Zopranol

Código ATC
C09AA15
Zopranol

Menarini International Operations Luxembourg

Medicamentos padrão Humano
Substância(s)
Zofenopril
Narcótica
Não
Data de aprovação 10.03.1999
Grupo farmacológico Inibidores do ás, simples

Anúncio

Tudo para saber

Titular da autorização

Menarini International Operations Luxembourg

O que é e como se utiliza?

Zopranol contém zofenopril de cálcio 30 mg 7,5 mg 15 mg 60 mg que pertence a um grupo de medicamentos que diminuem a tensão arterial chamados inibidores da enzima de conversão da angiotensina (ECA).

Zopranol é utilizado para tratar as seguintes condições:

• tensão arterial elevada (hipertensão).

• ataque cardíaco (enfarte agudo do miocárdio) em pessoas que podem ou não apresentar sinais e sintomas de insuficiência cardíaca, e que não receberam tratamento que ajuda a dissolver os coágulos do sangue (terapêutica trombolítica).

Anúncio

O que se deve tomar em consideração antes de utilizá-lo?

Não tome Zopranol se:

for alérgico a zofenopril de cálcio ou a qualquer outro componente deste medicamento (indicados na secção 6)

tiver tido anteriormente uma reação alérgica a qualquer outro inibidor da ECA, tais como captopril ou enalapril

tiver história grave de inchaço e comichão ao redor da face, nariz e garganta (edema angioneurótico) associado a terapêutica anterior com um inibidor da ECA, ou se sofrer de edema angioneurótico hereditário / idiopático (inchaço repentino da pele, tecidos, aparelho digestivo e outros órgãos)

tomou ou está a tomar sacubitril/valsartan, um medicamento utilizado em adultos para tratar um tipo de insuficiência cardíaca de longa duração (crónica), porque aumenta o risco de angioedema (inchaço rápido sob a pele numa área como a garganta)

sofre de problemas hepáticos graves sofre de estreitamento das artérias renais

grávida de mais de 3 meses d (também é melhor evitar Zopranol no início da gravidez - ver secção ‘Gravidez’)

é uma mulher em idade fértil, exceto se utilizar uma contraceção eficaz

tem diabetes ou função renal diminuída e está a ser tratado com um medicamento que contém aliscireno para diminuir a tensão arterial

Advertências e precauções

Fale com o seu médico antes de tomar os Zopranol. Informe o seu médico se:

tiver tensão arterial alta e problemas no fígado ou nos rins

tiver tensão arterial alta causada por problema nos rins ou estreitamento da artéria que vai para os rins (hipertensão renovascular)

tiver sido recentemente submetido a um transplante renal estiver a fazer diálise

estiver em aférese de LDL (um procedimento semelhante à diálise renal que limpa o sangue de colesterol nocivo)

tiver níveis anormalmente elevados de aldosterona no sangue (hiperaldosteronismo primário) ou diminuição dos níveis da hormona aldosterona no sangue (hipoaldosteronismo)

tiver um estreitamento das válvulas cardíacas (estenose aórtica) ou espessamento das paredes do coração (cardiomiopatia hipertrófica)

sofre ou já sofreu de psoríase (doença de pele caracterizada por manchas escamosas de cor rosa)

estiver a fazer tratamento de dessensibilização ("injeções para alergia") para picadas de insetos

está a tomar algum dos seguintes medicamentos para tratar a tensão arterial elevada:

- um antagonista dos recetores da angiotensina II (ARA) (também conhecidos como sartans – por exemplo valsartan, telmisartan, irbesartan), em particular se tiver problemas nos rins relacionados com diabetes.

- aliscireno.

está a tomar algum dos seguintes medicamentos, o risco de angioedema (inchaço rápido sob a pele em áreas como a garganta) pode estar aumentado:

- Racecadotril, um medicamento utilizado no tratamento da diarreia;

- Medicamentos utilizados para prevenir a rejeição de órgãos transplantados e para o cancro (por exemplo, temsirolímus, sirolímus, everolímus).

- Vildagliptina, um medicamento utilizado para tratar a diabetes.

O seu médico pode verificar a sua função renal, tensão arterial e a quantidade de eletrólitos (por exemplo, o potássio) no seu sangue em intervalos regulares.

