Aspro

Código ATC
N02BA01
Medikamio Hero Image

Bayer Portugal, S.A.

Substância Narcótica Psicotrópica
ácido acetilsalicílico Não Não
Grupo farmacológico Outros analgésicos e antipiréticos

Anúncio

Tudo para saber

Autor

Bayer Portugal, S.A.

O que é e como se utiliza?

Deixar dissolver o comprimido efervescente num copo cheio de água e tomar após dissolução completa.

Efeitos secundários possíveis:

Como os demais medicamentos, Aspro pode ter efeitos secundários mesmo quando utilizado como indicado. Os efeitos secundários possíveis são:

Dores de cabeça, vertigens, sensação de perda de audição, zumbidos do ouvido; estes sintomas são, habitualmente, o sinal de uma dose excessiva, pelo que em caso de ocorrência, deve reduzir imediatamente a dose de Aspro.
Dor abdominal, perda de sangue gastrintestinal, úlcera e perfuração gastroduodenal, aumento da tendência para perda de sangue (nasal, gengival).
Reacções de hipersensibilidade (urticária, asma, edema).

Dosagem excessiva:

Se tomou mais comprimidos do que os recomendados, deve falar com o seu médico ou farmacêutico.

No caso de ingestão de uma dose excessiva deste medicamento por crianças, sobretudo crianças mais jovens, ou idosos, procure imediatamente um médico ou dirija-se a um hospital.

Os efeitos de uma dosagem excessiva nas crianças podem ser muito graves.

Caso detecte efeitos indesejáveis não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Anúncio

O que se deve tomar em consideração antes de utilizá-lo?

Não tome Aspro nas seguintes situações (contra-indicações):

hipersensibilidade (alergia) ao ácido acetilsalicílico ou a qualquer dos excipientes do medicamento,
história de asma induzida por salicilatos ou outros anti-inflamatórios não esteróides, terceiro trimestre de gravidez,
úlcera péptica activa,
doença hemorrágica ou risco hemorrágico,
insuficiência hepática grave,
insuficiência renal grave,
insuficiência cardíaca grave não controlada.

Tome especial cuidado com Aspro (advertências e precauções):

Antes de começar a tomar Aspro, fale com o seu médico ou farmacêutico nos seguintes casos:

se já está a tomar um medicamento contendo ácido acetilsalicílico,
se tem antecedentes de úlcera péptica, hemorragias digestivas ou gastrite, se tem insuficiência renal ou hepática;
se tem asma;
se tem menstruações irregulares, menstruações muito intensas ou prolongadas; se usa um dispositivo contraceptivo intra-uterino;
se está a tomar outros medicamentos (ver capítulo abaixo);
Se faz uma dieta sem sal: deve considerar que cada comprimido efervescente contém 250 mg de sódio.

Devido à eventualidade de ocorrência de síndrome de Reye, uma doença rara mas grave, Aspro não é indicado em crianças com menos de 12 anos de idade, salvo se for receitado pelo médico e o doente for sujeito a rigorosa vigilância médica.

Este medicamento não deve ser usado para medicação da dor mais de 10 dias, excepto se prescrito pelo médico, pois que uma dor intensa e prolongada pode indicar uma doença que requer avaliação e tratamento médico.

Este medicamento não deve ser utilizado no tratamento da febre alta (superior a
39,5 ºC), febre de duração superior a 3 dias ou febre recorrente, excepto se prescrito pelo médico, pois que estas situações podem ser indicativas de doença grave requerendo avaliação e tratamento médico.

Gravidez e aleitamento

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.
Aspro não está indicado nos últimos 3 meses de gravidez, ou em mães que amamentam.

Efeitos sobre a capacidade de conduzir veículos e utilizar máquinas:

Nenhum.

Tomar Aspro com outros medicamentos:

Fale com o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar outros medicamentos.

As seguintes associações necessitam de vigilância:

Anticoagulantes orais, outros anti-inflamatórios não esteróides, inibidores da agregação plaquetária (ticlopidina), heparinas injectáveis, uricosúricos (probenecid, benzbromarona), antidiabéticos (insulina, cloropropamida), diuréticos, glucocorticóides, anti-hipertensores (como os inibidores da enzima de conversão da angiotensina), metotrexato, pentoxifilina, antiácidos.

