Donepezilo GP

Código ATC
N06DA02
Donepezilo GP

GP - Genéricos Portugueses

Medicamentos padrão Humano
Substância(s)
Donepezil
Narcótica
Não
Data de aprovação 25.08.2009
Grupo farmacológico Drogas anti-demência

Anúncio

Tudo para saber

Titular da autorização

GP - Genéricos Portugueses

O que é e como se utiliza?

Donepezilo GP contém a substância ativa cloridrato de donepezilo. Donepezilo GP (cloridrato de donepezilo) pertence a um grupo de medicamentos designados por inibidores da acetilcolinesterase. O donepezilo aumenta os níveis de uma substância (acetilcolina) no cérebro envolvida na memória através da diminuição da decomposição da acetilcolina.

É utilizado no tratamento de sintomas de demência em pessoas a quem foi diagnosticada doença de Alzheimer, ligeira a moderadamente severa. Os sintomas incluem perda crescente de memória, confusão e alterações comportamentais. Como resultado, os doentes com doença de Alzheimer apresentam dificuldades cada vez maiores em executar as suas atividades diárias normais.

Donepezilo GP destina-se apenas para utilização em doentes adultos.

Anúncio

O que se deve tomar em consideração antes de utilizá-lo?

NÃO tome Donepezilo GP

- se tem alergia ao cloridrato de donepezilo, ou aos derivados da piperidina ou a qualquer outro componente deste medicamento (indicados na secção 6).

Advertências e precauções

Antes de tomar Donepezilo GP, fale com seu médico ou farmacêutico se tem ou já teve:

- úlceras no estômago ou duodenais - ataques epiléticos ou convulsões

  • uma doença cardíaca (batimentos cardíacos irregulares ou muito lentos)
  • asma ou outra doença pulmonar prolongada
  • problemas de fígado ou hepatite
  • dificuldade em urinar ou doença renal ligeira

Informe também o seu médico se estiver grávida ou pensa que pode estar grávida.

Crianças e adolescentes

A utilização de Donepezilo GP em crianças e adolescentes (idade inferior a 18 anos) não é recomendada.

Outros medicamentos e Donepezilo GP

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente, ou se vier a tomar outros medicamentos. Isto inclui medicamentos que não lhe foram prescritos pelo seu médico, mas que tenha comprado numa farmácia. Também se aplica a medicamentos que possa vir a tomar no futuro caso continue a tomar Donepezilo GP. Tal deve-se ao facto de estes medicamentos poderem diminuir ou aumentar os efeitos de Donepezilo GP.

Em particular, é importante que informe o seu médico se estiver a tomar algum dos seguintes tipos de medicamento:

  • outros medicamentos para a doença de Alzheimer, por exemplo galantamina
  • medicamentos para a dor ou tratamento da artrite por exemplo ácido acetilsalicílico, anti-inflamatórios não-esteroides (AINEs) como ibuprofeno ou diclofenac sódico
  • medicamentos anticolinérgicos, por exemplo tolterrodina
  • antibióticos, por exemplo eritromicina, rifampicina
  • medicamentos antifúngicos, por exemplo cetoconazol
  • antidepressivos, por exemplo fluoxetina
  • anticonvulsivantes, por exemplo fenitoína, carbamazepina
  • medicamentos para uma doença cardíaca, por exemplo quinidina, bloquedores-beta (propranolol e atenolol)
  • relaxantes musculares, por exemplo diazepam, succinilcolina
  • anestésicos gerais
  • medicamentos obtidos sem receita médica, por exemplo medicamentos à base de plantas

Se for submetido a uma intervenção cirúrgica para a qual seja necessária anestesia geral, informe o seu médico e o anestesista que está a tomar Donepezilo GP. Tal deve-se ao facto de Donepezilo GP poder afetar a quantidade de anestésico necessária.

Donepezilo GP pode ser utilizado em doentes com doença renal ou doença hepática ligeira a moderada. Informe o seu médico se tem doença renal ou hepática. Os doentes com doença hepática grave não devem tomar Donepezilo GP.

Informe o seu médico ou farmacêutico sobre quem é o seu prestador de cuidados de saúde. O seu prestador de cuidados de saúde poderá ajudá-lo a tomar a medicação conforme lhe foi receitada pelo seu médico.

Donepezilo GP com alimentos, bebidas e álcool

Os alimentos não influenciam o efeito de Donepezilo GP.

Donepezilo GP não deve ser tomado com álcool, pois o álcool pode alterar o seu efeito.

Gravidez, amamentação e fertilidade

Se está grávida ou a amamentar, se pensa estar grávida ou planeia engravidar, consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento. Donepezilo GP não deve ser tomado durante a amamentação.