Ver também a informação sob o título “Não tome Zopranol”.

A sua tensão arterial pode ficar demasiado baixa com Zopranol, especialmente após a primeira dose (isto é mais provável se também estiver a tomar diuréticos, estiver desidratado ou a fazer uma dieta pobre em sal). Se tal acontecer, contacte imediatamente o seu médico e de seguida deite-se de costas.

Se estiver para ser operado, informe o seu anestesista de que está a tomar Zopranol antes de ser anestesiado. Isso irá ajudá-lo/a a controlar a sua tensão arterial e frequência cardíaca durante a operação.

Além disso, se sofre de ataque cardíaco (enfarte agudo do miocárdio) e se:

• tiver a tensão arterial baixa (< 100 mmHg) ou está em estado de choque circulatório (devido ao seu problema de coração) - Zopranol não é recomendado para si

• tiver idade superior a 75 anos - o Zopranol deve ser usado com especial cuidado.

Deve informar o seu médico se acha que está (ou pode vir a estar) grávida. Zopranol não está recomendado no início da gravidez e não deve ser tomado se estiver com mais de 3 meses de gravidez, pois pode causar danos graves ao seu bebé tomado durante esse período (ver secção gravidez).

Crianças e adolescentes

Não dê este medicamento a crianças e adolescentes com menos de 18 anos porque é improvável que seja seguro.

Outros medicamentos e Zopranol

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar, ou tiver tomado recentemente, ou se vier a tomar outros medicamentos.

Em particular, informe o seu médico se estiver a tomar:

  • Suplementos de potássio (incluindo substitutos do sal), diuréticos poupadores de potássio e outros medicamentos que podem aumentar o potássio no seu sangue (por exemplo trimetoprim e cotrimoxazol, para infeções causadas por bactérias); ciclosporina, um medicamento imunossupressor usado para prevenir a rejeição de órgãos transplantados; e heparina, um medicamento usado para diluir o sangue para prevenir coágulos).
  • lítio (usado para tratar alterações de humor)
  • anestésicos
  • narcóticos (como a morfina)
  • antipsicóticos (usados para tratar a esquizofrenia e doenças similares)
  • antidepressivos do tipo tricíclicos, por exemplo, amitriptilina e clomipramina
  • barbitúricos (usados para tratar a ansiedade, insónia, e distúrbios convulsivos
  • outros antihipertensores e vasodilatadores (incluindo beta-bloqueadores, alfa- bloqueadores e diuréticos como a hidroclorotiazida, furosemida, torasemida).
    O seu médico pode necessitar de alterar a sua dose e/ou tomar outras precauções: Se está a tomar um antagonista dos recetores da angiotensina II (ARA) ou aliscireno (ver também informações sob os títulos “Não tome Zopranol” e “Advertências e precauções”).
  • nitroglicerina e outros nitratos usados para a dor no peito (angina)
  • antiácidos, incluindo a cimetidina (utilizados para tratar a azia e úlceras do estômago)
  • ciclosporina (usada após transplante de órgãos) e outros medicamentos imunossupressores (medicamentos que suprimem as defesas do organismo)
  • alopurinol (usado para tratar a gota)
  • insulina ou medicamentos antidiabéticos orais
  • citostáticos (utilizados para tratar o cancro ou doenças que afectam as defesas do organismo)
  • corticosteroides (medicamentos anti-inflamatórios poderosos)
  • procainamida (usada para controlar o batimento cardíaco irregular)
  • medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs tais como a aspirina ou ibuprofeno)
  • medicamentos simpaticomiméticos (medicamentos que atuam no sistema nervoso, incluíndo alguns usados para tratar a asma ou a febre dos fenos e aminas pressoras, por exemplo, adrenalina).
  • racecadotril (um medicamento utilizado no tratamento da diarreia), medicamentos utilizados para prevenir a rejeição transplantados e para o cancro (por exemplo, temsirolímus, sirolímus, everolímus) e vildagliptina (um medicamento utilizado no tratamento da diabetes). O risco de angioedema pode estar aumentado.

