sítio da internet: http://www.infarmed.pt/web/infarmed/submissaoram E-mail: farmacovigilancia@infarmed.pt

Como deve ser guardado?

Conservar a uma temperatura inferior a 25ºC.

Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Não utilize este medicamento após o prazo de validade impresso na embalagem exterior, após VAL ou EXP. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.

Mais informações

Qual a composição de Nimed

A substância ativa é nimesulida. Cada comprimido revestido por película contém 100 mg de nimesulida.

Os outros componentes são:

Docusato sódico, hidroxipropilcelulose, lactose mono-hidratada, carboximetilamido sódico, celulose microcristalina, óleo vegetal hidrogenado, estearato de magnésio, talco, dióxido de titânio (E171), Macrogol 6000, Eudragit E 12,5.

Qual o aspeto de Nimed e conteúdo da embalagem

Nimed encontra-se disponível sob a forma de comprimidos revestidos por película, brancos, redondos e biconvexos, para administração oral.

Embalagens de 14, 20 e 30 comprimidos.

É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Titular da Autorização de Introdução no Mercado

Laboratórios Azevedos – Indústria Farmacêutica, S.A.

Estrada Nacional 117-2, Alfragide

2614-503 Amadora

Portugal

Fabricante

Sofarimex – Indústria Química e Farmacêutica, S.A. Av. das Indústrias, Alto do Colaride

2735-213 Cacém Portugal

e

DLA Farmacêutica, S.A.

Estrada da Quinta, 148-Manique de Baixo 2645-436 - Alcabideche

Portugal

Este folheto foi revisto pela última vez em:

Última actualização: 26.06.2022

Fonte: Nimed - Inserção da embalagem

O seu assistente pessoal de medicamentos

Medicamentos

Pesquise aqui a nossa extensa base de dados de medicamentos de A-Z, com efeitos e ingredientes.

Substâncias

Todas as substâncias activas com a sua aplicação, composição química e medicamentos em que estão contidas.

Doenças

Causas, sintomas e opções de tratamento para doenças e lesões comuns.

O conteúdo apresentado não substitui a bula original do medicamento, especialmente no que diz respeito à dosagem e efeito dos produtos individuais. Não podemos assumir qualquer responsabilidade pela exactidão dos dados, uma vez que os dados foram parcialmente convertidos automaticamente. Um médico deve ser sempre consultado para diagnósticos e outras questões de saúde. Mais informações sobre este tópico podem ser encontradas aqui.

This website is certified by Health On the Net Foundation. Click to verify.