Condução de veículos e utilização de máquinas

A doença de Alzheimer pode prejudicar a condução de veículos ou comprometer a capacidade de utilizar máquinas e não deverá desempenhar estas atividades exceto se o seu médico lhe disser que é seguro fazê-lo.

Adicionalmente, este medicamento pode causar cansaço, tonturas e cãibras musculares. Se for afetado por algum destes sintomas não deverá conduzir ou operar máquinas.

Donepezilo GP contém lactose. Se foi informado pelo seu médico que tem intolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.

Como é utilizado?

Que quantidade deve tomar de Donepezilo GP?

Tome este medicamento exatamente como indicado pelo seu médico ou farmacêutico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas. Inicialmente, a dose recomendada é de 5 mg (um comprimido branco) todas as noites. Ao fim de um mês, o seu médico poderá aumentar-lhe a dose para 10 mg (um comprimido amarelo) todas as noites.

A dose a tomar pode variar consoante a duração do tratamento e da recomendação do seu médico. A dose máxima recomendada é de 10 mg por noite.

Não altere a dose sem indicação do seu médico.

Como tomar o medicamento

Engula o comprimido de Donepezilo GP com uma bebida ou água à noite, antes de deitar.

Utilização em crianças e adolescentes

A utilização de Donepezilo GP em crianças e adolescentes (idade inferior a 18 anos) não é recomendada.

Se tomar mais Donepezilo GP do que deveria

Se tomar mais comprimidos do que deveria, contacte imediatamente o seu médico ou a urgência hospitalar mais próxima. Leve consigo este folheto e os restantes comprimidos.

Os sintomas de sobredosagem podem incluir sensação de mal-estar, babar-se, suores, batimentos cardíacos lentos, pressão arterial baixa (flutuação ou tonturas quando está de pé), problemas em respirar, perda de consciência e ataques epiléticos ou convulsões.

Caso se tenha esquecido de tomar Donepezilo GP

Se se esquecer de tomar o medicamento, tome o próximo comprimido à hora habitual. Não tome uma dose a dobrar para compensar a dose esquecida.

Se se esquecer de tomar o medicamento por mais de uma semana, contacte o seu médico antes de retomar a medicação.

Se parar de tomar Donepezilo GP

Não interrompa a toma dos comprimidos exceto se o seu médico lhe indicar. Se parar de tomar Donepezilo GP os benefícios do tratamento serão atenuados gradualmente.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Durante quanto tempo deverá tomar Donepezilo GP?

O seu médico ou farmacêutico indicar-lhe-ão durante quanto tempo deverá continuar a tomar os seus comprimidos. Deve consultar o seu médico regularmente, para revisão do seu tratamento e avaliação dos sintomas.

Quais são os possíveis efeitos secundários?

Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos secundários, embora estes não se manifestem em todas as pessoas.

Os efeitos secundários seguintes foram comunicados por pessoas a tomar Donepezilo GP.

Informe o seu médico se algum destes efeitos ocorrer enquanto tomar Donepezilo GP.

Efeitos secundários graves:

Informe o seu médico imediatamente se detetar estes efeitos secundários graves mencionados. Pode necessitar de tratamento médico urgente.

  • lesão no fígado, por exemplo hepatite. Os sintomas de hepatite são sensação de mal-estar, perda de apetite, sentir-se doente de um modo geral, febre, comichão, amarelecimento da pele e olhos e urina com coloração escura (pode afetar até 1 em 1000 utilizadores)
  • úlceras no estômago ou duodenais. Os sintomas de úlcera são dor no estômago e desconforto (indigestão) sentido entre o umbigo e o esterno (pode afetar até 1 em 100 utilizadores)
  • sangramento no estômago ou intestinos. Isto pode causar fezes negras ou sangue visível do reto (pode afetar até 1 em 100 utilizadores)
  • ataques epiléticos ou convulsões (pode afetar até 1 em 100 utilizadores)
  • febre com rigidez muscular, transpiração ou nível de consciência diminuído (uma doença chamada “Síndrome Neuroléptica Maligna”) (pode afetar até 1 em 10.000 utilizadores)
  • fraqueza muscular, sensibilidade ao toque ou dor e particularmente se, ao mesmo tempo, se sentir indisposto, tiver febre alta ou apresentar urina escura. Estes podem ser causados por uma degradação muscular anormal, que pode pôr a vida em risco e originar problemas nos rins (designada por rabdomiólise) (pode afetar até 1 em 10.000 utilizadores)

Efeitos secundários muito frequentes (pode afetar mais que 1 em 10 utilizadores):