Zopranol com alimentos, bebidas e álcool

Zopranol pode ser tomado com alimentos ou com o estômago vazio, mas é sempre melhor tomar o comprimido com um pouco de água. O álcool aumenta o efeito hipotensor (redução da tensão arterial) do Zopranol; aconselhe-se com o seu médico sobre o consumo de álcool enquanto estiver a tomar esta medicação.

Gravidez e amamentação Gravidez

Se está grávida, se pensa que está grávida ou planeia engravidar, consulte o seu médico antes de tomar este medicamento. O seu médico normalmente aconselhá-la- á a parar de tomar Zopranol antes de engravidar ou logo que saiba que está grávida e a tomar outro medicamento em vez de Zopranol.

Zopranol não está recomendado no início da gravidez e não deve ser tomado se estiver com mais de 3 meses de gravidez, pois pode causar danos graves ao seu bébé se for utilizado após o terceiro mês de gravidez.

Aleitamento

Se está a amamentar ou prestes a iniciar a amamentação peça conselho ao seu médico antes de tomar este medicamento. Zopranol não está recomendado em mães a amamentar, especialmente se o bébé for recém-nascido ou prematuro e o seu médico pode indicar-lhe outro tratamento se desejar amamentar,.

Condução de veículos e utilização de máquinas

Este medicamento pode causar tonturas ou cansaço. Se isso acontecer não conduza nem utilize máquinas.

Zopranol contém lactose

Este medicamento contém lactose. Se sabe que tem intolerância a alguns açúcares, contacte o seu médico antes de tomar este medicamento.

Este medicamento contém menos do que 1 mmol (23 mg) de sódio por comprimido revestido por película ou seja, é praticamente “isento de sódio”

Como é utilizado?

Tome Zopranol sempre de acordo com as instruções do seu médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas

Zopranol pode ser tomado com alimentos ou com o estômago vazio. É sempre melhor tomar o comprimido com um pouco de água.

Para 30 mg, 15 mg, 60 mg apenas

O comprimido pode ser dividido em doses iguais.

Tratamento da tensão arterial elevada (hipertensão)

A dose inicial é usualmente de 15mg, uma vez por dia. O seu médico irá ajustar gradualmente a dose (geralmente em intervalos de quatro semanas) até encontrar a dose ótima para si.

Os efeitos anti-hipertensivos a longo prazo são normalmente obtidos com 30mg de Zopranol, uma vez por dia. A dose máxima é de 60mg por dia, uma vez por dia ou dividida em duas tomas.

Se estiver desidratado, tiver uma deficiência de sal ou se estiver a tomar diuréticos, pode ser necessário iniciar o tratamento com 7,5 mg de Zopranol.

Problemas renais ou hepáticos

Se tiver insuficiência hepática ligeira a moderada ou insuficiência renal moderada a grave, o seu médico irá iniciar o seu tratamento com metade da dose terapêutica de Zopranol (15mg). Se estiver a fazer diálise, será necessário iniciar o tratamento com um quarto da dose terapêutica usual (7,5 mg).

Ataque cardíaco (enfarte agudo do miocárdio)

O tratamento com Zopranol deverá iniciar-se dentro das primeiras 24 horas após o início dos sintomas.

Irá tomar comprimidos de Zopranol duas vezes por dia, de manhã e à noite, do seguinte modo:

• 7,5 mg duas vezes ao dia, no primeiro e segundo dias de tratamento

  • 15 mg duas vezes ao dia, no terceiro e quarto dias de tratamento
  • A partir do quinto dia, a dose deverá ser aumentada para 30 mg, duas vezes por dia.
  • O seu médico poderá ajustar a dose ou a dose máxima com base nos seus valores de tensão arterial.
  • O tratamento deverá então continuar por mais seis semanas, ou mais, se os sintomas de insuficiência cardíaca persistirem.

Se tomar mais Zopranol do que deveria

Se tomar mais comprimidos do que deveria ou em caso de ingestão acidental, deve contactar imediatamente o seu médico ou o serviço de urgência mais próximo (levando os restantes comprimidos, a embalagem do medicamento ou este folheto informativo consigo, se possível).