Como é utilizado?

Adultos e crianças com mais de 15 anos:

Dose usual - 1 comprimido, a repetir se necessário, pelo menos 4 horas mais tarde.
Na presença de dor mais grave ou febre - 2 comprimidos, a repetir se necessário, pelo menos 4 horas mais tarde.
Não tomar mais de 6 comprimidos por dia.

Nos idosos a dose máxima é de 4 comprimidos por dia.

Crianças com 12-15 anos de idade:

1 comprimido, a repetir se necessário, pelo menos 4 horas mais tarde.
Não tomar mais de 4 comprimidos por dia.

Deixar dissolver o comprimido efervescente num copo cheio de água e tomar após dissolução completa.

Efeitos secundários possíveis:

Como os demais medicamentos, Aspro pode ter efeitos secundários mesmo quando utilizado como indicado. Os efeitos secundários possíveis são:

Dores de cabeça, vertigens, sensação de perda de audição, zumbidos do ouvido; estes sintomas são, habitualmente, o sinal de uma dose excessiva, pelo que em caso de ocorrência, deve reduzir imediatamente a dose de Aspro.
Dor abdominal, perda de sangue gastrintestinal, úlcera e perfuração gastroduodenal, aumento da tendência para perda de sangue (nasal, gengival).
Reacções de hipersensibilidade (urticária, asma, edema).

Dosagem excessiva:

Se tomou mais comprimidos do que os recomendados, deve falar com o seu médico ou farmacêutico.

No caso de ingestão de uma dose excessiva deste medicamento por crianças, sobretudo crianças mais jovens, ou idosos, procure imediatamente um médico ou dirija-se a um hospital.

Os efeitos de uma dosagem excessiva nas crianças podem ser muito graves.

Caso detecte efeitos indesejáveis não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Quais são os possíveis efeitos secundários?

Como os demais medicamentos, Aspro pode ter efeitos secundários mesmo quando utilizado como indicado. Os efeitos secundários possíveis são:

Dores de cabeça, vertigens, sensação de perda de audição, zumbidos do ouvido; estes sintomas são, habitualmente, o sinal de uma dose excessiva, pelo que em caso de ocorrência, deve reduzir imediatamente a dose de Aspro.
Dor abdominal, perda de sangue gastrintestinal, úlcera e perfuração gastroduodenal, aumento da tendência para perda de sangue (nasal, gengival).
Reacções de hipersensibilidade (urticária, asma, edema).

Dosagem excessiva:

Se tomou mais comprimidos do que os recomendados, deve falar com o seu médico ou farmacêutico.

No caso de ingestão de uma dose excessiva deste medicamento por crianças, sobretudo crianças mais jovens, ou idosos, procure imediatamente um médico ou dirija-se a um hospital.

Os efeitos de uma dosagem excessiva nas crianças podem ser muito graves.

Caso detecte efeitos indesejáveis não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Como deve ser guardado?

Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não conservar acima de 25 ºC.
Proteger da humidade.

Não utilize Aspro após expirar o prazo de validade indicado na embalagem.

Mais informações

Para quaisquer informações sobre este medicamento, queira contactar o titular da autorização de introdução no mercado:

Bayer Portugal S.A.
Rua Quinta do Pinheiro, 5
2794-003 Carnaxide

Telefone 21 4164300

Este folheto informativo foi aprovado pela última vez em

Maio de 2005

O seu assistente pessoal de medicamentos

Medicamentos

Pesquise aqui a nossa extensa base de dados de medicamentos de A-Z, com efeitos e ingredientes.

Substâncias

Todas as substâncias activas com a sua aplicação, composição química e medicamentos em que estão contidas.

O conteúdo apresentado não substitui a bula original do medicamento, especialmente no que diz respeito à dosagem e efeito dos produtos individuais. Não podemos assumir qualquer responsabilidade pela exactidão dos dados, uma vez que os dados foram parcialmente convertidos automaticamente. Um médico deve ser sempre consultado para diagnósticos e outras questões de saúde. Mais informações sobre este tópico podem ser encontradas aqui.

This website is certified by Health On the Net Foundation. Click to verify.