Efeitos secundários frequentes (pode afetar até 1 em 10 utilizadores): - cãibras musculares

- cansaço

- dificuldade em dormir (insónia) - constipação comum

- perda de apetite

- alucinações (ver ou ouvir coisas que não existem na realidade) - sonhos invulgares incluindo pesadelos

- agitação

- comportamento agressivo - desmaio

- tonturas

- sensação de desconforto no estômago - erupção na pele

- comichão

- incontinência urinária - dor

- acidentes (os doentes podem estar mais propensos a quedas e lesões acidentais) Efeitos secundários pouco frequentes (pode afetar até 1 em 100 utilizadores):

  • batimentos cardíacos lentos
  • aumento da secreção de saliva

Efeitos secundários raros (pode afetar até 1 em 1000 utilizadores):

- rigidez, tremores ou movimentos incontroláveis, sobretudo na face e língua mas também dos membros

Comunicação de efeitos secundários

Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não indicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico. Também poderá comunicar efeitos secundários diretamente ao INFARMED, I.F. através dos contactos abaixo.

INFARMED, I.F.

Direção de Gestão do Risco de Medicamentos Parque da Saúde de Lisboa, Av. Brasil 53 1749-004 Lisboa

Tel: +351 21 798 73 73

Linha do Medicamento: 800222444 (gratuita)

Sítio da internet: http://www.infarmed.pt/web/infarmed/submissaoram E-mail: farmacovigilancia@infarmed.pt

Ao comunicar efeitos secundários, estará a ajudar a fornecer mais informações sobre a segurança deste medicamento.

Como deve ser guardado?

Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Não utilize este medicamento após o prazo de validade impresso na embalagem exterior e blister (EXP). O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.

Mais informações

A substância ativa é o cloridrato de donepezilo. Estão disponíveis comprimidos com duas doses diferentes. Cada comprimido de 5 mg contém 5 mg de cloridrato de donepezilo e cada comprimido de 10 mg contém 10 mg de cloridrato de donepezilo.

Os outros componentes são:

Donepezilo GP 5 mg: lactose mono-hidratada, celulose microcristalina, amido de milho, hidroxipropilcelulose, estearato de magnésio, hidroxipropilmetilcelulose, dióxido de titânio, talco e macrogol.

Donepezilo GP 10 mg: lactose mono-hidratada, celulose microcristalina, amido de milho, hidroxipropilcelulose, estearato de magnésio, hidroxipropilmetilcelulose, dióxido de titânio, talco, macrogol e óxido de ferro amarelo.

Qual o aspeto de Donepezilo GP e conteúdo da embalagem

Donepezilo GP 5 mg: brancos, circulares, biconvexos e revestidos por película. Donepezilo GP 10 mg: amarelos, circulares, biconvexos e revestidos por película.

Donepezilo GP 5 mg apresenta-se disponível em embalagens de 7, 28, 56 e 60 comprimidos revestidos por película acondicionados em blister.

Donepezilo GP 10 mg apresenta-se disponível em embalagens de 7, 28, 56 e 60 comprimidos revestidos por película acondicionados em blister.

É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações. Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Titular de Autorização de Introdução no Mercado

GP – Genéricos Portugueses, Lda.

Rua Henrique de Paiva Couceiro, Nº 29

Venda Nova, 2700-451 Amadora

Portugal

Fabricantes

Atlantic Pharma – Produções Farmacêuticas, S.A. Rua da Tapada Grande, n.º 2, Abrunheira 2710-089 Sintra

Portugal

Farmalabor - Produtos Farmacêuticos, S.A. Zona Industrial de Condeixa-a-Nova 3150-194 Condeixa-a-Nova

Portugal

Este folheto foi revisto pela última vez em

Última actualização: 27.06.2022

Fonte: Donepezilo GP - Inserção da embalagem

O seu assistente pessoal de medicamentos

Medicamentos

Pesquise aqui a nossa extensa base de dados de medicamentos de A-Z, com efeitos e ingredientes.

Substâncias

Todas as substâncias activas com a sua aplicação, composição química e medicamentos em que estão contidas.

Doenças

Causas, sintomas e opções de tratamento para doenças e lesões comuns.

O conteúdo apresentado não substitui a bula original do medicamento, especialmente no que diz respeito à dosagem e efeito dos produtos individuais. Não podemos assumir qualquer responsabilidade pela exactidão dos dados, uma vez que os dados foram parcialmente convertidos automaticamente. Um médico deve ser sempre consultado para diagnósticos e outras questões de saúde. Mais informações sobre este tópico podem ser encontradas aqui.

This website is certified by Health On the Net Foundation. Click to verify.