Os sintomas e sinais mais frequentes de uma sobredosagem são tensão arterial baixa com desmaio (hipotensão), batimento cardíaco muito lento (bradicardia), alterações nos parâmetros sanguíneos (eletrólitos) e disfunção renal.

Caso se tenha esquecido de tomar Zopranol

No caso de se ter esquecido de tomar uma dose, tome a dose seguinte logo que se lembrar. No entanto, se tiver ocorrido um espaço de tempo longo (por exemplo, várias horas), e a próxima dose estiver próxima, salte a dose esquecida e tome a dose seguinte, normalmente, no horário habitual. Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Se parar de tomar Zopranol

Consulte sempre o seu médico antes de parar o tratamento com Zopranol, quer esteja a tomá-lo para a tensão arterial alta ou na sequência de um ataque cardíaco.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Quais são os possíveis efeitos secundários?

Como todos os medicamentos, Zopranol pode causar efeitos secundários, no entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

A maioria dos efeitos colaterais associados com os inibidores da ECA é reversível e desaparece após a suspensão do tratamento.

Efeitos secundários frequentes (podem afetar 1 pessoa em 10 pessoas):

Efeitos secundáriospouco frequentes (podem afetar 1 pessoa em100 pessoas):• fraqueza geral

  • caimbras musculares
  • erupção na pele.

Efeitos secundários raros (podem afetar 1 pessoa em 1000 pessoas):

• inchaço e prurido que aparecem repentinamente, especialmente em torno do rosto, boca e garganta, com eventual dificuldade em respirar.

Para além dos efeitos colaterais notificados com Zopranol, outros efeitos têm sido geralmente notificados com inibidores da ECA:

• Tensão arterial baixa grave no início do tratamento ou quando a dose é aumentada, com tonturas, visão turva, desmaio (síncope)

• Aumento do batimento cardíaco ou batimento cardíaco irregular, palpitações e dores no peito (ataque cardíaco ou angina de peito)

• Alterações da consciência, tontura súbita, aparecimento repentino de visão turva ou fraqueza e / ou perda de sentido do tato num dos lados do corpo (acidente isquémico transitório ou acidente vascular cerebral)

• Edema periférico (acumulação de água nos membros), diminuição da tensão arterial em pé, dor no peito, dores musculares e / ou cólicas

• Função renal diminuída, alterações na quantidade de urina diária, presença de proteínas na urina (proteinúria), impotência

• Dor abdominal, diarreia, obstipação, boca seca

• Reações alérgicas como erupções cutâneas (urticária), comichão, descamação, vermelhidão, desprendimento e formação de bolhas na pele (necrólise epidérmica tóxica), agravamento da psoríase (uma doença da pele caracterizada por manchas escamosas de cor rosa), perda de cabelo (alopécia)

• Aumento de suor e rubor

• Alterações do humor, depressão, distúrbios do sono, sensações da pele alteradas, tais como ardor, picadas ou formigueiro (parestesia), perturbações do equilíbrio, confusão, zumbidos nos ouvidos (tinido), distúrbios do paladar, visão turva

• Dificuldade em respirar, estreitamento das vias respiratórias do pulmão (broncoespasmo), sinusite, corrimento nasal ou nariz entupido (rinite), inflamação da língua (glossite), bronquite

  • Amarelecimento da pele (icterícia), inflamação fígado ou do pâncreas (hepatite, pancreatite), obstrução intestinal (íleo)
  • alterações sanguíneas, como glóbulos vermelhos, glóbulos brancos ou plaquetas ou uma redução em todos os tipos de células sanguíneas (pancitopenia).

Contacte o seu médico fizer uma contusão com facilidade ou se tiver dor de garganta ou febre inexplicáveis.

• Aumento dos valores das enzimas hepáticas no sangue (transaminases) e da bilirrubina, aumento dos valores de ureia e creatinina

Anemia devida à rutura dos glóbulos vermelhos (anemia hemolítica), que pode ocorrer se sofre de deficiência em G6PD (glicose-6-fosfato desidrogenase).

Comunicação de efeitos secundários

Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não indicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico. Também poderá comunicar efeitos secundários diretamente ao INFARMED, I.F. através dos contactos abaixo. Ao comunicar efeitos secundários, estará a ajudar a fornecer mais informações sobre a segurança deste medicamento.

INFARMED, I.F.

Direção de Gestão do Risco de Medicamentos Parque da Saúde de Lisboa, Av. Brasil 53 1749-004 Lisboa

Tel: +351 21 798 73 73

Linha do Medicamento: 800222444 (gratuita)

Sítio da internet: http:// http://www.infarmed.pt/web/infarmed/submissaoram E-mail: farmacovigilancia@infarmed.pt

Como deve ser guardado?

Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Este medicamento não necessita de quaisquer precauções especiais de conservação.

Não tome este medicamento após o prazo de validade , impresso na embalagem exterior e no blister, após Val. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização. Pergunte ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.

Mais informações

A substância ativa é o zofenopril de cálcio 30 mg 7,5 mg 15 mg 60 mg.

Os outros componentes são celulose microcristalina, lactose monohidratada, croscarmelose sódica, estearato de magnésio, sílica coloidal anidra, hipromelose, dióxido de titânio (E171), macrogol 400, macrogol 6000 (ver secção 2 ‘Zopranol contém lactose’).

Qual o aspeto de Zopranol e conteúdo da embalagem

Os comprimidos revestidos por película de Zopranol 30 mg são brancos e oblongos, e encontram-se embalados em embalagens de 7, 14, 15, 28, 30, 50, 56, 90 ou 100 e em embalagens com blisters para dose unitária de 50 e 56 comprimidos revestidos película.

Os comprimidos revestidos por película de Zopranol 7,5 mg são brancos, redondos, biconvexos e encontram-se embalados em embalagens de 12, 14, 15, 28, 30, 48, 50, 56, 90 ou 100 e em embalagens com blisters para dose unitária de 50 e 56 comprimidos revestidos por película.

Os comprimidos revestidos por película de Zopranol 15 mg são brancos, oblongos e encontram-se embalados em embalagens de 12, 14, 15, 28, 30, 50, 56, 90 ou 100 e em embalagens com blisters para dose unitária de 50 e 56 comprimidos revestidos por película.

Os comprimidos revestidos por película de Zopranol 60 mg são brancos, oblongos e encontram-se embalados em embalagens de14, 15, 28, 30, 50, 56, 90 ou 100 e em embalagens com blisters para dose unitária de 50 e 56 comprimidos revestidos por película.

É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações. Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Titular da Autorização de Introdução no Mercado

Menarini International Operations Luxembourg S.A. 1, Avenue de la Gare

L-1611, Luxemburgo. Fabricantes

A. Menarini Manufacturing Logistics and Services, Srl

Campo di Pile,

L'Aquila, Itália.

Menarini-Von Heyden GmbH Leipziger Strasse 7-13, 01097 - Dresden (Alemanha).

Este medicamento encontra-se autorizado nos Estados Membros do Espaço Económico Europeu (EEE) sob as seguintes denominações:

Áustria: Bifril Bélgica: Zopranol

França: Teoula

Grécia: Zofepril

Holanda: Zopranol

Irlanda: Bifril

Itália: Zofepril

Islândia: Bifril

Luxemburgo: Zopranol

Portugal: Zopranol

Reino Unido: Bifril

Este folheto foi revisto pela última vez em

Última actualização: 06.07.2022

Fonte: Zopranol - Inserção da embalagem

O seu assistente pessoal de medicamentos

Medicamentos

Pesquise aqui a nossa extensa base de dados de medicamentos de A-Z, com efeitos e ingredientes.

Substâncias

Todas as substâncias activas com a sua aplicação, composição química e medicamentos em que estão contidas.

Doenças

Causas, sintomas e opções de tratamento para doenças e lesões comuns.

O conteúdo apresentado não substitui a bula original do medicamento, especialmente no que diz respeito à dosagem e efeito dos produtos individuais. Não podemos assumir qualquer responsabilidade pela exactidão dos dados, uma vez que os dados foram parcialmente convertidos automaticamente. Um médico deve ser sempre consultado para diagnósticos e outras questões de saúde. Mais informações sobre este tópico podem ser encontradas aqui.

This website is certified by Health On the Net Foundation. Click to verify.